CONFIRMADOS

Toyota Corolla e Honda Civic terão versões (muito) esportivas em 2023

Versões Type R e GR dos dois modelos, ambas com potência superior a 300 cv, têm lançamento previsto para o ano que vem, mas custarão caro

Novo Honda Civic Type R na cor branca andando pela ruas. O fundo aparece tremido, dando sensação de velocidade. A frontal possui linhas determinadas e direcionadas, dando aspecto de seriedade ao veículo
Novo Honda Civic Type R será lançado primeiro nos EUA Imagem: Divulgação

O mercado de carros esportivos no Brasil anda desacelerado: com o fim da produção do Renault Sandero RS e da importação do Volkswagen Golf GTI, sobraram apenas o Jetta GLI e a dupla Polo e Virtus GTS, todos da marca alemã. Porém, o marasmo deve terminar em 2023, com o lançamento do Toyota Corolla GR e do Honda Civic Type R. Ambos têm motores turbinados com potência superior a 300cv.

O Honda Civic teve, em gerações passadas, a versão esportiva Si à venda no Brasil. A boa notícia é que a Type R posiciona-se acima dela em âmbito mundial. O modelo atual utiliza um 2.0 turbo com nada menos que 330cv, além de 42,8kgfm de torque. Porém, esses números, que acabaram de ser revelados, são relativos ao mercado japonês, de modo que podem ocorrer variações para outros países.

Por sua vez, o Toyota Corolla GR, apesar de utilizar um motor menor – um 1.6 de apenas três cilindros -, entrega potência só ligeiramente mais baixa, de 304cv. O torque, porém, é de “apenas” 37,7kgfm, deixando o concorrente em vantagem mais expressiva. Por outro lado, o modelo tem um sistema de tração integral: a Honda ainda não revelou se essa tecnologia está presente no novo Civic Type R.

Em relação ao câmbio, os dois carros esportivos japoneses são fieis à tradição e utilizam sistemas de acionamento manual, com seis marchas. Outra característica comum a ambos é o tipo de carroceria: enquanto as versões tradicionais do Honda Civic e do Toyota Corolla têm configuração sedan, o Type R e o GR são hatches de quatro portas.

Honda Civic Type R e Toyota Corolla GR não serão baratos

A má notícia é que o Honda Civic Type R e o Toyota Corolla GR não serão acessíveis. É que ambos serão importados (possivelmente do Japão) e, por isso, terão custos extras de transporte e de tributação. Embora os fabricantes ainda não tenham revelado os valores, dificilmente algum deles chegará ao país por menos de R$ 250 mil.

Versões híbridas

Com o fim da produção do Civic no Brasil, a Honda passará a vender o modelo unicamente em versões importadas. Além da esportiva Type R, está prevista para o mercado local a configuração e:HEV, com motorização híbrida e carroceria do tipo sedã. Nesse caso, o objetivo será enfrentar o Toyota Corolla Altis Hybrid, que tem fabricação nacional.

Testamos o Toyota Corola Hybrid: assista ao vídeo e conheça o modelo!