UAI
Atenção!

Licenciamento: prazo para regularização em São Paulo já começou

O licenciamento anual agora é um documento digital que garante a regularidade do seu veículo para circular em todo o território nacional; o CRLV-e é obrigatório e essencial para evitar multas e a apreensão do veículo

Publicidade
O pagamento só é aceito se o veículo estiver sem débitos pendentes, como multas, IPVA ou licenciamentos anteriores
O pagamento só é aceito se o veículo estiver sem débitos pendentes, como multas, IPVA ou licenciamentos anteriores Foto: O dono do carro pode optar por imprimir o documento em papel comum ou usar o CRLV-e

Neste mês de julho, os proprietários de veículos registrados no estado de São Paulo devem começar a se preparar para o pagamento do licenciamento anual obrigatório. O pagamento é essencial para a emissão do CRLV-e, documento que permite a circulação legal do automóvel em todo o território brasileiro, e está dividido de acordo com o final das placas. Com a modernização dos serviços, o processo pode ser realizado de forma prática e rápida, inclusive via celular.

Valor da taxa e calendário do licenciamento 

Em 2024, a taxa de licenciamento no estado de São Paulo foi estabelecida em R$ 160,22, mas fiquem atentos: o pagamento só será aceito se o veículo não tiver débitos pendentes, como multas, IPVA ou licenciamentos de anos anteriores. Se for o caso de alguma pendência, você precisará quitar antes de prosseguir com o licenciamento atual.

O governo do estado de São Paulo divulgou o calendário para o licenciamento de 2024, com prazos específicos de acordo com o final da placa do veículo. Veja as datas abaixo:

Placas terminadas em: Data
1 e 2 até 31/07
3 e 4 até 30/08
 5 e 6 até 30/09
7 e 8 até 31/10
9 até 29/11
0 até 31/12

Processo de licenciamento digital

Para realizar o licenciamento com mais agilidade pelo serviço digital, o proprietário do veículo deve primeiramente pagar a taxa utilizando o número do Renavam. O pagamento pode ser feito via Pix ou em um dos bancos conveniados com o Detran.

Uma vez que todos os débitos estejam quitados, o documento eletrônico (CRLV-e) pode ser solicitado diretamente no portal do Detran-SP, no site da Senatran ou por meio do aplicativo Carteira Digital de Trânsito. Desde 2020, a emissão do CRLV-e é feita exclusivamente de forma digital e, com isso, elimina a necessidade do documento físico. Mas atenção! É aconselhável manter uma cópia impressa no veículo ou na carteira para apresentar quando solicitado e o celular estiver com a bateria descarregada.

Engarrafamento com vários carros enfileirados em via pública
Manter o licenciamento em dia é fundamental para garantir a sua segurança e tranquilidade no trânsito Foto: Gladyston Rodrigues/EM/D.A Press

Consequências de dirigir com licenciamento atrasado

Conforme o Código de Trânsito Brasileiro, dirigir com o licenciamento anual em atraso é uma infração gravíssima. Motoristas que forem pegos nessa situação receberão multa de R$ 293,47, além de sete pontos no prontuário da CNH. Além das penalidades financeiras, o veículo pode ser apreendido e levado a um pátio do Detran, e para retirar, o proprietário deverá arcar com os custos de pernoite do estacionamento.

  • Confira outros vídeos do VRUM nos canais do YouTube e Dailymotion: lançamentos, testes e dicas!