UAI
Queda de braço

Minas perde fábrica de bateria de lítio para a Bahia

Bravo Motor construirá planta no estado do Nordeste, onde pretende gerar cerca de 450 empregos

Publicidade
Bravo Motor irá investir R$ 1,27 bilhões em sua planta
Bravo Motor irá investir R$ 1,27 bilhões em sua planta Foto: Bravo Motor / Divulgação

Em 2021, o governador de Minas Gerais, Romeu Zema, anunciou que o estado receberia a fábrica de mobilidade elétrica Bravo Motor Company – fundada pelo arquiteto argentino Miguel Ángel Bravo. No entanto, os planos mudaram e agora a planta pode ser instalada na Bahia, sendo a primeira fábrica de bateria de lítio da América Latina.

A parceria estratégica foi anunciada em evento em Salvador, que contou com a presença do CEO da Bravo Motor Company, Eduardo Javier Muñoz. Durante o anúncio, o executivo avaliou a instalação da fábrica como “um avanço significativo na transição energética e no desenvolvimento econômico sustentável no Brasil”.

Entenda motivo da mudança da fábrica de baterias de lítio

O acordo da parceria foi assinado com a presença de autoridades de São Sebastião do Passé (BA), local onde a fábrica será construída. O município está localizado a 35 quilômetros de Camaçari, onde a BYD está construindo sua fábrica. Apesar de estarem em locais próximos, a montadora chinesa não pretende usar as baterias feitas pela Bravo, já que também produz o componente.

Em entrevista ao Diário do Comércio, Muñoz diz que a decisão de trocar de estado a fábrica de baterias de lítio se deu por uma diferença na atitude entre os governos da Bahia e Minas Gerais em relação às políticas econômicas e financeiras. De acordo com o executivo, “as diretrizes em relação à eletromobilidade e ao hidrogênio são claras, segmentadas e específicas [na Bahia]”. Além disso, em 2023, Romeu Zema fez duras críticas aos carros elétricos, dizendo que eles “são uma ameaça aos nossos empregos”. A fábrica de baterias da Bravo seria construída inicialmente no município de Nova Lima, na Grande-BH.

Fábrica de bateria de lítio gerará centenas de empregos na Bahia

A planta produzirá células de bateria de lítio e Sistemas de Armazenamento de Energia por Bateria (Bess). De acordo com a Bravo Motor, esses produtos seriam “essenciais para garantir a liderança do Brasil na transição energética e na descarbonização da economia”. No acordo está previsto a doação de um terreno de 400 mil metros quadrados, e a fábrica, localizada a 50 quilômetros de Salvador, se chamará “Colossus Center”.

A empresa estima que a fábrica será capaz de produzir 1GWh por ano, com meta de atingir 5GWh até 2027 – de acordo com a Bravo Motos, o setor automotivo latino-americano demandará 45GWh por ano até 2030. O investimento nessa primeira etapa será de US$ 110 milhões (R$ 548,3 milhões) e serão gerados 450 empregos.

  • Confira outros vídeos do VRUM nos canais do YouTube e Dailymotion: lançamentos, testes e dicas!