O QUE COMPRAR?

Carro usado bem equipado ou um zero-quilômetro pelado?

Se você está em dúvida sobre qual carro comprar, saiba que com o preço de um veículo zero você tem um usado maior, mais potente, mais confortável e mais equipado

Publicidade
VW Jetta 2.0 TSI cinza sedã quatro portas 2012 na lagoa Pampulha
Um VW Jetta 2.0 TSI Highline, ano 2012, pode ser encontrado com preços por volta de R$ 71 mil Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press

Mesmo com os preços abusivos do carro usado (a valorização nos últimos 12 meses passa dos dois dígitos), ele ainda é a melhor opção para o consumidor. O mercado de automóveis funciona como uma escada, onde nos degraus mais altos estão os modelos zero-quilômetro, nos inferiores estão os seminovos e assim por diante, chegando no pé da escalada com os velhinhos.

Assim, os carros usados seguem o mercado de novos, subindo os preços na mesma proporção das tabelas das montadoras ou os praticados pelas concessionárias. Em outras palavras: se o carro usado está caro, o zero-quilômetro está mais ainda. E com o mesmo preço de um zero-quilômetro de entrada você pode comprar um seminovo maior, mais potente e mais equipado.

Quando o preço do carro usado bate com o do novo

Vamos pegar o exemplo dos mais vendidos (maio/22): Hyundai HB20, Fiat Mobi e Chevrolet Onix, que custam entre R$ 65 mil e R$ 90 mil. Nessa faixa de preço, é possível comprar muita coisa boa no mercado de carros usados. Um VW Jetta 2.0 TSI Highline, ano 2012, pode ser encontrado com preços por volta de R$ 71 mil, assim como um Chevrolet Cruze 1.8 Sport automático.

Por um pouquinho mais, entre R$ 72 mil e R$ 78 mil, é possível levar pra casa um VW Tiguan 2013, um Honda Civic 2014 ou um Jeep Compass 2015. Por menos de R$ 90 mil você pode comprar um carro bem mais novo, um Chevrolet Tracker 1.4, ano 2008, com motor turbo e câmbio automático, ou ainda, um Toyota Corolla 1.8 automático 2017.

De caminhonete à sedan médio premium

Com um pouquinho mais é possível ser dono de uma picape Volkswagen Amarok 4×4 CD 2.0 turbodiesel ou mesmo um Mercedes-Benz C180 1.6 Cupê turbo 2012. Portanto, se você não faz questão de ter “o carro do ano”, veja que as possibilidades são muitas e há boas opções em todos os segmentos.

Além disso, a compra do carro usado traz outras vantagens além do preço: o veículo já está licenciado, com o IPVA pago, depreciado, e, na maioria das vezes, em boas condições. Você pode encontrar um seminovo com dois mil, três mil quilômetros rodados, ou seja, em condição de zero-quilômetro. Veja 20 opções de carros usados nessa faixa de preço que selecionamos pra você ofertados em anúncios de sites de classificados na semana passada.

ANOMODELOVALOR
2016/2016Chevrolet Spin 1.8 LTZR$ 61.490
2016/2017Peugeot 2008 1.6 automáticoR$ 66.890
2012/2012Mitsubishi ASX 2.0 automáticoR$ 68.890
2012/2012Volkswagen Jetta 2.0 TSI HighlineR$ 70.900
2013/2014Chevrolet Cruze 1.8 LTZ Sport automáticoR$ 71.990
2015/2015Jeep Compass 2.0 Sport automáticoR$ 72.800
2013/2014Honda Civic 2.0 automáticoR$ 72.900
2013/2013Volkswagen Tiguan 2.0 TSI turboR$ 76.900
2018/2019Jeep Renegade 1.8 Flex Sport automáticoR$ 77.900
2018/2019Ford Ecosport 1.5 automáticoR$ 78.000
2012/2013Audi A1 1.4 TFSI Sport automáticoR$ 79.800
2019/2019Honda Fit 1.5 LX automáticoR$ 82.000
2013/2014Kia Sportage 2.0 LX automáticoR$ 87.900
2014/2015Mitsubishi L200 Triton 2.4 manualR$ 87.900
2013/2014Volvo XC60 2.0 Dynamic automáticoR$ 87.900
2018/2018Chevrolet Tracker 1.4 Turbo LT automáticoR$ 88.900
2013/2014Mitsubishi Outlander 3.0 GT 4×4 automáticoR$ 89.000
2016/2017Toyota Corolla 1.8 GLI automáticoR$ 89.870
2012/2012Mercedes-Benz C180 1.6 Coupe turbo automáticoR$ 92.490
2012/2013 Volkswagen Amarok 4×4 CD 2.0 turbodieselR$ 94.900

Confira os vídeos do VRUM no canal do YouTube: dicas, avaliações e lançamentos