UAI

Crise dos semicondutores? Fiat tem 4 dos 5 modelos mais emplacados de julho

Enquanto modelos de outras marcas caem pelas tabelas devido à falta da matéria-prima usada em componentes eletrônicos, Betim continua 'cuspindo' veículos

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Crise dos semicondutores? Fiat tem 4 dos 5 modelos mais emplacados de julho
Leilão acontecerá no dia 17 de novembro Fotos: RM Sotheby’s/Divulgação

Parece que a crise dos semicondutores só não tem afetado a Fiat. Qual será o segredo da marca de Betim para ter “beliscado” quatro das cinco primeiras colocações do ranking de emplacamentos de julho? O modelo mais emplacado do mês, considerando os automóveis e comerciais leves, foi o Fiat Argo, com 10.873 unidades vendidas.

Em segundo lugar no mês de julho ficou a Fiat Strada, com 9.439 emplacamentos. A picape já se consolidou como o modelo mais vendido do ano, e já soma 70.502 unidades. A terceira colocação também é de Betim, o pequenino Fiat Mobi, que fechou julho com 8.059 unidades vendidas.

Com a linha de produção da Hyundai parada por vários dias em julho devido à falta de semicondutores, o HB20 caiu para a quarta colocação no ranking mensal da Federação Nacional da Distribuição de Veículos Automotores (Fenabrave), com 7.799 unidade. A consequência desta parada será sentida mesmo no próximo mês, quando o compacto deve ceder a segunda colocação geral para o Fiat Argo.

A quinta colocação é da Fiat Toro, essa radicada em Pernambuco, que somou 7.030 emplacamentos em julho. O aumento no volume de vendas da picape é reflexo da recente reestilização, que agregou o esperado motor 1.3 turbo (confira aqui o teste completo do modelo).

As duas colocações seguintes do mês de julho também vêm de Goiana (PE), com o Jeep Renegade (6.855 unidades) e o Jeep Compass (6.670 emplacamentos), sendo que esse último também foi reestilizado e ganhou o novo motor 1.3 turbo do Grupo Stellantis (confira aqui o teste completo do modelo).

Também com produção reprimida devido à falta de componentes, o Toyota Corolla Cross chega na oitava posição, com 5.068 emplacamentos. No final de julho, foi a Renault que paralisou a fabricação de todos os modelos, também pela falta de semicondutores, e logo veremos o nono modelo mais vendido de julho cair ainda mais pelas tabelas: o pequeno Kwid vendeu 4.865 unidade no último mês. Para fechar o ranking dos 10 mais emplacados do mês de julho, a Toyota Hilux somou 4.576 unidades vendidas.

BÔNUS O jurássico Gol vinha sendo o modelo mais vendido da Volkswagen – e ainda o é, tendo acumulado ao longo do ano 38.774 emplacamentos –, mas suas vendas caíram drasticamente em julho devido a duas paralisações na fábrica de Taubaté. No fechamento de junho, o modelo vendeu 4.742 unidades, número que caiu para apenas 1.805 em julho. Os irmão Voyage e Saveiro também tiveram queda semelhante ao Gol.

Fora de produção desde março, também devido à falta de semicondutores, o Onix continua caindo pelas tabelas, com 1.387 emplacamentos em julho. No ranking total, o modelo ainda se mantém na sexta colocação, com 42.894 unidades vendidas ao longo do ano. Há uma expectativa que se retome ao menos um turno de produção do modelo em 16 de agosto. Na mesma situação, Onix Plus e Tracker também estão em queda livre.



Ranking – Os 10 modelos* mais emplacados em julho de 2021

  1. Fiat Argo - 10.873
  2. Fiat Strada - 9.439
  3. Fiat Mobi - 8.059
  4. Hyundai HB20 - 7.799
  5. Fiat Toro - 7.030
  6. Jeep Renegade - 6.855
  7. Jeep Compass - 6.670
  8. Toyota Corolla Cross - 5.068
  9. Renault Kwid - 4.865
  10. Toyota Hilux – 4.576

* Automóveis e comerciais leves
Fonte: Fenabrave



Ranking – Os 10 modelos* mais emplacados no acumulado de 2021


  1. Fiat Strada - 70.502
  2. Hyundai HB20 - 53.205
  3. Fiat Argo - 52.797
  4. Jeep Renegade - 47.462
  5. Fiat Mobi - 47.413
  6. Chevrolet Onix - 42.894
  7. Fiat Toro - 41.114
  8. Jeep Compass - 39.220
  9. Volkswagen Gol - 38.774
  10. Hyundai Creta - 37.761

* Automóveis e comerciais leves
Fonte: Fenabrave