UAI
MERCADO

Vai sair de linha? Veja 5 carros que deixarão o mercado em 2024

Conheça os veículos cuja produção será encerrada e também outros que ganharão novas gerações

Publicidade
Toyota Yaris é um dos carros que vai sair de linha em 2025
Toyota Yaris é um dos carros que vai sair de linha em 2025 Foto: Toyota/Divulgação

O ano de 2024 já está para além da metade, mas ainda tem carro por aí que vai sair de linha. No segundo semestre, vários modelos, de diferentes marcas, devem dar adeus ao país. O motivo é a Fase L8 do Programa de Controle da Poluição do Ar por Veículos Automotores (Proconve), que entra em vigor em 1º de janeiro de 2025.

Para atender a essa nova legislação ambiental, os fabricantes precisam investir em motores mais tecnológicos, com injeção direta de combustível, ou com tecnologia híbrida. Também é necessário equipá-los com catalisadores mais eficientes. Como, geralmente, não vale a penas atualizar produtos antigos, com vendas em baixa, a indústria deixando de fabricá-los. 

Vai sair de linha: esse 5 carros deixarão o mercado em 2024

Confira, então, quais veículos deixarão o mercado até o próximo mês de dezembro. Será que o seu carro vai sair de linha em 2024? Confira no listão!

1- Toyota Yaris

Toyota Yaris hatch, vermelho, e sedan, cinza: os dois veículos estão de frente e transitam lado a lado por rodovia asfaltada
Hatch e sedan deixarão de ser produzidos: no lugar deles, entrará o Yaris Cross, um SUV compato Foto: Toyota/Divulgação

Talvez não pareça, mas o Toyota Yaris tem projeto bastante datado: a apresentação global da atual geração ocorreu no já longínquo ano de 2023. Porém, o modelo só chegou ao Brasil em 2018, já com um facelift que havia sido revelado pouco antes nos mercados asiáticos. De lá para cá, ganhou apenas uma leve atualização de estilo em 2022. 

Agora, até o fim de 2024, a gama do Yaris, composta pelo hatch e pelo sedan, vai sair de linha no Brasil. No lugar de ambos os modelos, a Toyota prepara um produto inédito: o Yaris Cross. Cabe destacar que, apesar da semelhança na nomenclatura, não se trata de uma nova geração, e sim de um modelo distinto, com carroceria elevada, ao estilo SUV, e proposta um pouco mais sofisticada. 

Já testamos o Toyota Yaris sedan na versão XLS: assista ao vídeo!

  • Confira outros vídeos do VRUM nos canais do YouTube e Dailymotion: lançamentos, testes e dicas!

2- Hyundai Creta Action

Lista com os SUVs mais baratos do Brasil em 2024
Hyundai Creta Action Foto: Divulgação

Muita gente nem se lembra do Creta Action. Então, convém recapitular que se trata da primeira geração do SUV da Hyundai, que foi mantida em produção, em versão única, após a chegada da segunda linhagem, em 2021. As duas safras vêm convivendo desde então, mas o modelo mais antigo enfim deve sair de linha até o fim de 2024. Por sua vez, o similar mais novo seguirá normalmente no mercado.

3- Renault Stepway

Stepway 1.0. Foto: Rodolfo Buhrer / La Imagem / Renault
Renault Stepway 2023 Foto: Renault Stepway 2023

Havia uma expectativa generalizada de que o lançamento do Kardian, no último mês de fevereiro, decretaria a extinção dos veículos mais antigos da Renault. Isso, porém, não ocorreu, ao menos de imediato. Assim, o Stepway ganhou uma sobrevida, mas não muito longa: o modelo vai sair de linha té o fim de 2024.  

4- Renault Logan

 

Renault Logan Zen 2020, cinza, estacionado de frente com roda gigante ao fundo
Renault Logan está completamente esquecido no mercado Foto: Renault/Divulgação

Tudo que foi dito sobre o Stepway vale também para o Logan: o sedan ganhou uma sobrevida, mas vai sair de linha até dezembro de 2024. Após a saída dele do mercado, a Renault deixará de comercializar sedans no Brasil.  

5- Citroën C4 Cactus

Citroën C4 Cactus 2024 branco, de frente, estacionado a 45 graus em rua de calçamento
Citroën C4 Cactus mantém o mesmo design desde o lançamento no Brasil, em 2018 Foto: Lara Moreno/EM/D.A.Press

Última herança da era pré-Stellantis na gama da Citroën, o C4 Cactus vai sair de linha até o fim de 2024. Informações extraoficiais indicam que a fábrica de Porto real (RJ) nem produz mais o modelo. No lugar dele, entrará o Basalt, um SUV inédito, com carroceria ao estilo cupê, devido ao vidro traseiro inclinado. O projeto baseia-se no do C3 Aircross. 

Ainda vale a pena comprar um Citroën C4 Cactus? Assista ao vídeo e descubra!

Vai sair de linha? Não: esses carros terão gerações inéditas

Vale lembrar ainda alguns veículos que sofrerão transformações radicais em breve, devido à chegada de novas gerações. Nenhum deles vai propriamente sair de linha, mas o caso é que haverá uma substituição. Os sucessores são totalmente inéditos e exibirão projetos inteiramente refeitos.  

6- Peugeot 2008

Peugeot 2008 1.6 Griffe modelo 2020 prata de frente estático no asfalto
Peugeot 2008 recebeu discreta reestilização em 2019, já como linha 2020 Foto: Pedro Cerqueira/EM/D.A Press

Desde que chegou ao Brasil, em 2015, o Peugeot 2008 sempre ocupou a posição de coadjuvante no segmento de SUVs compactos. Agora, ele terá uma nova chance: completamente reprojetada, a segunda geração tem lançamento previsto para o próximo mês de agosto. O modelo deixou de ser fabricado no Brasil e passará a vir da Argentina. 

7- Chevrolet Equinox

Chevrolet Equinox RS 2023.
Versão RS tem apelo visual esportivo, com a grade sem cromados e a "gravatinha" da Chevrolet em preto Foto: Lara Moreno/Especial/EM

Outro que passará por uma transformação total é o Chevrolet Equinox. O SUV seguirá sendo importado do México, mas passará a chegar ao país em uma nova geração, que terá duas configurações: elétrica e a combustão, com carrocerias distintas. O lançamento deverá ocorrer no último trimestre. 

Bônus: e o Chevrolet Cruze, saiu de linha ou não? 

Chevrolet Cruze hatch RS vermelho, de frente, e Cruze sedan Midnight preto, de traseira, estacionados a 90 graus um do outro, em local asfaltado, com pôr do sol ao fundo
Chevrolet já não produz nem o hatch, nem o sedan da gama Cruze Foto: Chevrolet/Divulgação

Nem dá para dizer que o Chevrolet Cruze vai sair de linha: isso, porque ele já saiu. Tanto o sedan e quanto o hatch (Sport6) da gama não são produzidos em Santa Fé, na Argentina, desde o ano passado. Porém, curiosamente, ambos ainda são mostrados até hoje no site comercial do fabricante. É até difícil entender o motivo, uma vez que concessionárias consultadas pelo VRUM já nem têm unidades em estoque.