UAI
INTERNACIONAL

Carro da Xiaomi chega com preço baixo e vendas arrasadoras

Na China, fabricante de celulares comercializa 50 mil unidades do veículo em apenas 27 minutos

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Xiaomi entra no mercado de carros elétricos com seu modelo SU7
Xiaomi entra no mercado de carros elétricos com seu modelo SU7 Foto: Xiaomi/Divulgação

A chinesa Xiaomi revelou na última semana os preços do SU7. Trata-se do primeiro carro desenvolvido pela empresa famosa no ramo de celulares, que se caracteriza por ser totalmente elétrico e ter proposta sofisticada. E, tal qual os aparelhos de telefonia da marca, o sedan tem entre os diferenciais um fator que costuma ser determinante para os consumidores: justamente os valores de compra.

Apesar de ser sofisticado, o carro elétrico da Xiaomi custa, na China, a partir de 215.900 yuans (valor que equivale a aproximadamente R$ 150 mil) na versão de entrada. Nesse caso, o modelo já desenvolve 299cv de potência e consegue acelerar de zero a 100km/h em apenas 5,3 segundos. O alcance, de acordo com o fabricante chega a cerca de 700km no ciclo CLTC.

A versão intermediária do Xiaomi SU7 é a Pro, que tem preço de 245.900 yuans (cerca de R$ 180 mil). Nela, a potência cresce para 374 cv, que permitem uma aceleração de zero a 100 km/h em 4,7 segundos. Já a autonomia aumenta para 830km (também no ciclo CLTC). Essa opção traz ainda sistema de infotainment mais potente, freios da marca Brembo e sistema de direção semiautônoma.

Xiaomi SU7 visto de dentro, seu interior mostra o painel central.
Xiaomi SU7 utilizará mesmo sistema de seus celulares, o HyperOS Foto: Xiaomi/Divulgação

Por fim, o top de linha é o Xiaomi SU7 Max, que custa 299.900 yuans (cerca de R$ 210 mil). Ele desenvolve nada menos que 673cv: assim, arranca da imobilidade aos 100 km/h em apenas 2,8 segundos e e atinge uma velocidade máxima de 265km/h. A autonomia ciclo CLTC chega a 800 km. Há ainda rodas de 20 polegadas e sistema de áudio premium com 25 alto-falantes.

Com o novo carro elétrico, a Xiaomi desafia os produtos da marca Tesla e também o Porsche Taycan, que têm características técnicas semelhantes, mas são significativamente mais caros. Na China, um Model Y custa cerca de R$ 21 mil que a versão de entrada do SU7, que já está em exibição em 76 concessionárias.

Vendas do carro elétrico da Xiaomi impressionam

O desempenho comercial do novo modelo indica que as concorrentes devem se preocupar. Afinal, de acordo com a Xiaomi, mais de 50 mil unidades do SU7 foram comercializadas em apenas 27 minutos. As entregas estão previstas para começar no fim do mês de abril.

Inicialmente, a Xiaomi venderá o carro elétrico unicamente na China. O fabricante ainda não estipulou datas para lançar o SU7 em outros mercados, entre os quais o Brasil.

Carro elétrico Xiaomi SU7 azul, de traseira, em foto de estúdio
Modelo tem linhas fluidas e aerodinâmicas Foto: Xiaomi/Divulgação