UAI
Lançamento

Ranger Raptor: o que a nova versão tem para custar R$ 448.600

Ford lança versão extremamente off-road da sua picape média. Confira tudo do que o modelo é capaz

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Picape acelera até os 100 km/h em 5,8 segundos
Picape acelera até os 100 km/h em 5,8 segundos Fotos: Divulgação

A Ford lançou a Ranger Raptor no mercado brasileiro, versão extremamente off-road da caminhonete compacta. O preço sugerido é salgado, R$ 448.600, mas a picape da Ford entrega um desempenho superior, muito acima da Toyota Hilux GR-Sport.

Para começo de conversa, essa versão especial foi desenvolvida pela Ford Performance, divisão de esportivos de alto desempenho da marca. Inspirada nos modelos de competição no deserto, a Ranger Raptor foi construída sobre um chassi exclusivo, projetado para suportar níveis severos de impacto, com reforços estruturais aplicados em toda a carroceria.

 

No visual diferenciado da Ford Ranger Raptor, tudo tem uma função real. Na dianteira, destaque para a grade preta com a inscrição 'Ford' em letras garrafais, envolvida pelos faróis LED Matrix, com foco variável e direcional. Os para-choques de aço pretos se conectam com os alargadores dos para-lamas na dianteira e na traseira.

As caixas de roda da Ranger Raptor têm altura elevada para permitir o maior curso da suspensão. As rodas pretas em liga leve de 17 polegadas são exclusivas, 'calçando' pneus fora de estrada de perfil alto (285/70 R17AT) com 33 polegadas de diâmetro. A caçamba da caminhonete traz protetor Flexbed, com tomadas de 120V e 12V, pontos de ancoragem e tampas para a instalação de acessórios.

Ranger Raptor é mais alta e larga

A Ranger Raptor tem carroceria mais alta e larga que as versões 'civis'. Suas dimensões são 5,36 metros de comprimento (+ 10mm) 2,20m de largura (+ 193mm), 1,92m de altura (+ 40mm) e 1,71m de bitola (+ 90mm). O entre-eixos de 3,27m não mudou.

A capacidade de imersão da caminhonete é de 850mm, com o alternador, a entrada de ar e os componentes elétricos protegidos contra a entrada de água. A carroceria foi otimizada para superar obstáculos, com ângulo de entrada de 32°, ângulo de saída de 27°, ângulo de rampa de 24° e vão livre do solo de 272mm. A Ranger Raptor possui capacidade de aclive máximo de 45° e inclinação máxima lateral de 35°.

 Conjunto mecânico de respeito

O motor da Ranger Raptor é um 3.0 V6 biturbo a gasolina, com 397cv de potência e 59,4kgfm de torque, que faz a caminhonete acelerar até os 100km/h em 5,8 segundos. A transmissão automática de 10 marchas tem calibração exclusiva, com trocas manuais por aletas. O consumo de combustível é de 8,3km/l na cidade e 10,2km/l na estrada.

A nova suspensão tem estrutura reforçada e o maior curso: 256mm na dianteira (32% maior) e 290mm na traseira (mais 18%). Sua configuração é Double-Wishbone na dianteira e Watts Link na traseira. Os amortecedores de competição atuam de forma ativa a partir da leitura do terreno. Já o diferencial traseiro e dianteiro blocante melhoram o sistema de tração.

Impressiona na Ranger Raptor a quantidade de configurações mecânicas disponíveis. É possível escolher entre sete modos de condução - Normal, Escorregadio, Lama/Terra, Areia, Esportivo, Rock Crawl e Baja -, com mudanças no motor, transmissão, freios, ABS, tração, direção, suspensão e escapamento.

Os amortecedores têm dois modos especiais de ajuste automático, um para salto (Jump Mode) e outro para máxima aceleração (Pedal Down). Já o sistema ativo de controle eletrônico de som do escapamento tem quatro modos: Silencioso, Normal, Esportivo e Baja (para uso somente em competição). A direção também oferece quatro modos de ajuste: Conforto, Normal, Esportiva, e Off-Road (com resistência esportiva e respostas mais rápidas).

Interior da Ranger Raptos tem acabamento caprichado

Os bancos esportivos da Ranger Raptor, revestidos em couro e suede preto com detalhes em laranja, são inspirados em aviões de combate. Eles têm estrutura de espuma preparada para absorção de impacto e formato de concha. Os ajustes são elétricos.

Já o quadro de instrumentos digital tem 12,4 polegadas, mesmo tamanho da tela do multimídia. O volante é exclusivo, e tem um marcador central na cor laranja e aletas para trocas de marcha de magnésio. O forro de teto e os acabamentos laterais são em preto.

No conteúdo, destaque para os assistentes autônomos (ADAS): controle de cruzeiro adaptativo com stop & go; frenagem autônoma com detecção de pedestres e ciclistas; assistentes de cruzamentos, de frenagem autônoma em marcha à ré, de manobras evasivas, de permanência e centralização em faixa, de estacionamento automático e frenagem pós-colisão; monitoramento de ponto cego com alerta de tráfego cruzado; reconhecimento de sinais de trânsito; e farol alto automático.

Completa o pacote de segurança os sensores de estacionamento dianteiro e traseiro, além de sete airbags. A Ranger Raptor tem cinco anos de garantia e já está disponível em toda a rede de concessionárias da Ford, com prazo de entrega das primeiras unidades até fevereiro de 2024.