BOM NEGÓCIO

Hyundai HB20 2017: 10 detalhes importantes antes da compra

Primeira geração do hatch compacto da marca sul-coreana já se destacava em vendas com variedade de versões e de motores

Publicidade
Hyndai HB20 hatch modelo 2017 cor champanhe escuro quatro portas de frente na rua
O hatch compacto teve sua primeira geração projetada especialmente para o mercado brasileiro e chegou em 2017 com o visual atualizado Marlos Ney Vidal/EM/D.A Press

O mercado brasileiro é recheado de carros que quebraram paradigmas, mesmo nas categorias de entrada. Exemplo disso são os compactos que mudaram bastante o segmento desde os anos 1970. Chevrolet Chevette, VW Gol, Fiat Uno, Chevrolet Corsa e Peugeot 208 são alguns exemplos de modelos que, de uma maneira ou de outra, trouxeram inovações para o segmento. O Hyundai HB20 foi um dos mais recentes neste sentido.

Confira também a apresentação do Hyundai HB20 2023, que chega cheio de novidades

Lançado em 2012, sobre uma plataforma até então inédita na marca e com design pensado justamente para o Brasil, o Hyundai HB20 representou um divisor de águas para a categoria de compactos. Trazia um estilo marcante e ousado, já dentro dos padrões globais da marca sul-coreana, além de motores modernos e eficientes e de versões bem recheadas.

Logo passou a disputar a liderança entre os automóveis de passeio com o Chevrolet Onix e o Ford Ka. E mesmo sempre atrás do modelo da General Motors nos emplacamentos, a primeira geração não tem do que se envergonhar. Prova disso é a ampla oferta de Hyundai HB20 no mercado de usados e seminovos, geralmente com boa liquidez e baixa desvalorização – ou valorização, nos tempos loucos que vivemos hoje.

Hyundai HB20 hatch modelo 2017 cor champanhe escuro quatro portas de traseira na rua
O Hyundai HB20 tem a traseira equilibrada com o resto do conjunto, com lanternas horizontalizadas

Em seu penúltimo ano antes da chegada da segunda geração, o HB20 manteve os motivos que o ajudavam a se manter entre os líderes do mercado. Variedade de versões de acabamento e de conjuntos mecânicos, além de um acerto que privilegia o conforto, uma cabine bem pensada e baixo custo de revisão. Entenda 10 fatos sobre o Hyundai HB20 modelo 2017.

1 – Variedade de versões do Hyundai HB20

O cara que cuida da logística industrial na fábrica de Piracicaba (SP) merece um Nobel – ou, pelo menos, férias extras. A unidade da Hyundai Motor do Brasil no interior paulista sempre teve de lidar com um sem número de versões do compacto desde seu nascimento. Para se ter uma ideia, o Hyundai HB20 em 2017 tinha 15 versões.

Não é erro de digitação, eram 15 versões só do hatchback – sem contar o aventureiro Hyundai HB20X. Elas variavam motores aspirados 1.0 e 1.6 16V, turbo 1.0 e câmbios manuais de cinco ou seis marchas, ou caixa automática de seis velocidades.

2 – Desempenho do hatch compacto

O motor 1.0 três-cilindros foi uma grata surpresa quando chegou com a linha do Hyundai HB20. Aspirado, com comando duplo e variação na admissão, o propulsor da família Kappa até parece ter uma potência superior aos 80cv (etanol) e 75cv (gasolina). É esperto nas arrancadas e apenas sente falta de força mesmo em baixos giros nas retomadas – o torque de 10,2kgfm (e)/9,4kgfm (g) só aparece nas 4.500rpm.

Não é exagero dizer que o três-canecos agrada mais no rodar que o 1.6 16V Gamma que equipava as variantes topo de linha do Hyundai HB20 2017. Claro que os 128cv (e)/122cv (g) dessa unidade entregam mais força, e longe de o propulsor ser ruim, porém, o nível de aspereza e de ruído incomodam.

Hyundai HB20 hatch modelo 2017 cor champanhe escuro quatro portas motor
O motor 1.6 16V desenvolve 128cv (e)/122cv (g) de potência, mas tem funcionamento áspero

Bom lembrar que o motor de maior volume era combinado ao câmbio manual de seis marchas (o 1.0 manual tem cinco marchas), com a última marcha bem longa e as primeiras relações mais curtas, o que confere boa agilidade ao hatch. Já a transmissão automática de seis velocidades garante o conforto, apesar do consumo maior (como você verá abaixo) e traz uma imprecisão entre a terceira e a quarta marcha.

3 – Motor turbo para o Hyundai HB20

Em abril de 2016, o Hyundai HB20 estreou suas variantes turbinadas, que entraram na linha como opções intermediárias. Apesar da grata novidade, estava longe de ser um turbo que empolgava como no Up TSI – independentemente do peso e dimensões menores do Volkswagen.

O mesmo motor 1.0 Kappa passou a ter turbina de baixa inércia e com controle eletrônico, fixada no cabeçote, o que, segundo a Hyundai, diminui o tempo de enchimento do motor. Sem injeção direta, o conjunto rende 105cv (e)/98cv (g) de potência e torque de 15kgfm (e)/13,8kgfm (g) a 1.400rpm. O câmbio é sempre o manual de seis marchas.

4 – Consumo de combustível do Hyundai HB20

Pela tabela de eficiência energética do Inmetro publicada em 2017/18, o Hyundai HB20 registrou médias de consumo apenas razoáveis para suas opções mais caras. Confira os números em km/l:

VersõesConsumo com etanolConsumo com gasolinaNotas
Hyundai HB20 1.0 MT5 8,5km/l (cidade) 9,9km/l (estrada)12,5km/l (cidade) 14,1km/l (estrada)B (categoria) B (geral)
Hyundai HB20 1.6 MT68,1km/l (cidade) 9,9km/l (estrada)11,6km/l(cidade) 13,8km/l (estrada)C (categoria) B
(geral)
Hyundai HB20 1.6 AT67,1km/l (cidade) 9,4km/l (estrada)9,9km/l (cidade) 12,5km/l (estrada)E (categoria) C
(geral)
Hyundai HB20 1.0 Turbo8,2km/l (cidade) 10,1km/l (estrada)11,6km/l (cidade) 14,3km/l (estrada)C (categoria) B
(geral)

5 – Saiba qual é a boa versão do hatch compacto

Para quem não quer gastar muito na compra ou no consumo, uma opção de carro bastante eficiente e funcional para a cidade é o Hyundai HB20 Comfort Plus 1.0. O modelo vem com o motor três canecos bastante econômico e uma lista de equipamentos suficiente para o dia-a-dia.

Ar-condicionado, direção com assistência elétrica, trio (comando dos vidros para as quatro portas), computador de bordo, regulagem de altura do banco do motorista, abertura interna das tampas do tanque de combustível e do porta-malas, alarme, computador de bordo, desembaçador, lavador e limpador do vidro traseiro, além dos obrigatórios airbag duplo e freios com ABS estão entre os equipamentos dessa versão do Hyundai HB20.

Hyundai HB20 hatch modelo 2017 cor champanhe escuro quatro portas interior painel
O acabamento interno varia de acordo com cada versão, mas o plástico predomina em várias partes

Fique ligado porque, na linha 2017 do Hyundai HB20, a montadora lançou uma subvariante da Comfort Plus chamada blueMedia. É o nome da boa e prática central multimídia da marca sul-coreana que vinha de série nestas opções da linha compacta e já oferecia conectividade com Android Auto e Apple CarPlay.

6 – Tem ainda a série especial comemorativa…

Em 2017, a Hyundai Motor Brasil celebrou o seu aniversário no país com uma série especial de nome pouco criativo: Edição Comemorativa 5 Anos. Disponível com o motor 1.0 e câmbio manual e com o 1.6 automático, era baseada na mesma Comfort Plus, só que com alguns itens a mais.

Além da central blueMedia, a edição limitada em 5 mil unidades é equipada com sensor de estacionamento traseiro, coluna de direção com regulagens de altura e de profundidade e chave tipo canivete. Por fora, rodas de liga leve aro 15 polegadas, lanternas com lentes translúcidas da versão topo de linha Premium e uma bandeirinha do Brasil na lateral.

Hyundai HB20 hatch modelo 2017 cor champanhe escuro quatro portas interior multimídia painel
Sistema multimídia blueMedia tem tela tátil, que não é das maiores, mas é funcional

7 – Tem versão esportivada do Hyundai HB20 2017

Para brigar com o Chevrolet Onix Effect, no início de 2016 foi lançado o Hyundai HB20 Spec. Mas assim como o rival direto, trata-se apenas de uma versão com roupagem esportiva, sem qualquer acerto mecânico ou preparação.

Só que o resultado ficou legal, com aquele ar meio “bandido”. Na frente, grade do tipo colmeia com acabamento preto brilhante – mesmo da moldura das luzes de neblina (estas do tipo projetor) – e faróis com lentes escurecidas.

Nas laterais, capas dos retrovisores e maçanetas em preto brilhante, rodas de liga leve aro 15 polegadas escurecidas, assim como as saias laterais, as colunas centrais e a antena “barbatana de tubarão”. Na traseira, o emblema da versão, para-choque com desenho exclusivo, ponteira de escapamento oval e cromada, spoiler e extrator cenográfico.

Dentro, acabamento escurecido, bancos que mesclam couro e tecido, detalhes vermelhos e em preto brilhante, pedaleiras de alumínio, além de console e alavanca de câmbio e volante revestidos de couro perfurado com costuras vermelhas aparentes. O motor é o 1.6 16V com câmbio automático.

Hyundai HB20 hatch modelo 2017 cor champanhe escuro quatro portas interior banco traseiro
No banco traseiro do Hyundai HB20 o espaço é ideal para duas pessoas com relativo conforto

8 – Manutenção do Hyundai HB20

O HB20 2017 está no finzinho da garantia de cinco anos, mas o compacto sempre teve um dos custos de revisões mais baratos do segmento de compactos – só perdia mesmo para a dupla Nissan March e Versa, e emparelhava com o da gama Toyota Etios.

A Hyundai mantém a tabela de valores fixos, mesmo após os 60 mil quilômetros. Confira:

1.0 aspirado

  • 60.000 km: R$ 786,61
  • 70.000 km: R$ 586,33
  • 80.000 km: R$ 795,09
  • 90.000 km: R$ 620,52

1.0 turbo

  • 60.000 km: R$ 829,63
  • 70.000 km: R$ 1.065,66
  • 80.000 km: R$ 838,11
  • 90.000 km: R$ 663,54

1.6 16V

  • 60.000 km: R$ 829,88
  • 70.000 km: R$ 629,60
  • 80.000 km: R$ 838,36
  • 90.000 km: R$ 663,79
Hyundai HB20 hatch modelo 2017 cor champanhe escuro quatro portas interior porta-malas
O porta-malas do Hyundai HB20 tem volume compatível com os modelos do segmento de hatches compactos

9 – Principais problemas do Hyundai HB20 2017

Relatos em grupos de discussão com donos do carro e queixas protocoladas no site do Reclame Aqui revelam alguns defeitos recorrentes no Hyundai HB20 de primeira geração. Muitas ocorrências apontam para falhas no display do som e mesmo na central blueMedia. Outra reclamação comum é quanto a ressecamento e trincas nas lentes dos faróis.

Borrachas das janelas dos vidros e portas com desgaste prematuro, dificuldade em dar a partida em modelos com motor 1.6 e falhas no marcador de combustível também são alguns problemas comuns informados pelos donos de Hyundai HB20.

Fique atento também se o Hyundai HB20 2017 que você está de olho atendeu aos seguintes recalls:

  • Hyundai HB20 1.0 turbo 2016 a 2018, fabricados entre 28/1/2016 e 5/2/2018, chassis 9BHBG51BAGP561697 a 9BHBG51BAJP870541, não sequenciais, para inspeção, reparo ou troca da válvula de controle de vácuo do servo-freio.
  • Hyundai HB20 1.0 2017, fabricados entre 20/4/2017 a 26/5/2017, chassis 9BHBG51CAHP760125 a 9BHBG51CAHP768013, não sequenciais, para inspeção e troca da junta homocinética do semi-eixo.

10 – Atenção ao seguro do seu Hyundai HB20

Seguro sempre foi um problema na primeira geração do Hyundai HB20. Os preços das apólices costumam assustar em relação aos valores de rivais do mesmo segmento – a ponto de a fabricante passar a fazer parcerias com companhias para reduzir o custo das coberturas.

Por esta razão, faça uma cotação com seu corretor para ver em quanto ficará o seguro, independentemente da versão do Hyundai HB20 ano 2017.

Confira o vídeo sobre o rebaixamento da nota do Hyundai HB20 no teste do Latin NCap