AUTORIDADE

Peugeot é a favorita dos presidentes da França há anos

Fabricante francesa conquistou 5 dos 6 últimos presidentes do país com seus carros luxuosos

Peugeot 5008 de lado. Cor azul escura metalizado.
Peugeot 5008 de Emmanuel Macron Imagem: Reprodução

Como são os veículos presidenciais? Na França, o veículo oficial do atual presidente, Emmanuel Macron, foi um Peugeot 5008 II por mais de cinco anos. Esse SUV blindado tem somente dois assentos no banco traseiro. Um emblema da Presidência da República é adornado na carroceria. Todas as outras informações do veículo são mantidas em sigilo pelo governo francês. Macron ficou com o carro desde o primeiro mês de posse até o fim de 2021, quando o trocou pelo híbrido DS7 Crossback.

O curioso é que a relação dos ocupantes do Palácio do Eliseu com a Peugeot não é novidade para os franceses e começou há um século. Eleito presidente da República em setembro de 1920, Alexandre Millerand dirigiu um Peugeot Type 156 a partir de 1921. Esse modelo foi o primeiro carro a ser fabricado na planta de Sochaux, cidade próxima à fronteira com a Suíça. O motor tinha 6 cilindros e 25cv de potência.

 Peugeot Type 156
Type 156 foi o primeiro veículo grande da fabricante francesa após a Primeira Guerra Mundial – Imagem: Alf van Beem

Depois de meio século…

Mais de cinquenta anos depois, Valéry Giscard d’Estaing trouxe a Peugeot de volta em 1975, ano em que o novo carro-chefe da marca, o Peugeot 604, foi lançado. A partir daquela data, carros do presidente não eram mais na cor preta, mas sim “verde musgo”. O presidente utilizou também uma limusine Peugeot 604 em ocasiões cerimoniais. Feito em colaboração com o construtor de ônibus Heuliez, ela tinha uma distância entre-eixos alongada em 62 centímetros, beneficiando os bancos traseiros.

Carro Peugeot 604 com bandeiras da França e Alemanha hasteadas no parachoque.
Peugeot 604 de d’Estaing. Imagem: Reprodução

Em 1991, sob o governo de François Mitterrand, o Palácio do Eliseu adquiriu uma limusine Peugeot 605 que havia sido alongada e blindada. Este modelo foi equipado com um motor V6 de 170cv e a blindagem era de aço altamente resistente. O veículo transportou líderes importantes, como Mikhail Gorbachev (ex-presidente da União Soviética), Hosni Mubarak (ex-presidente do Egito) e o Papa João Paulo II.

O ex-presidente Jacques Chirac também gostava dos carros da Peugeot. Durante seus 12 anos de mandato (1995-2007), Chirac usava regularmente um Peugeot 607. Mas o veículo que, sem dúvida, fez a maior impressão sobre os franceses naquela época foi o Peugeot 205 SR vermelho que sua esposa dirigia.

Ex-presidente da França Jacques Chirac posando com seu carro Peugeot. O carro está com o capô aberto e o homem fuma um cigarro.
Ex-presidente Jacques Chirac com seu outro modelo: o Peugeot 407 – Imagem: Patrice Habans/Paris Match

Nicolas Sarkozy e seu Peugeot 607 Paladine

Para a posse presidencial em 2007, a equipe de Nicolas Sarkozy estava procurando um veículo que simbolizasse a renovação e a modernidade. O escolhido foi um Peugeot 607 Paladine concept car, apresentado no Salão de Genebra de 2000. Produzido para a Peugeot pelo construtor de ônibus Heuliez, o 607 é uma limusine que mede mais de 5 metros transformada em um landaulet, com um teto de vidro retrátil cobrindo os bancos traseiros. O interior é luxuosamente equipado com couro azul e creme, tem duas poltronas eletricamente ajustáveis para os passageiros e um assento dobrável com as costas.

Nicolas Sarkozy acena para multidão em limusine Peugeot 607 Paladine
Ex-presidente da França Nicolas Sarkozy inovou no conceito de limusines Imagem: DR/L’argus

A pedido da equipe de Nicolas Sarkozy, o Peugeot 607 Paladine foi retirado do Museu Peugeot e, em 16 de maio de 2007, a França e o mundo ficaram surpresos ao vê-lo na Champs-Elysées. Apesar das muitas mudanças que sofreu, o carro ainda é tão elegante quanto o 607 padrão. Por outro lado, a instalação do mecanismo de teto retrátil significava que o tanque de combustível tinha que ser menor: assim, sua capacidade foi diminuída para apenas 6.0 litros. Logo se tornou um problema: o motor V6 consumia muita gasolina e, desse modo, decidiu-se não usar mais o veículo.

Questões presidenciais

Uma ou duas bandeiras?  O protocolo define precisamente a “decoração” do carro presidencial. Quando o presidente da República está no carro em uma ocasião oficial, o mesmo é decorado com uma bandeira francesa presa à frente direita do veículo no lado onde o Chefe de Estado entra e sai. Quando um segundo Chefe de Estado ou governo está com o presidente francês, a bandeira de seu país é fixada para o lado esquerdo dianteiro, do lado onde ele entra e sai do veículo.

O que acontece com os carros depois que o presidente termina o mandato?  Não há nenhuma regra. Alguns são mantidos na oficina de carros Elysée, outros são vendidos ou entregues a museus.