Era da eletrificação

Mercedes-AMG faz 55 anos e celebra a data com lançamento de carro 100% elétrico

Especializada na produção de veículos esportivos e de alta performance, a empresa comemora sua trajetória de sucesso e traz inovações

Dois modelos Mercedes-AMG pratas e dois modelos Mercedes-AMG vermelhos
Linha de alta performance e design marcante da Mercedes-AMG Fotos: Mercedes-Benz/divulgação

Neste mês, a Mercedes-Benz comemora 55 anos da preparadora AMG. Essa subsidiária é voltada para o desenvolvimento de carros esportivos e de máximo desempenho. 

Trata-se, portanto, de uma comemoração importante, que traz à tona a recordação dos grandes sucessos automobilísticos da companhia. “É uma honra comemorarmos essa data tão especial para a nossa marca”, afirma Carlos Garcia, Presidente e CEO da Mercedes-Benz Cars & Vans Brasil. “Continuaremos investindo nesse segmento para seguirmos contando ótimas histórias sobre performance e exclusividade”, finaliza.

Para fazer jus ao aniversário, a fabricante fez questão de trazer novidades: anunciou sua nova fase com o lançamento de seu Modelo EQS 53 4MATIC+ 100% elétrico.

Confira o vídeo oficial do novo EQS elétrico

Você conhece a história da AMG?

Tudo começou nos anos 60, com dois engenheiros da Daimler-Benz, Hans Werner Aufrecht e Erhard Melcher. Ambos trabalhavam na empresa e foram os responsáveis por preparar o motor de competição para o emblemático 300 SE da época. Quando a companhia suspendeu as atividades, eles decidiram, então, fundar o próprio Centro de Engenharia. Aufrecht era apaixonado por automobilismo e Melcher era expert na área do desenvolvimento de motores. 

No dia 1 junho de 1966, eles fundaram a AMG. A sigla da marca é composta por suas iniciais, Aufrecht e Melcher, sendo o “G” derivado de Großaspach – local de nascimento de Aufrecht.

O crescimento próspero da AMG ao longo dos anos impulsionou a sua fusão com a Mercedes-Benz, que tinha muitos dos seus veículos equipados pela primeira. Em 1990, ambas assinam um contrato de cooperação nos projetos esportivos. Enfim, em 1999, a Daimler Chrysler AG se tornou a proprietária majoritária da AMG e, em 2005, a acionista única da marca. 

Nos anos seguintes, essa união proporcionou grandes conquistas no mercado automotivo. Dentre os diversos veículos produzidos, destacam-se o C 36 AMG e o Mercedes-Benz AMG, os quais foram pioneiros de vendas. Já em 2002, a linha de esportivos havia se tornado a mais variada no mercado.

A Mercedes-AMG hoje

Hoje, a Mercedes-AMG abrange mais de 50 versões de carros de alto desempenho (12 disponíveis no Brasil). As potências começam em 306cv (Mercedes-AMG 35 4MATIC) e atingem até 639cv (Mercedes-AMG GT 63 S 4MATIC+ 4-doors Coupé). Esse portfólio oferece sedans, coupés e SUVs, bem como roadsters e o Mercedes-AMG GT. 

Além disso, na sede, em Affalterbach, todos os motores AMG V8 são produzidos artesanalmente e cada unidade é montada por um único homem. O local conta com equipes de gerenciamento, administração, vendas, desenvolvimento e design. 

Os demais motores são produzidos em Kölleda (motores de quatro cilindros em linha) e em Mannheim (motores V12).

A companhia marca presença, também, no automobilismo há cinco décadas. Os seus modelos SLS AMG GTW, Mercedes-AMG GT3 e GT4 assinalam o seu compromisso global com esse segmento. 

Na Fórmula 1, a AMG, desde 2012, é representada pela Mercedes-AMG Petronas e Mercedes-AMG High Performance Powertrains. E ela também fornece o Safety Car de Fórmula 1 e o Carro Médico de Fórmula 1 desde 1996.

Esse ano, essa conexão com o universo do automobilismo ficou ainda mais forte com a chegada das primeiras unidades do hiperesportivo Mercedes-AMG ONE. Ele utiliza um conjunto mecânico original dos modelos da equipe de F1 com mais de 1000cv.

Atualmente, o objetivo da marca é tornar-se um ícone de alta performance na era da eletrificação. Por isso, ela comemora, neste mês, os seus 55 anos com o lançamento do EQS 53 4MATIC+, seu primeiro modelo 100% elétrico. Ele apresenta autonomia de até 580km e 658cv de potência.

O VRUM já testou a Mercedes C-200 AMG Line 2022; assista o vídeo!

Leia, também, a matéria completa.