Segurança

Jeep Wrangler dá vexame em teste de segurança

Utilitário tombou no rigoroso teste de small overlap, realizado por entidade de segurança viária nos Estados Unidos

O Jeep Wrangler deu vexame, pela segunda vez, num crash test reralizado pelo Insurance Institute for Highway Safety (IIHS), órgão de segurança viária dos Estados Unidos. O utilitário acabou capotando no teste chamado de small overlap, no qual apenas a extremidade dianteira do veículo colide contra o obstáculo, à velocidade de 65 km/h.

Assista ao vídeo do crash test:

Esse teste é um dos mais rigorosos realizados pelos institutos de segurança. Mesmo assim, esperava-se mais do Jeep Wrangler: além de tombar, o veículo ainda não protegeu corretamente a perna e o pé esquerdo do motorista. Pelo menos a estrutura da carroceria revelou-se robusta e suportou bem o impacto.

Porém, os maus resultados nos demais itens fizeram o IIHS classificar a segurança do modelo como “marginal”. Vale lembrar que, em 2020, o órgão de segurança viária já havia submetido o Jeep Wrangler ao teste de small overlap, e o resultado foi semelhante: o veículo deu vexame do teste após tombar durante a colisão.

Por meio de nota, a Stellantis comentou o resultado do teste do IIHS: “o Jeep Wrangler atende ou excede todos os padrões federais de segurança (…). A Stellantis está revisando o último resultado; levamos em consideração os testes feitos por terceiros no processo de desenvolvimento de produtos. Porém, projetamos nossos veículos para desempenho no mundo real”.

Jeep Wrangler no Brasil

No Brasil, a Jeep comercializa o Wrangler por meio de importação. Desse modo, as unidades comercializadas aqui são idênticas às dos Estados Unidos. Por aqui, a linha começa em R$ 362.138.