PEGA LADRÃO!

Ferrari 458 apreendida vira viatura policial na República Tcheca

Só no ano passado, o governo tcheco apreendeu mais de 900 veículos de luxo que estavam em mãos de criminosos

Ferrari 458 com adornos da Polícia da República Tcheca
No limite, a 458 faz 0 a 100 km/h em 3,4 s. A velocidade máxima, informa a fábrica, chega a 325 km/h. Imagem: Police CZ/Twitter

Uma Ferrari 458 apreendida há mais de 10 anos virou a nova viatura de polícia da República Tcheca, no leste europeu. Com investimento de 340.000 coroas checas (o que equivale a cerca de R$75 mil), a polícia transformou o carro de luxo em viatura. O superesportivo, que possuía 2.000 km rodados quando foi apreendido, prestará serviços ao Departamento de Vigilância Especial do país e será dirigido somente por policiais especialmente treinados.

Vídeo da Polícia tcheca mostra o carro já adesivado e pronto para patrulha

Segundo nota emitida pela corporação, a Ferrari 458 será utilizada tanto para fiscalizar o trânsito nas rodovias tchecas, quanto para perseguir criminosos ou patrulhar eventos. O carrão promete cumprir seu trabalho com eficiência: afinal, ostenta um motor V8 de 4,5 litros, capaz de desenvolver nada menos que 562 cv de potência.

Foram feitas algumas modificações no veículo: ele foi pintado de prata e ganhou um sistema de câmera, rádio, luz especial de advertência, além de um letreiro LED digital no para-brisa. Veja as fotos:

Os policiais afirmam que a Ferrari 458 Italia não é o carro mais raro que já apreenderam. Só em 2021, o governo apreendeu quase 900 veículos de luxo – a maioria deles foi vendida para arcar com os danos causados pelos criminosos.

A corporação da República Tcheca não é a única a usar carros esportivos. Os policiais da Itália mantêm uma parceria com a Lamborghini para transportar bolsas de sangue de forma urgente para locais de acidentes. Já em Dubai, a polícia utiliza uma frota inteira de carros de alta potência.