Ai ai ai dos puristas

Ferrari lança SUV em setembro e confirma elétrico inédito para 2025

Ao confirmar um SUV e um elétrico em sua gama, marca deixa puristas em polvorosa. Porém, mais que opção, esse caminho é sua estratégia de sobrevivência

Ferrari divulgou teaser do SUV inédito Purosangue
Ferrari divulgou teaser do SUV inédito Purosangue Ferrari Divulgação

A Ferrari marcou para setembro o lançamento do seu primeiro SUV, e ainda prometeu um modelo elétrico para 2025. O anúncio de seu plano comercial para os próximos anos foi de chocar os fãs puristas da marca. Para ser mais específico, o plano pode chocar os puristas que vivem em Nárnia.

O primeiro SUV da marca será o Purosangue, que já é aguardado há algum tempo. O modelo já foi flagrado em testes, e tudo indica que seu visual será extremamente atlético, com caixas de roda poderosas, sobressalto no centro do capô e vincos rasgando as laterais. Interessante é que a altura em relação ao solo não parece ser grande, como nos SUVs tradicionais, o que mostra personalidade.

A participação do utilitário-esportivo na gama da Ferarri será alta, porém inferior a 20%, o que é pouco se comparado a marcas como a Porsche. Claro que a maior expectativa é que o SUV da Ferrari traga sob o capô um tradicional V12 aspirado, mas, o mercado também aguarda por um conjunto híbrido, como outros modelos da marca que contam com a ajuda de um motor elétrico para reduzir as emissões.

Flagra do Purosangue, o SUV inédito da Ferrari, já circulou pela internet
Flagrante da Ferrari Purosangue já circulou pelas redes (Foto: Reprodução/@wilcoblok)

Além do SUV, Ferrari terá modelo 100% elétrico

E essa foi a deixa para falarmos do elétrico que está para sair de Maranello, a casa da Ferrari. A marca confirmou que vem trabalhando nesse projeto, que deve chegar ao mercado em 2025. Mas, os “caras” de lá sabem guardar um segredo e não deram pistas sobre como será esse modelo inédito, tampouco o tipo de carroceria.

Que tal ir a Dubai e Abu Dhabi para dirigir Ferrari, Lamborghini e McLaren?

Mas, talvez para tranquilizar seus clientes fiéis, a marca adiantou que esse modelo será uma verdadeira Ferrari, assegurando que o veículo 100% elétrico terá toda a potência, peso, som e emoções característicos.

Depois de aberta essa “porteira”, a expectativa é que até 2026 surja ao menos mais um modelo totalmente elétrico. É que, até esse ano, além do SUV e do tal modelo inédito, a Ferrari prometeu outros 13 lançamentos.

Porém, o que não se pode perder de vista, é que a eletrificação não é uma opção. A chegada de elétricos e híbridos são, talvez, o único caminho para se atender as normas de emissões, sobretudo na Europa. Para se ter ideia, até 2026, 60% da gama Ferrari será híbrida ou elétrica. Em 2030, 80% dos modelos serão eletrificados.

Porém, a Ferrari disse que não pretende abandonar completamente os motores a combustão interna. Tanto é, que, ela anunciou que continuará a trabalhar na evolução desses propulsores buscando maior eficiência energética, além do desenvolvimento de combustíveis alternativos com o apoio de parceiros.