Premium

Série 3 e X1: BMW anuncia produção de dois novos carros no país

Planta de Araquari (SC) recebeu investimento de R$ 500 milhões para a produção dos novos veículos nacionais

Publicidade
A imagem mostra o novo BMW Série 3 visto lateralmente. É grande, conta com parte frontal avantajada, entradas de ar e faróis imponentes.
Lançamento do BMW Série 3 está previsto para o último trimestre Imagem: Divulgação/BMW

O presidente do BMW Group no Brasil, Aksel Krieger, anunciou nesta quinta-feira (14) a produção nacional dos novos BMW Série 3 e BMW X1. O início da produção do Série 3 na fábrica de Araquari (SC) está marcado para setembro. Já o X1, por sua vez, tem produção prevista para o início de 2023.

 “Confirmar a produção de novos modelos, apenas dois meses após as respectivas apresentações na Europa, reforça confiança que a matriz tem em nosso time para produzir com tecnologia, qualidade e paixão no Brasil”.

Otávio Rodacoswiski, diretor-geral da fábrica da BMW em Araquari (SC)

As mudanças no sedã

As versões estrangeiras do BMW Série 3 2023 vieram reestilizadas, mudança que também chegará à produção em Santa Catarina. O para-choque sofreu alterações, como uma nova entrada de ar e algumas mudanças nos faróis e grade.

Outro beneficiado foi o interior do veículo, que também ganhará boas mudanças: duas telas lado a lado, uma sendo de 12,3 polegadas para o quadro de instrumentos, e outra de 14,9 polegadas para a multimídia. Além disso, o sedã também receberá condução semi-autônoma e radares de maior precisão para os sistemas de segurança. O veículo também terá conexão 5G de internet.

Painel do BMW Series 3 2023.
A nova central tem o software iDrive 8, que é o mais moderno da montadora

A versão 2023 do sedã da BMW será oferecida sem mudanças na motorização. Desse modo, o propulsor é 2.0 turbo de 184 cv e 30,6 kgfm de torque para as versões 320i; o 3.0 turbo de seis cilindros de 387 cv e 50,9 kgfm para o M340i xDrive; e o 2.0 híbrido plug-in de 184 cv e 30,6 kgfm.

Todos possuem transmissão automática de 8 marchas e, dependendo da versão, a tração é traseira ou integral. Existem grandes chances do sistema híbrido-leve ser adotado.

SUV mais vendido da BMW no Brasil

Segundo os executivos da fabricante, o início da produção do BMW X1 “está mais para o ano que vem”. O SUV compacto chega à sua terceira geração com 4,50 metros de comprimento, faróis full-LED e interior com o visual limpo. O utilitário também conta com display de 10,25 polegadas para o painel de instrumentos e 10,7″ para a multimídia.

Novo BMW X1 na cor laranja. Ao fundo se vê montanhas
X1 2023 foi revelado há cerca de dois meses

A planta de Araquari irá produzir as versões com motor 2.0 turbo e sDrive20i, que provavelmente irão contar com o sistema híbrido-leve. A versão totalmente elétrica iX1 também foi confirmada para o nosso mercado, porém será importada.

Assista no YouTube: A revolta contra os SUVs – Boris Feldman