VW revela novos detalhes do SUV médio Taos, que chega no segundo trimestre

Montadora informa as dimensões do modelo e seus principais equipamentos, tudo estrategicamente pensado para encarar o líder Jeep Compass

VW revela novos detalhes do SUV médio Taos, que chega no segundo trimestre Montadora informa as dimensões do modelo e seus principais equipamentos, tudo estrategicamente pensado para encarar o líder Jeep Compass

O VW Taos tem linhas discretas que seguem o padrão dos demais modelos da marca alemã

 

Em tempos da pandemia da COVID-19, virou moda apresentar os novos modelos do setor automotivo em etapas, no estilo conta-gotas. E com o Volkswagen Taos, novo SUV médio da marca produzido na fábrica de General Pacheco, na Argentina, não é diferente. A montadora revelou as dimensões do modelo e itens de sua lista de equipamentos, mas sem revelar quais serão de série e os opcionais. O objetivo é oferecer um produto com conteúdo e preço competitivo para fazer frente ao Jeep Compass, o líder do segmento.

 

De acordo com a VW, o Taos tem 4,46m de comprimento, 1,84m de largura, 1,62m de altura e 2,68m de distância entre-eixos. Com boa altura em relação ao solo, o SUV tem vão-livre de 18,5cm na dianteira, 24,6cm entre os eixos e 20,6cm na traseira. O ângulo de entrada é de 19 graus e o de saída, 26,3 graus, sendo 20,1 graus para transpor rampas. O volume do porta-malas, considerando até a altura do encosto do banco traseiro, é de 498 litros, e o tanque de combustível tem capacidade para 51 litros. A VW chama a atenção para o fato de o Taos ter 4,4cm a mais de distância entre-eixos e um porta-malas 88 litros maior que o Jeep Compass.

 

A Volkswagen não revelou quantas versões o Taos terá no Brasil, mas adiantou que será uma linha enxuta

Com seus 1.420 quilos de peso, o VW Taos tem desenho sóbrio, seguindo as linhas de outros modelos da marca. Ele chegará para se posicionar entre o T-Cross e o Tiguan Allspace, e deverá ter preços entre R$ 140 mil e R$ 170 mil. A Volkswagen não revelou quais serão as versões do Taos, mas adiantou que o modelo terá uma linha bem enxuta. O que se sabe é que todas as versões serão equipadas com o sistema multimídia VW Play, com tela tátil de 10 polegadas, e rodas de liga leve de 18 polegadas, calçadas com pneus 215/55 R18. As suspensões são McPherson na dianteira e multilink na traseira, com barra estabilizadora. Os freios são a disco nas quatro rodas, com a eletrônica habitual.

O VW Taos terá também o stop/start, que desliga e religa o motor em paradas, para economizar combustível, sendo que o sistema pode ser desativado. Tem ainda o seletor de perfil de condução, com os modos Eco, Normal, Sport e Individual, interferindo nos ajustes da direção, motor e transmissão, respostas do Adaptive Cruise Control (ACC) e na iluminação interna, que pode ter diferentes cores.

O sistema multimídia VW Play, com tela tátil de 10 polegadas, será item de série em todas as versões

Outro item de série comum em todas as versões será o freio de estacionamento eletromecânico, que traz a função segurança de rolagem, que aciona o sistema assim que a porta do motorista é aberta, em velocidade menor que 3km/h. Tem ainda o assistente dinâmico de partida, que libera o freio de estacionamento automaticamente assim que o motorista pisa no acelerador.

SEGURANÇA O Volkswagen Taos terá ainda importantes itens de auxílio à condução, provavelmente disponíveis para a versão topo de linha. A lista começa com o Adaptive Cruise Control (ACC), que mantém o SUV em uma distância de segurança em relação ao veículo que está à frente, freando ou acelerando conforme a necessidade. Já o Front Assist usa um radar que mede a distância em relação ao veículo da frente e ao constatar a possibilidade de colisão,  diminui a velocidade ou aciona o freio até parar.

 

O SUV médio terá conjunto óptico que inclui luz diurna de LED

O Autonomous Emergency Brake (AEB) conta com o City Emergency Brake, com detecção de pedestre e alerta de colisão com veículos ou objetos parados. Tem ainda a função de frenagem de manobra, que atua quando o motorista está saindo de uma vaga, por exemplo, e não percebe a aproximação de outro veículo. Esse sistema atua entre as velocidades de 1,5km/h e 10km/h. Função semelhante do Rear Cross Traffic Alert, que em manobras de ré detecta a aproximação de outros veículos a uma distância de 20 metros, emitindo um alerta sonoro ou acionando a frenagem automática.

Já o Post Collision Brake evita colisões sequenciais, ou seja, depois da primeira batida o sistema aciona o freio, impedindo que o SUV continue fazendo estrago. E por último, o Taos terá o Detector de Fadiga, que por meio de sensores percebe a desatenção do motorista e aciona alertas, sugerindo que ele pare para descansar.

As lanternas traseiras horizontalizadas contam com iluminação em LED

CONJUNTO MECÂNICO A Volkswagen já havia revelado que sob o capô do Taos estará o motor 250 TSI total flex. Trata-se do 1.4 turbo, com potência máxima de 150cv a 5.000rpm e torque máximo de 25,5kgfm a 1.500rpm. Além do turbo, o propulsor conta com injeção direta de combustível, proporcionando bom torque em baixas rotações. O câmbio é o também conhecido AQ 250, automático de seis velocidades, com trocas sequenciais Tiptronic, que podem ser feitas pelos shifts paddles atrás do volante. Com esse conjunto, o VW Taos acelera até 100km/h em 9,3 segundos, com máxima de 194km/h.

O SUV médio VW Taos tem boa altura em relação ao solo e bons ângulos de entrada e saída