Universitários da UFMG vencem competição fora de estrada da SAE Brasil

Torneio premia os melhores protótipos por estudantes de engenharia em todo país com foto em novas tecnologias. Três primeiros lugares vão participar de competição mundial

Universitários da UFMG vencem competição fora de estrada da SAE Brasil Torneio premia os melhores protótipos por estudantes de engenharia em todo país com foto em novas tecnologias. Três primeiros lugares vão participar de competição mundial

A equipe Baja UFMG, da Universidade Federal de Minas Gerais, foi a grande campeã da 21ª competição nacional Baja SAE Brasil-Petrobras, em Piracicaba (SP). Em segundo e terceiro lugares, vieram representantes da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE). O resultado dá às três universidades o direito de participar da competição internacional, que será realizada de 7 a 10 de maio, nos Estados Unidos.

 

VEJA FOTOS DO BAJA SAE BRASIL 2015!

 

O evento é realizado todos os anos pela Sociedade de Engenheiros da Mobilidade (SAE) e tem o objetivo de estimular o aprendizado, o trabalho em equipe e a busca por inovação para avaliar e ajudar na formação de novos engenheiros. Para participar, eles projetam e constroem o minibaja, um veículo de estrutura tubular em aço, monoposto, para uso fora de estrada, com quatro ou mais rodas.

Donos da primeira colocação em Relatório de Projeto, os pernambucanos da Mangue Baja 1 conquistaram ainda o segundo lugar no teste de suspensão e tração, cuja terceira posição também ficou com a UFPE. O capitão da Mangue Baja 1, Caio Simões, lembra que os bons resultados da instituição não são novidade. "Temos 16 ano de equipe. Nos últimos 15 estamos entre as 10 primeiras universidades e nos últimos cinco, entre as cinco". Para Caio, no entanto, a competição vai além dos bons resultados. "Ficamos um pouco perdidos quando o conteúdo ensinado na universidade não é aplicado. No projeto, é como se estivessemos à frente de uma empresa, vivenciando o que aprendemos em sala de aula", comenta.


Novas tecnologias

Agora, as três instituições de ensino melhor classificadas- UFMG, UFPE e FEI- se preparam para representar o Brasil na etapa mundial do projeto (Baja SAE Maryland), que acontecerá na cidade Baltimore, Maryland, nos Estados Unidos, entre os dias 7 e 10 de maio. Uma oportunidade para compartilhar as inovações brasileiras com universidades do todo o mundo.

Um dos destaques tupiniquins deve ser o veículo construído pelo alunos da UFMG, que conta com um gerador termelétrico, capaz de converter a energia térmica (liberada pelo escapamento) em energia elétrica, para alimentar a bateria. O sistema também foi completamente desenvolvido pelos estudantes mineiros. (Com informações de Marília Parente/Diário de Pernambuco)

Estudantes pernambucanos também representarão o Brasil na etapa mundial