Ranger – Aparência jovem

Linha 2008 da picape média da Ford ganha versão com preço competitivo e equipamentos de conforto para concorrer com versões mais sofisticadas dos utilitários-compactos

Ranger Sport tem novos pára-choques e rodas de 16 polegadas

A Ranger da Ford, produzida na Argentina, é uma das mais tradicionais no disputado segmento das picapes médias, que inclui utilitários, com poucos equipamentos, até modelos mais sofisticados, com preço acima dos R$ 100 mil. Além da boa lucratividade dos modelos, a faixa de mercado vem acompanhando o bom desempenho da indústria nacional, acumulando crescimento de 10,5% em 2006 e com projeção de aumentar mais 5,6% em 2007. Para ser competitivo, a estratégia é encontrar novas maneiras de atrair o consumidor.

Com a linha 2008, a Ranger ganha nova versão, a Sport, com o objetivo de unir bom preço, mas sem abrir mão do conforto. Baseada no acabamento XLS, cabine simples (o segundo mais simples), incorpora alguns itens reservados a modelos mais luxuosos, como ar-condicionado, direção hidráulica e vidros e travas elétricos, rádio com CD e reprodutor de mp3. O visual ficou mais moderno com pára-choque dianteiro, moldura da grade do radiador e espelhos retrovisores externos, faróis de neblina e rodas de 16 polegadas com pneus 245/70 R16. O motor a gasolina 2.3, de quatro cilindros, desenvolve 150 cv de potência e 22,1 kgfm de torque.

A versão ainda conta com barra estabilizadora e alarme perimetral. Com o novo modelo, a Ford quer capturar consumidores que normalmente optariam pelas versões mais sofisticadas das picapes compactas. A Ranger Sport custa a partir de R$ 49.990, cerca de R$ 5 mil a mais do que os modelos menores, porém com mais capacidade de carga.

Os modelos 2008 passam a ser equipados com novos amortecedores traseiros, que foram deslocados para fora das longarinas, junto às rodas, como na F-250. A nova disposição baixa o centro de gravidade, melhorando a dirigibilidade, principalmente em curvas e pisos irregulares. A caixa de direção é nova e mais precisa, segundo a Ford.

O resto da linha Ranger continua praticamente a mesma, apenas com pequenas alterações estéticas. São 15 opções entre as configurações cabine simples ou dupla, motor a diesel ou a gasolina e tração 4×2 ou 4×4, com acabamento XL, LXS, XLT e LTD.