UAI

Pagani raro que pertenceu a Lewis Hamilton fica destruído após acidente; veja fotos

O veículo, um Pagani Zonda, se acidentou em túnel no País de Gales

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Veículo colidiu a lateral com muro do túnel
Veículo colidiu a lateral com muro do túnel Foto: Veículo colidiu a lateral com muro do túnel

O Pagani Zonda 760 é um supercarro de luxo que saiu de linha em 2019 e, hoje, é limitado a apenas cinco unidades no mundo inteiro. A exclusividade é tanta que uma das unidades foi de propriedade de ninguém menos que o ícone da fórmula 1 Lewis Hamilton. Porém, pelo visto, este Zonda acabou tomando rumos "imprudentes" após ter sido vendido pelo piloto, já que recentes notícias confirmaram que o veículo foi destruído após ter se envolvido em um acidente no País de Gales.

Após o ocorrido, o Pagani Zonda 760 foi flagrado pelo fotógrafo Ethan Gale, que publicou as imagens no Instagram:

Pelas fotos, é possível ver o carro com a lateral danificada, o vidro frontal quebrado e com diversos arranhados e amassados distribuídos pela carroceria.

Embora não tenham sido divulgadas muitas informações sobre o acidente, sabe-se que o piloto estava acelerando intensamente em um túnel, possivelmente a fim de aproveitar a acústica do local para potencializar o ronco do motor do Zonda. Foi aí, então, que ele perdeu o controle do carro, que acabou colidindo com a parede do túnel.

O motorista, felizmente, não ficou ferido. O Pagani, por outro lado, perdeu o eixo traseiro, os faróis, o para-brisa e parte da carroceria.

Como era o Pagani Zonda 760 de Lewis Hamilton?

Como uma das cinco unidades existentes, o Pagani Zonda 760 que se acidentou nesta semana havia sido comprado por Lewis Hamilton em 2014 e foi vendido em 2021, quando o piloto resolveu se desapegar de todos os seus carros a combustão.

Pagani Zonda 760 de Lewis Hamilton com LH gravado.
Unidade tinha as iniciais "LH" gravadas

O veículo é equipado com motor 7.3 litros V12 de 760cv e havia sido customizado especialmente para Hamilton, trazendo, inclusive, as iniciais LH gravadas. Além disso, enquanto ficou sob os cuidados do piloto, ele chegou a rodar menos de mil quilômetros e, por incrível que pareça, também se envolveu em uma batida – embora muito menos grave e danosa que esta mais recente.

Além disso, como informou Lewis em uma entrevista de 2018 ao jornal The Sunday Times, o Pagani Zonda 760 não era um carro muito bom de ser dirigido e sua dinâmica era ruim.

Apesar dos estragos, o Zonda acidentado talvez ainda possa ser reparado. Mas isso, certamente, custará muito dinheiro e trabalho ao atual dono do carro.