UAI

Novo Renault Zoe evolui, mas ainda faltam argumentos para pagar R$ 200 mil

Terceira geração do compacto elétrico ganhou em performance, autonomia, recarga da bateria e até no design.Confira os detalhes do modelo

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Novo Renault Zoe evolui, mas ainda faltam argumentos para pagar R$ 200 mil
Leilão acontecerá no dia 17 de novembro Fotos: RM Sotheby’s/Divulgação

A Renault apresentou a terceira geração do compacto elétrico Zoe no Brasil, que ganhou sobrenome E-Tech e chega em duas versões de acabamento: Zen (R$ 204.990) e Intense (R$ 219.990). Apesar das dimensões e linhas da geração anterior terem se mantido, a Renault garante que a carroceria do Zoe E-Tech foi totalmente redesenhada.

É verdade que o design do Zoe sempre passou longe da sensualidade, mas o novo visual ganhou personalidade e dinamismo, com vincos marcados e elementos mais agressivos, como os novos nichos do para-choque. Os faróis são full-LED em todas as versões, com assinatura luminosa em “C” (C-Shape). As rodas de 16 polegadas agora são fixadas por cinco parafusos, e revelam os freios a disco também no eixo traseiro.

No interior, a grande novidade é o quadro de instrumento digital de 10 polegadas, item de série que permite visualizar melhor todas as informações pertinentes à motorização elétrica. A plataforma concebida especificamente para um carro elétrico permitiu que as baterias não comprometessem o espaço de passageiros e bagagem. O porta-malas de 338 litros de volume.

O painel é todo novo, com tela tátil flutuante de 7 polegadas do sistema multimídia.  O tecido do acabamento da versão, assim como peças aparentes de plástico injetado, são reciclados, reforçando a pegada ambiental inerente aos veículos elétricos, somando agora 22,5 quilos de materiais sintéticos reutilizados. A alavanca de modo de condução “e-shifter” manteve o estilo de joystick.

MOTOR O novo motor elétrico tem 135cv de potência e 25kgfm de torque. Com este propulsor, o veículo alcança a velocidade máxima de 140 km/h e acelera até os 100 km/h em menos de 10 segundos. As baterias de 52 kWh proporcionam autonomia de até 385 quilômetros, um acréscimo de 25% em relação a geração anterior.

Mesmo assim as novas baterias ocupam o mesmo volume do conjunto anterior, e ainda entregam uma corrente de intensidade maior, que contribui para a performance. O novo Zoe agora traz opção de recarga com corrente contínua (DC), que permite fazer uma recarga de até 50 kW da bateria em terminais DC voltados para recarga rápida.

RECARGA No Wallbox de 7,4 kW, voltado para uso residencial, a recarga de 0 a 100% da bateria é feita em 8h33. Já em um terminal público com potência de 11 kW, o veículo recupera até 150 quilômetros de autonomia em 2 horas de recarga. Em um terminal de 22 kW, o Zoe recupera até 150 quilômetros em uma hora. Em um terminal DC de 50 kW, bastam 30 minutos para recuperar uma autonomia de 150 quilômetros. O veículo também conta com frenagem regenerativa, que converte energia cinética em eletricidade, que retorna às baterias.

CONTEÚDO Entre os itens tecnológicos do novo Zoe, destaque para: mudança automática de farol alto para farol baixo quando é detectado que um veículo está se aproximando no sentido inverso; alerta de ponto cego; sensores de estacionamento dianteiro e traseiro; assistente de partida em rampa; freio de estacionamento automático com função auto-hold. O sistema multimídia Renault Easy Link permite conectar o smartphone e espelhar aplicativos via Apple CarPlay e Android Auto.

Fabricado na França, o novo Zoe é vendido pelo site eletricos.renault.com.br (retirado nas concessionárias homologadas) ou em 16 concessionárias disponíveis em 12 cidades: São Paulo, Campinas, Rio de Janeiro, Belo Horizonte, Divinópolis, Curitiba, São José dos Pinhais, Porto Alegre, Chapecó, Fortaleza, Recife e Brasília.