Novo Hyundai HB20 e uma interessante coincidência em sua história

Depois de sete anos, a história se repete e uma moradora do Espírito Santo é a primeira a comprar o HB20 nova geração, como aconteceu em 2012 com outro capixaba

Novo Hyundai HB20 e uma interessante coincidência em sua história Depois de sete anos, a história se repete e uma moradora do Espírito Santo é a primeira a comprar o HB20 nova geração, como aconteceu em 2012 com outro capixaba

Nova geração do Hyundai HB20 chega ao mercado para reaquecer as vendas do modelo

 

Alguns vão dizer que foi apenas coincidência, outros dirão que foi obra do destino, e os mais apegados ao mundo espiritual arriscarão afirmar que é um sinal de sorte. O fato é que, depois de sete anos, a Hyundai voltou a registrar a primeira venda do HB20 no Espírito Santo. Foi assim em 2012, após o lançamento da primeira geração, e voltou a acontecer agora, com o novo HB20. Qual seria a relação daquele estado com o modelo da marca coreana, que em pouco tempo conquistou os consumidores brasileiros e vem ocupando a posição de terceiro mais vendido no país? A coincidência resultará em bons resultados de vendas para o modelo? Só o futuro dirá!

Tudo começou no dia 10 de outubro de 2012. O Hyundai HB20 acabava de ser lançado no Brasil e suas vendas foram anunciadas. Existia uma expectativa muito grande em torno do hatch compacto, que prometia chegar ao mercado trazendo uma proposta de estilo bem mais ousada e moderna do que a oferecida pelos modelos das outras marcas. Além disso, o modelo da marca coreana prometia inovar trazendo um pacote de conteúdo para desbancar a concorrência, e por preço muito atrativo.

Lançado em 2012 no Brasil, Hyundai HB20 teve a primeira unidade comprada por Digão, morador de Serra (ES)

Esses argumentos foram suficientes para fazer a cabeça de Rodrigo Pessotti, o Digão, morador de Serra, no Espírito Santo, que comprou a primeira de todas as unidades do HB20 no Brasil. Mas o fato só foi registrado pela Hyundai em 2017, por ocasião da comemoração dos cinco anos do HB20 no Brasil. A montadora buscou identificar o primeiro comprador do modelo, e para fazer valer o direito do título era preciso ser ainda o proprietário do carro e ter realizado todas as revisões na rede de concessionárias. E assim Digão foi identificado como sendo o primeiro comprador do HB20 no Brasil, tendo adquirido o veículo na concessionária Prime Hyundai, no município capixaba de Serra.

FÃ DO MODELO Sete anos depois, a história se repetiu, quando Raphaela Tozatto Eleuterio, moradora de Vitória, foi identificada como a primeira compradora do HB20 nova geração. O fato foi registrado na sequência de confirmação dos pedidos das concessionárias no dia 10 de outubro. Raphaela não é compradora do modelo “de primeira viagem”. Ela conta que comprou seu primeiro HB20 em 2014, trocou por outro no ano passado e fazia parte do programa de fidelidade da marca, o Hyundai Sempre. De olho na nova geração do modelo, ela se cadastrou na pré-venda durante a fase de lançamento, no início de setembro, e às 9h19 do dia 10 de outubro a negociação foi concluída pela concessionária HMB Tai, em Vitória, no Espírito Santo, caracterizando-se como a primeira venda registrada em território nacional.

Raphaela Tozatto, moradora de Vitória, no Espírito Santo, foi a primeira a comprar o HB20 nova geração

Para registrar a coincidência, a Hyundai fez a entrega simbólica do veículo de Raphaela, em evento que contou com mensagem de vídeo enviada por Digão. Ela comprou um HB20 Sense, na cor branco atlas, equipado com motor 1.0 aspirado, direção elétrica progressiva, ar-condicionado, vidros elétricos dianteiros, computador de bordo, rádio Bluetooth com comandos de áudio no volante, apoios de cabeça e cintos de segurança de três pontos para todos os ocupantes, e fixação ISOFIX com Top Tether. Raphaela pagou R$ 46.490.

VENDAS Agora só resta esperar para ver se a coincidência registrada no Espírito Santo vai voltar a trazer bons fluidos para a Hyundai no Brasil, já que o HB20 caiu de segundo para terceiro lugar no ranking dos mais emplacados. O hatch fica atrás do Chevrolet Onix e do Ford Ka, mas de setembro para outubro registrou aumento nas vendas, subindo de 7.145 para 8.332 unidades. No acumulado do ano, o HB20 soma 85.861 unidades emplacadas, o que representa 13,9% do segmento.

As vendas do Hyundai HB20S caíram em outubro em relação a setembro, mas o modelo é o terceiro mais vendido no segmento

O HB20S, o sedã compacto, também ocupa a terceira posição no ranking dos mais emplacados, ficando atrás do agora Chevrolet Onix Plus (ex-Prisma) e o Ford Ka Sedan. O fato preocupante é que no primeiro mês de vendas da nova geração, o HB20S registrou queda, passando das 3.334 unidades registradas em setembro para 2.769 em outubro. No acumulado de janeiro a outubro, foram emplacadas 28.874 unidades do HB20S, que abocanha 11,6% de participação no segmento dos sedãs compactos.