Nissan Frontier ganha visual robusto, deixando fase ‘sem sal’ para trás

Marca japonesa acertou a mão no design da picape média, que ganhou novas versões e mais equipamentos. Interior abusa do uso de plástico duro

Nissan Frontier ganha visual robusto, deixando fase 'sem sal' para trás Marca japonesa acertou a mão no design da picape média, que ganhou novas versões e mais equipamentos. Interior abusa do uso de plástico duro

A reestilização marca a meia-vida da atual geração da picape Nissan Frontier, que foi lançada em 2017

 

De Puerto Iguazú (Argentina) – A Nissan apresentou o modelo 2023 da Frontier, picape média que acaba de passar por reestilização que marca a meia-vida desta geração, lançada em 2017. Desde 2019, a nossa Frontier é fabricada na planta de Córdoba. A picape renovada chega às concessionárias brasileiras ainda neste mês.

O visual da Frontier passou por uma verdadeira transformação. O modelo ganhou novas versões de topo, a aventureira PRO-4X e a mais sofisticada Platinum, ambas vendidas pelo mesmo preço: R$ 314.590. Já a versão de entrada continua sendo vendida por R$ 230.197.

A traseira traz lanternas em LED e modificações na tampa da caçamba e no para-choque

ROBUSTEZ No visual, o destaque é a nova grade, que toma toda a frente da picape e traz o nome do modelo gravado na moldura. Ainda contribui com o design robusto o capô marcado por vincos. Já o para-choque dianteiro ficou com visual mais agressivo, com nichos verticais para os faróis auxiliares de neblina. Para arrematar, nas versões mais caras os faróis são formados por um conjunto de quatro projetores em LED, com ganho significativo em luminosidade.

Faróis com quatro projetores em LED e sistema de tração para encarar aventuras no fora de estrada

Olhando de perfil, a caçamba da picape também ficou mais alta, harmonizando com a dianteira e elevando o volume de carga. A tampa traseira também mudou e agora traz o nome do modelo gravado em baixo-relevo. O componente recebeu um sistema que ameniza seu peso na hora de abrir ou fechar. O para-choque traseiro foi redesenhado, ganhando um rebaixo ao centro, que pode ser usado como degrau para acessar a caçamba. O compartimento de carga continua sem oferecer iluminação, mas traz tomada de 12V. As lanternas são em LED.

A Nissan Frontier é oferecida em cinco versões, com preços que vão de R$ 230.197 a R$ 314.590

O visual fica ainda melhor na versão PRO-4X, a única a receber a logomarca com fundo preto e a inscrição Nissan em vermelho. Porém, o santantônio é um acessório, com três opções de escolha. Ao menos este pacote traz de série os pneus de uso misto. Em todas as versões,  protetor de caçamba e capota marítima são acessórios. A Nissan garante que o chassi da picape recebeu reforços estruturais.

A versão Pro-4X é mais uma opção de topo de linha, que traz visual e conteúdo diferenciados

A BORDO O interior ganhou novo volante, o mesmo do Kicks, e uma telinha de sete polegadas no quadro de instrumentos, que é configurável e colorida a partir da versão Attack. Até nas versões mais caras o acabamento abusa do plástico duro, destoando do preço do modelo. Ao menos os passageiros de trás podem contar com saídas de ar-condicionado desde a versão de entrada. Porém, o assento traseiro continua muito baixo em relação ao assoalho, o que causa desconforto. Um diferencial da Frontier é o teto solar nas versões de topo.

Muito plástico duro no acabamento interno e sistema multimídia com tela de oito polegadas

CONJUNTO MECÂNICO O motor continua o mesmo 2.3 a diesel, com dois temperamentos. A configuração com apenas um turbo, disponível na versão S, de entrada, entrega 163cv de potência e 43,3kgfm de torque, com câmbio manual de seis marchas. As demais versões trazem a configuração biturbo de 190cv e 45,9kgfm, sempre com câmbio automático de sete velocidades.

O volante também é novo e conta com revestimento em couro e comandos para diversas funções

A novidade fica por conta do uso do aditivo Arla 32 como pós-tratamento dos gases do escapamento, adequando o modelo à nova fase do Proconve 7. Para o fora de estrada, todos os modelos oferecem tração 4×4 com reduzida.  A versão PRO-4X acrescenta bloqueio do diferencial traseiro, que transfere o torque para as rodas com  mais aderência. Durante o teste drive encaramos um longo trecho fora de estrada, com direito a muita lama, onde a picape mostrou seus bons atributos.

As versões de topo de linha trazem teto solar como item de série, um diferencial em relação à concorrência

A partir da versão Attack, o veículo oferece o Drive Mode, que adapta a configuração mecânica para quatro situações: modo normal, esportivo, fora de estrada e para carga ou reboque. A direção tem assistência hidráulica. O modelo também ganhou freio a disco no eixo traseiro. A marca japonesa continua enaltecendo a suspensão traseira da Frontier, que combina a configuração multilink com o tradicional eixo rígido. Os amortecedores ganharam nova calibração, voltada para oferecer mais conforto.

O painel conta com instrumentos analógicos e digitais, de fácil visualização

No quesito equipamentos, destaque para o Safety Shield, presente nas duas versões de topo, que traz funções semiautônomas de segurança: alerta de colisão frontal, alerta de atenção do motorista, assistente de prevenção de mudança de faixa, alerta de tráfego cruzado traseiro, assistente de ponto cego, assistente de farol alto, assistente de frenagem e visão 360 graus com detecção de objetos em movimento.

O câmbio automático de sete velocidades está disponível a partir da versão SE

CONHEÇA AS VERSÕES, O PREÇO E O CONTEÚDO

S – R$ 230.197

A Frontier 2023 conta com seis versões. A de entrada, S, traz de série ar-condicionado manual, controle de velocidade de cruzeiro, desembaçador do vidro traseiro, vidros elétricos, volante com ajuste de altura, faróis com máscara negra, maçanetas, retrovisores e para-choque traseiro em preto, rodas em aço de 17 polegadas, retrovisores com ajustes elétricos, airbags frontais, laterais e de cortina, controle de tração e estabilidade, controle automático de descida, bloqueio eletrônico do diferencial, luzes de rodagem diurna, assistente de partida em rampa e sistema de áudio.

SE – R$ 258.590

Acrescenta transmissão automática e rodas de liga leve.

ATTACK – R$ 263.648

Acrescenta função Drive Mode, câmera de ré, tela do quadro de instrumentos colorida, adesivos exclusivos da versão, estribos, santantônio, faróis de neblina, rack de teto, protetor de motor, retrovisores com rebatimento elétrico e luzes de direção e multimídia com tela de oito polegadas.

XE – R$ 278.942

Acrescenta sensor de chuva, chave presencial, bancos revestidos em couro e rodas de liga leve de 18 polegadas.

PRO-4X – R$ 314.590

Acrescenta bancos com acabamento exclusivo da versão, acendimento automático dos faróis, banco do motorista com regularem elétrica, ar-condicionado digital dual zone, retrovisor eletrocrômico, sensor de estacionamento traseiro, teto solar, bloqueio do diferencial traseiro, moldura da grade e maçanetas em preto, faróis em LED e rodas exclusivas de 17 polegadas.

Platinum – R$ 314.590

Acrescenta maçanetas externas e moldura da grade cromadas, frisos de porta e retrovisores na cor do veículo.

(*) Jornalista viajou a convite da Nissan do Brasil