Mini adianta o conceito de seu futuro crossover

A nova versão, batizada como Beachcomber, será exibida no Salão de Detroit, em janeiro próximo

A Mini antecipou a revelação do seu novo conceito crossover. Batizado como Beachcomber, ou “rato de praia”, o modelo será exibido no Salão de Detroit, que abre as portas ao público a partir do próximo dia 11 de janeiro de 2010. O carro serve como prévia para o tão aguardado utilitário da marca, que já apareceu em setembro de 2008 como Mini Crossover no Salão de Paris. A imagem deste novo conceito enfatiza mais a imagem de um veículo voltado para o lazer. Sem portas fixas nem teto rígido, o modelo remete ao antigo jipinho Moke de 1964, baseado sobre o Mini original de 1959.

A imagem não se afasta tanto dos novos Mini. O capô é mais elevado, e os faróis tem contornos menos arredondados, mas o carro mantém o estilo familiar aos demais modelos. Os para-lamas extra-largos e os pneus de uso-misto deixam claras as pretensões aventureiras. O ponto de destaque fica por conta do amplo contato com o ambiente exterior, proporcionado pelo batente baixo da linha de cintura, que fica quase ao mesmo nível dos quatro assentos individuais. A tração é integral, uma garantia de que o carrinho conseguirá levar o seu proprietário à aventuras fora-de-estrada, ainda que leves.

Veja mais fotos do Mini Beachcomber!

O porta-malas, com portas de abertura dividida, pode transportar objetos grandes, como uma prancha de surfe. Para tal basta retirar a porta do lado direito e rebater os bancos, todos ajustáveis longitudinalmente e removíveis. No lado esquerdo uma portinhola se faz de dublê de tampa e suporte de um “baú” para objetos, que por sua vez imita um estepe coberto – os pneus são do tipo que rodam mesmo com furos, “run flat”. Um compartimento perfeito para toalhas de praia, entre outras coisas.

Ainda não foram divulgados dados mecânicos, apenas que o crossover terá tração 4X4

No lugar de um teto convencional, o Mini Beachcomber possui uma estrutura interligada de tubos, que trazem a inscrição Mini em grandes letras vistas de cima. Caso o tempo feche, é possível colocar uma capota de lona que integra também as “portas laterais” e o vidro traseiro, com a visibilidade garantida por janelas de plástico. Mas é possível substituir esses elementos por outros, em plástico leve.

O lançamento oficial do novo carro está previsto para o segundo semestre de 2010. Será o quarto modelo da linha Mini, que inclui o original em versão hatch e conversível, o coupé e o roadster. Em julho passado a BMW, dona da marca, registrou a denominação Countryman, ou “homem do campo”, o provável nome de batismo do crossover.