Hyundai divulga imagens do novo Creta, que deverá ser lançado no fim do ano

Com visual polêmico, detalhes revelam que SUV compacto é mais parecido com modelo vendido na Rússia. No Brasil, deverá ser equipado com motor 1.0 turbo

Hyundai divulga imagens do novo Creta, que deverá ser lançado no fim do ano Com visual polêmico, detalhes do SUV são mais parecidos com a versão vendida na Rússia. SUV compacto deve ser lançado no Brasil até setembro com motor 1.0 turbo

A Hyundai revelou apenas detalhe da silhueta do SUV compacto fabricado no interior de São Paulo

 

Depois de a nova geração do Creta ter sido flagrada no Brasil pelo fotógrafo Stefano Saraceni, do perfil @carsbysfs no Instagram, a Hyundai resolveu divulgar um vídeo e fotos revelando parcialmente detalhes do modelo que será fabricado em Piracicaba (SP). De acordo com a montadora, o novo Creta surpreenderá pelos itens de tecnologia, “alguns ainda inéditos no segmento de SUVs”.

As imagens divulgadas pela Hyundai não revelam explicitamente o novo Creta 2022, mas confirmam que o modelo fabricado no Brasil é mais parecido com o feito na Rússia. A montadora divulga um vídeo de cerca de um minuto em seus canais digitais no YouTube, Facebook, Instagram, e em uma página exclusiva em seu website.

A nova geração do Hyundai Creta, modelo 2022, traz faróis full LED…

…e luz diurna também em LED, modernizando o conjunto óptico do SUV compacto

A central multimídia blueNAV tem tela de 10,25 polegadas, navegação nativa e conexão para Apple Car Play e Android Auto

 

A marca destaca no vídeo e nas fotos os recursos de conectividade com o Hyundai Bluelink, a assinatura das luzes diurnas em LED e dos faróis full LED. A central multimídia blueNAV tem tela de 10,25 polegadas, navegação nativa e conexão para Apple Car Play e Android Auto.

Com o Hyundai Bluelink o motorista conecta o celular ao carro e tem em mãos vários comandos

O painel digital colorido tem tela de sete polegadas e reproduz imagem do ponto cego

O volante multifuncional tem desenho esportivo e traz aletas para mudança de marchas

O SUV compacto traz ainda freio de estacionamento eletrônico, ativado por meio de um simples toque de botão, painel digital colorido com tela de sete polegadas, aletas para troca de marchas no volante multifuncional e câmera para monitoramento de ponto cego, que amplia o campo de visão do condutor, aumentando a segurança nas mudanças de faixa.

A nova geração do SUV compacto terá novas opções de desenho das rodas de liga leve

Com o Hyundai Bluelink o motorista consegue dar partida remota e acionar o ar-condicionado

O modelo terá freio de estacionamento eletrônico, auto hold e ventilação nos bancos dianteiros

Outro recurso presente na nova geração do Creta é o Hyundai SmartSense, um pacote de segurança que reúne sistema de frenagem autônomo, assistente de permanência em faixa e controle de velocidade adaptativo. A Hyundai não confirma o lançamento em setembro, mas indica que as vendas devem começar no fim deste ano. A montadora promete revelar outras características do modelo nas próximas semanas em seus canais digitais.

Flagra do novo Hyundai Creta em ruas brasileiras

FLAGRA A nova geração do Hyundai Creta foi flagrada no Brasil pelo fotógrafo Stefano Saraceni, do perfil @carsbysfs no Instagram. O modelo estava na rua sem qualquer camuflagem, aparentemente para a gravação de um comercial. Seu visual causou estranhamento quando foi lançado no mercado chinês, em 2019, seguido pela Índia, em 2020, e Rússia, em junho. Atualmente, dois anos depois, suas linhas originais só aumentam a expectativa quanto ao lançamento no Brasil, previsto para o fim do ano.

Flagra do novo Hyundai Creta em ruas brasileiras

O registro fotográfico revela que o novo Hyundai Creta brasileiro se aproxima mais do modelo vendido na Rússia, com a grade maior e mais cromada, porém com uma fenda dividida em três partes em sua base. A unidade flagrada também tinha grade em formato de colmeia.

Flagra do novo Hyundai Creta em ruas brasileiras

Como na versão russa, a traseira do Creta nacional não conta com o elemento em preto brilhante, com brake-lights integrado, que liga as lanternas, item presente na China, onde o modelo é denominado ix25. Também como no modelo russo, no lugar desse elemento, a tampa traseira tem um ressalto para quebrar a monotonia das linhas.

Compare a dianteira do Hyundai Creta recém-lançado na Rússia…
…com a dianteira do modelo vendido na China, onde é denominado ix25

CONJUNTO ÓPTICO No mais, a nova geração do Creta segue a linha geral das demais regiões. O destaque é o conjunto óptico que forma uma assinatura luminosa bastante distinta e tecnológica, com os faróis divididos em três elementos (com luzes de rodagem diurna, faróis baixo e alto), luzes complementares no para-choque e lanternas também divididas em três elementos.

Traseira do Creta vendido na Rússia…
… é um pouco mais simples que a comercializada na China desde 2019

As caixas de roda volumosas, o capô alto, a grade ampla e o para-choque vincado conferem visual robusto. As laterais trazem linha de cintura elevada, molduras nas caixas de roda e vincos que deixam o modelo “musculoso”. A coluna A é bem inclinada e as colunas pintadas em preto dão o efeito de teto flutuante. Já a traseira tem spoiler de teto e antena tipo barbatana de tubarão.

Interior do Hyundai Creta vendido no mercado russo

O interior do novo Creta também deve seguir os passos do modelo russo. As versões mais caras devem oferecer quadro de instrumentos digital configurável, bancos revestidos em couro e console central com descansa-braço integrado. A Hyundai já confirmou que o modelo terá a opção de tela de 10,25 polegadas para a nova central multimídia.

 

MOTORIZAÇÃO O atual motor 1.6 flex, com até 130cv de potência e 16,5kgfm de torque, cede espaço para o três-cilindros 1.0 turbo flex, de 120cv e 17,5kgfm, já usado pelo HB20. Há quem aposte que o beberrão 2.0 flex aspirado, com até 166cv e 20,5kgfm, continuará em linha para as versões mais caras.

Apesar de estar no fim da linha, a primeira geração do Hyundai Creta está bem posicionada no segmento dos SUVs compactos ao longo de 2021, atrás apenas do líder Jeep Renegade. Existem rumores de que a atual geração vai coexistir com a nova por algum tempo, com motor 1.6 e câmbio automático, talvez até que as pessoas se acostumem com as linhas polêmicas da segunda geração do modelo. O novo Creta continuará a ser fabricado no Brasil, na planta de Piracicaba (SP).