Honda revela imagens oficiais da nova geração do HR-V, com visual de cupê

Crossover ganha visual mais encorpado e atlético, com detalhes esportivos e conjunto óptico caprichado. Interior tem visual limpo, agora com velocímetro digital

Honda revela imagens oficiais da nova geração do HR-V, com visual de cupê Crossover ganha visual mais encorpado e atlético, com detalhes esportivos e conjunto óptico caprichado. Interior tem visual limpo, agora com velocímetro digital

Após imagens de patente e flagras de veículos camuflados em teste virem à tona, finalmente ele apareceu oficialmente! A Honda apresentou no Japão a nova geração do HR-V, que naquele mercado se chama Vezel. Já não haviam dúvidas de que o SUV teria visual de cupê, caracterizado pela traseira com “queda” mais suave.

O capô longo e alto define a linha de cintura elevada e plana do modelo, arrematado por uma traseira mais curta. A coluna A tem uma inclinação bastante acentuada. Com vincos bem marcados por toda a carroceria e o para-choque dianteiro esculpido, o modelo ganhou aparência mais musculosa e atlética.

Já os faróis afilados, com a iluminação diurna integrada na parte superior, dão cara de mau ao novo HR-V. A grade hexagonal tem filetes na cor da carroceria, e, apesar de ter crescido, flui melhor no painel dianteiro. Já a grade inferior é mais tradicional, com trama de losangos em preto brilhante, tendo os faróis auxiliares em LED nas extremidades.

A traseira é elegante, com lanternas esguias em LED ligadas por uma faixa (aparentemente luminosa) vermelha que contêm a logomarca da Honda ao centro. O nicho da placa está posicionado mais abaixo da tampa do porta-malas. O spoiler de teto é discreto, mas, junto à antena tipo barbatana de tubarão, reforça a esportividade.

As laterais mantiveram a maçaneta camuflada junto à coluna C e as caixas de rodas emolduradas por apliques em plástico. Já as rodas continuam muito pouco atraentes. Mesmo com a apresentação oficial, o modelo só será lançado no Japão em abril, e suas dimensões são foram reveladas, persistindo a dúvida se o SUV permanece rodando entre os compactos ou vai brigar entre os médios.

DENTRO As imagens do interior do novo HR-V também foram reveladas. Nossa maior preocupação não era nem se o veículo oferecia volante, mas ficamos bastante aliviados em constatar que o quadro de instrumentos agora traz o velocímetro digital. A tela de 9 polegadas do sistema multimídia é flutuante, o que permitiu um painel com design mais fino e elegante. O banco traseiro conta com saídas do ar-condicionado. Ainda não há informação sobre o espaço do porta-malas, que atualmente conta com volume de 393 litros.

HÍBRIDO? O modelo apresentado conta com motorização híbrida, formada por um motor 1.5 a combustão interna e outro elétrico, mas os números de torque e potência ainda não foram revelados. Porém, não espere por esse conjunto no Brasil, onde o novo HR-V deve usar de forma ampla o motor 1.5 turbo que atualmente equipa apenas a versão de topo. A novidade é que este propulsor será flex, o que deve render mais alguns cavalos de potência que os 173 atuais. O câmbio continuará sendo automático tipo CVT.

O cronograma original de lançamento do novo HR-V foi comprometido pela pandemia do coronavírus. Por este motivo, não espere ver o modelo circulando pelas ruas brasileiras antes do segundo semestre de 2022. O desenvolvido do crossover, identificado junto aos fornecedores como Projeto NES, está sendo feito em parceria entre as equipes de engenharia dos Estados Unidos, Japão, China e Brasil.