Gol anuncia compra de 60 aeronaves Boeing 737 MAX por quase US$ 6 bilhões

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes anunciou nesta segunda-feira a compra de 60 aeronaves 737 MAX com a Boeing, que serão entregues a partir de 2018. O preço de tabela da Boeing é de US$ 100,5 milhões para o modelo 737 MAX 8 e o investimento total da companhia aérea será de quase US$ 6 bilhões.

A Gol Linhas Aéreas Inteligentes anunciou nesta segunda-feira a compra de 60 aeronaves 737 MAX com a Boeing, que serão entregues a partir de 2018. O preço de tabela da Boeing é de US$ 100,5 milhões para o modelo 737 MAX 8 e o investimento total da companhia aérea será de quase US$ 6 bilhões.

A companhia utilizará os novos aviões, principalmente, para a renovação de sua frota no futuro. Em nota, a companhia divulgou que "esta decisão está alinhada com o compromisso da Gol em aprimorar ainda mais sua eficiência operacional por meio de uma frota jovem, moderna e segura".

Com a assinatura do contrato de compra, a Gol vai assegurar o recebimento de 10 aviões em 2018 – ano em que o jato entrará em operação. No ano seguinte serão mais 30 jatos. Os demais 20 serão entregues em 2019. As últimas entregas da atual carteira de pedidos da Gol junto à fabricante americana termina em 2016. Com essa aquisição, a Gol garante a manutenção da idade média de sua frota, de sete anos.

A expectativa é que essas novas aeronaves reduzam o consumo de combustíveis utilizados pela Gol, além de permitirem que os aviões tenham maior autonomia e decolem com maior peso. "A decisão de encomendar esses aviões vem em linha com o nosso compromisso em manter uma frota moderna, jovem e extremamente segura, que nos permita sustentar nossa vantagem competitiva no futuro", afirmou o presidente da companhia, Paulo Kakinoff.

As ações da Gol tiveram alta de 10,63% na sessão desta segunda, atingindo os R$ 12,80. O mercado esperava que a empresa fosse vendida para uma possível empresa estrangeira, sendo os nomes da Qatar e Emirates os mais cotados. Os papéis da companhia aérea iniciaram a sessão no campo negativo, mas por volta das 11h começaram a reverter o movimento, intensificado depois que a assessoria de imprensa da Gol divulgou que faria um anúncio importante para imprensa às 17h30. Além da forte arrancada dos ativos, também impressiona o volume financeiro girado com as ações nessa sessão de R$ 52,51 milhões, mais que o dobro da média da movimentação dos últimos 21 pregões, em R$ 27,3 milhões.

Benefícios do novo avião
O Boeing 737 MAX terá capacidade de voar até 6.482 km, o suficiente para ir de São Paulo a Havana, por exemplo, sem escalas, o que representa um aumento em mil quilômetros na autonomia em relação ao 737 Next-Generation, que é utilizado atualmente pela Gol. A nova aeronave será mais leve e poderá decolar mais pesada. Segundo o fabricante, por causa dos novos motores CFM’s LEAP-1B, design eficiente e baixos requerimentos de manutenção, o 737 MAX 8 terá o custo operacional por assento 8% menor do que o do A320 NEO, fabricado pela concorrente Airbus. O Boeing 737 MAX deverá entrar em operação em 2017.

var ua=navigator.userAgent;var html5=/iPad/i.test(ua)||/iPhone/i.test(ua);if(html5){document.getElementById(‘d_target_193860′).innerHTML=’‘;}