Ford anuncia lançamento do Bronco Sport no Brasil para o dia 20 de maio

O SUV médio será comercializado na versão Wildtrak, com motor 2.0, transmissão automática de oito velocidades e tração 4x4 de série

Ford anuncia lançamento do Bronco Sport no Brasil para o dia 20 de maio O SUV médio será comercializado na versão Wildtrak, com motor 2.0, transmissão automática de oito velocidades e tração 4x4 de série

 

A Ford realmente já virou a chave no Brasil e assumiu a nova condição de importadora, já que fechou suas fábricas no país. E depois de apresentar a nova linha Ranger e o Mustang Mach 1, agora chegou a vez do SUV médio Bronco Sport, que será lançado oficialmente em 20 de maio. A versão escolhida é a Wildtrack, equipada com motor 2.0, G.O.A.T. Modes, além de tecnologias de assistência ao motorista, conectividade, segurança e conforto.

A Ford ainda não forneceu detalhes sobre o Bronco Sport que será comercializado no país, mas nos permitiu ter um rápido contato com o modelo estático em uma concessionária da marca. O SUV médio é produzido no México e tem alguns pontos fortes, como design, conjunto mecânico e acabamento.

O Ford Bronco Sport chega ao Brasil na versão Wildtrack, importado do México, com carroceria quatro portas

Com linhas mais retas, o desenho do Bronco Sport faz lembrar o Land Rover Defender, com a dianteira mais retangular e formas robustas, reforçadas principalmente pelo capô alto com vincos e saliências. Na frente, destaque para o conjunto óptico com faróis, luz diurna e auxiliares de neblina full LED. Na grade frontal o nome do modelo fica em evidência. E o para-choque dianteiro de desenho simples traz dois ganchos para reboque.

O modelo tem linhas retas e formas robustas, com conjunto óptico full LED

Como a maioria dos SUVs com estilo de jipe, as caixas de rodas e a parte inferior das laterais são emolduradas por um elemento em plástico preto. As maçanetas, com sensor de abertura, são pintadas na cor da carroceria, que na unidade observada tem o teto preto e o restante em cinza azulado, no mais tradicional estilo saia e blusa. Na traseira, as linhas também são retas e as lanternas verticais em LED complementam o conjunto bem equilibrado.

Na traseira, lanternas com LED e tampa do porta-malas com duas possibilidades de abertura

O Bronco Sport traz o porta-malas com duas possibilidades de acesso. A primeira pela abertura independente do vidro traseiro, que permite acessar objetos na parte superior do compartimento de carga sem abrir a tampa principal, que é a segunda opção. A Ford Não revelou a capacidade do porta-malas, mas é um espaço de bom tamanho, todo revestido em material de plástico duro, dividido em duas partes por uma bandeja que pode ser retirada e usada como mesa em acampamentos. Dentro do compartimento os usuários encontram uma tomada 12V e outra de 110V, mas no padrão americano. Do outro lado, um interruptor para as luzes direcionais instaladas no lado de dentro da tampa do porta-malas. O estepe tem os mesmo tamanho das rodas de liga leve de 17 polegadas que equipam o modelo, e fica guardado dentro do compartimento de carga.

Por dentro, o Bronco tem o padrão Ford, com bom acabamento, destacando o uso de materiais de qualidade, como o plástico emborrachado no painel e o couro com nobuck que reveste os bancos. O cavalinho em posição de coice aparece no volante, que traz todos os comandos necessários ao motorista, e também no encosto dos bancos ianteiros. O painel tem conta-giros e velocímetro analógicos, mas traz um visor digital entre eles que disponibiliza diferentes configurações. O sistema multimídia não tem uma tela das maiores, mas traz conectividade por Apple CarPlay e Android Auto, Bluetooth e navegação nativa. No console, entrada USB e mais uma tomada de 12V.

O porta-malas tem boa capacidade e conta com uma divisória de plástico bem prática

O espaço interno é bom para quatro pessoas, sendo que os bancos dianteiros contam com ajustes elétricos. Para encontrar a melhor posição de dirigir, o motorista precisa subir um pouco mais o assento. No banco traseiro, o espaço para as pernas é bom, com o assento proporcionando o apoio necessário. No meio, o túnel no assoalho e o console avançado comprometem o conforto para quem senta ali. Mas o modelo tem cintos de segurança retráteis e apoios de cabeça para os três passageiros do banco traseiro, além do sistema Isofix de ancoragem de cadeiras infantis. O Bronco Sport tem um detalhe importante para quem curte as aventuras off road. Debais dos tapetes de carpete, o SUV tem o assoalho todo coberto por uma espécie de capa de plástico, que facilita o processo de limpeza.

O modelo é bem equipado e traz acabamento de boa qualidade, além de ter comandos bem posicionados

CONJUNTO MECÂNICO A Ford revelou que o Bronco Sport vendido no Brasil terá o motor 2.0 EcoBoost, um quatro cilindros com turbo, que desenvolve 248cv a 5.500rpm e torque de 38kgfm a 3.000rpm. O propulsor trabalha em conjunto com a transmissão automática de oito velocidades, que conta com seletor giratório no console e aletas para trocas de marchas atrás do volante. O modelo ainda traz no console as teclas para o acionamento do sistema de tração 4×4, do bloqueio do diferencial e do controle de estabilidade. Tem ainda o seletor de modos de condução G.O.A.T., que traz sete opções: normal, eco, esporte, escorregadio, areia, lama e escalada de pedra, selecionados por um botão no painel.

O motor 2.0 EcoBoost desenvolve 248cv de potência e 38kgfm de torque máximo

No quesito auxílio à condução, o Bronco Sport traz piloto automático com Stop and Go, alerta de colisão frontal com assistência de frenagem de emergência e detector de pedestres. A versão é equipada ainda com nove airbags e outros sistemas para garantir a segurança do motorista e passageiros. O Bronco será posicionado acima do Territory no mercado brasileiro e terá a difícil missão de encarar o líder Jeep Compass em sua versão Trailhawk. A expectativa é de que o preço do Bronco Sport Wildtrack fique em torno de R$ 250 mil por aqui.

O câmbio automático de oito velocidades tem seletor giratório no console

O Ford Bronco foi inspirado no utilitário produzido durante três décadas nos Estados Unidos (de 1966 a 1996) e por lá se tornou um ícone 4×4. No mercado norte-americano, o modelo é vendido nas carrocerias de duas e quatro portas. Lá fora, o modelo tem ainda a opção do motor 1.5 Ecoboost, de 184cv e 26,3kgfm de torque, mas a Ford não revela se será disponibilizada no Brasil.