UAI

Fiat revela interior do Pulse, 'SUV' compacto que será lançado em setembro

Versão de topo vai trazer volante de base achatada, quadro de instrumentos digital e tela flutuante de 10 polegadas, mas falta um console central para convencer

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Fiat revela interior do Pulse, 'SUV' compacto que será lançado em setembro
Leilão acontecerá no dia 17 de novembro Fotos: RM Sotheby’s/Divulgação

A Fiat revelou imagens do interior do Pulse, seu novo crossover compacto que deve ser lançado em setembro. As fotos revelam um volante idêntico ao do Argo, de base achatada, mas com o miolo novo, com sua nova logomarca. No que parece ser a versão de topo, é possível identificar que o painel exclusivo terá diferentes texturas e conta com um elemento cromado “cortando” toda a sua extensão.

Por aí já dá para apostar que o plástico duro vai imperar no modelo, aliás, como é costume no segmento de “SUVs” derivados de hatches compactos. Outra coisa que demonstra que o Pulse não passa de um compacto aventureiro é o pequeno nicho da alavanca de câmbio onde deveria ter um belo console central.

Outro destaque é o quadro de instrumentos digital de 7 polegadas personalizável. Já a tela do sistema multimídia será flutuante horizontal de 10 polegadas, provavelmente na versão mais cara. O fabricante já havia revelado que o Pulse traria como opção o Fiat Connect Me, uma plataforma de serviços conectados que pode ser acessada por smartphone e smartwatch.

As imagens também entregam alguns conteúdos presentes na versão de topo do crossover, como retrovisores eletricamente ajustáveis e rebatíveis, assistente de faixa de rodagem, ar-condicionado digital, chave presencial, partida remota e bloqueio de diferencial eletrônico. O volante traz um botão Sport em vermelho, que deve ajustar os parâmetros do veículo (peso da direção, resposta do acelerador e gestão do câmbio) para uma “tocada” mais emocionante.

O que já sabemos sobre o novo Fiat Pulse?


O Pulse foi construído sobre a nova plataforma veicular MLA, produzida em Betim, preparada para receber o novo motor turbo e sistemas de auxílio à condução. Com ele, a Fiat entra no segmento dos “SUVs” e afirma que se trata de um projeto totalmente novo. Mas não há como não notar as semelhanças do modelo com o hatch compacto Argo. A distância entre-eixos do Pulse foi revelada hoje, 2,53 metros, um centímetro a mais que o Argo.

As linhas são muito parecidas com o Argo, com algumas mudanças na grade, para-choque dianteiro e capô mais alto e vincado. Na traseira, um elemento novo na parte inferior do para-choque é o destaque, já que as lanternas têm o mesmo desenho. Visto de lado o modelo pode ser confundido com o Argo Trekking, com a suspensão mais alta e molduras nas caixas de rodas. Em resumo, o Pulse mais parece um Argo anabolizado com alguns detalhes para diferenciar do hatch compacto.

Destaque também para o novo motor 1.0 12V Firefly turbo flex, desenvolvido e produzido na fábrica de Betim, que terá potência aproximada de 130cv com etanol, e poderá ser associado a um câmbio automático de seis marchas, sempre nas versões de topo de linha. Já o 1.3 aspirado, que já é usado no Argo e tem potência de 109cv e 14,2mkgf de torque, será disponibilizado nas versões de entrada, com câmbio manual ou do tipo CVT.

O crossover terá ainda alguns sistemas de auxílio à condução, como frenagem automática de emergência. A Fiat não revelou ainda os preços do novo produto, mas sabe-se que ele deverá ser posicionado abaixo do Jeep Renegade, para evitar canibalização. Diante disso, e como a versão mais em conta do SUV compacto da Jeep parte de R$ 93 mil, a expectativa é de que os preços do Pulse fiquem entre R$ 80 mil e R$ 110 mil.