Confira os detalhes do novo Jeep Commander, o ‘Compass de sete lugares’

Com lançamento previsto ainda para 2021, SUV foi desenvolvido no Brasil e será fabricado na planta de Pernambuco. Prévia revela interior bastante requintado

Confira os detalhes do novo Jeep Commander, o 'Compass de sete lugares' Com lançamento previsto ainda para 2021, SUV foi desenvolvido no Brasil e será fabricado na planta de Pernambuco. Prévia revela interior bastante requintado

 

 

A Jeep divulgou um vídeo que revela o interior do inédito modelo Commander. Trata-se de um SUV de sete lugares que será fabricado na planta de Goiana (PE), o quarto produto do grupo Stellantis produzido no país, junto com o Jeep Renegade, Jeep Compass e Fiat Toro.

O breve vídeo de 40 segundos mostra que o painel do novo SUV é o mesmo do Compass, que acaba de ser remodelado e melhorou muito o seu interior. A diferença está no acabamento, que ficou bem mais refinado que o SUV médio. O aplique em couro sintético no painel dá lugar a um suede marrom “cortado” por uma costura, no que deve ser a versão de topo do novo utilitário-esportivo.

Uma moldura em tom de bronze dá acabamento final ao painel, mesmo material presente no console central, que traz descansa-braço forrado em couro preto com a inscrição “Jeep 1941” em baixo-relevo, uma alusão à origem da marca, que surgiu durante a Segunda Grande Guerra.

O veículo oferece um quadro de instrumentos totalmente digital e configurável, com uma animação de abertura que traz o nome do modelo. A tela do sistema multimídia Uconnect 5 tem 10,25 polegadas. Também é possível notar que a versão de topo conta com teto solar panorâmico. No informativo à imprensa, a Jeep promete amplo espaço e conforto para até sete passageiros.

Os bancos trazem couro marrom com costura em losango ao centro, além de suede nas laterais. Os passageiros da segunda fileira terão à disposição saída de ar-condicionado e tomadas USB. Já a terceira fileira de bancos é bipartida, podendo ser rebatidos de forma independente para ampliar o porta-malas.

Classificado pela marca como um “SUV Premium de grande porte”, o Commander tem o lançamento marcado ainda para este segundo semestre de 2021. De acordo com a Jeep, o modelo “está sendo desenvolvido desde o início no Brasil, mas trará conceito global e será exportado para outros países latino-americanos”.

Serão duas opções de motor. As versões de entrada virão equipadas com o novo motor 1.3 turbo flex, com até 185cv de potência e 27,7kgfm de torque, e câmbio automático de seis marchas. As mais caras trarão o motor 2.0 diesel retrabalhado, ganhando mais potência e torque, especula-se até´200cv, e a transmissão com nove velocidades e tração 4×4.

A plataforma do Commander será a mesma usada pelos demais modelos nacionais da Jeep. O entre-eixos terá cerca de 15 centímetros a mais que o do Compass, algo em torno de 2,78 metros, quase igual a um Volkswagen Tiguan Allspace.  

Apesar da semelhança com o Compass, o Commander terá elementos visuais exclusivos como faróis, grade, para-choque e capô. A traseira, sim, será bem diferente, com balanço maior, lanternas horizontais e arremates mais quadradões.