Chevrolet anuncia pré-venda do novo Bolt EV por R$ 317 mil

Os clientes que fizerem a compra agora vão ganhar um carregador de 7,4 kVA de potência, que recupera 40 quilômetros de autonomia a cada hora de recarga

Chevrolet anuncia pré-venda do novo Bolt EV por R$ 317 mil Os clientes que fizerem a compra agora vão ganhar um carregador de 7,4 kVA de potência, que recupera 40 quilômetros de autonomia a cada hora de recarga

A Chevrolet anunciou a pré-venda do novo Bolt EV no Brasil, em versão única Premier, a partir de R$ 317 mil. A compra pode ser feita pelo site www.chevrolet.com.br/bolt-pre-venda, sendo que a entrega já está prevista para setembro de 2021, quando o modelo será lançado oficialmente por aqui. O sinal é de R$ 5 mil.

Os clientes que fizerem essa compra antecipada do primeiro lote vão ganhar um carregador, com 7,4 kVA de potência, homologado pela Chevrolet. Esse wallbox permite recuperar autonomia de 40 quilômetros a cada hora de carga. Outras vantagens serão o uso por um ano dos pacotes Protect e Connect do sistema OnStar, um ano de Wi-Fi de 20 GB por mês e 14 mensalidades do dispositivo Veloe.

Já o preço praticado no Brasil ficou além das expectativas. O Bolt “antigo” era vendido por R$ 262 mil, portanto, o acréscimo foi de R$ 55 mil. A gente sabe que o dólar está bem valorizado (ou é o Real que está desvalorizado?), mas no mercado americano a Chevrolet fez o inverso, baixou 5 mil dólares no preço inicial que vinha sendo praticado.

DESIGN O visual do Bolt EV passou por uma reestilização, ganhando linhas mais fluidas, faróis afilados e laterais vincadas. A traseira ficou bem mais interessante, com os faróis horizontais fazendo parte de um aplique em preto logo abaixo da linha do vidro. As dimensões são 4,14 metros de comprimento, 2,60m de entre-eixos, 1,76m de largura e 1,61m de altura. O veículo pesa 1.628 quilos, mas 430 quilos correspondem apenas ao conjunto de baterias.

DENTRO O interior também foi revisto, ganhando um visual mais comum. Então, onde no painel havia plástico de toque suave e um material parecido com fibra, agora ganha revestimento em couro. O volante com base achatada tem a logomarca da Chevrolet em preto. Já a tela do sistema multimídia agora é de 10 polegadas. O quadro de instrumentos continua a ser digital.

Uma mudança grande foi a alavanca de câmbio tipo joystick, que agora passa a ser por botões no console central. Como na versão que testamos, o volume declarado de 470 litros do porta-malas do Bolt EV continua parecendo superdimensionado, o que leva a imaginar que a medição é feita até o teto.

ELÉTRICO Sob o capô, o motor elétrico tem 203cv de potência e 36,7kgfm de torque. O Bolt conta com sistema de frenagem regenerativa. As baterias de íon-lítio têm densidade energética de 65kw/h, o suficiente para dar autonomia de 416 quilômetros. A recarga completa das baterias em uma tomada de 220V é feita em aproximadamente 7 horas, enquanto em uma estação de recarga rápida bastam 30 minutos para recuperar cerca de 160 quilômetros de autonomia.

SUV Em um segundo momento, também podemos esperar no Brasil pela nova variante SUV do Bolt. O Bolt EUV (Electric Utility Vehicle) tem linhas parecidas com as do hatch (ou monovolume), mas é um pouco maior: 4,30m de comprimento, 2,67m de entre-eixos, 1,77m de largura e 1,61m de altura. Seu conjunto propulsor é o mesmo do Bolt EV.