UAI

Com os chineses no topo, carros elétricos disparam em setembro; confira os mais vendidos

BYD vem liderando o crescimento dos EVs no Brasil

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
BYD foi a marca de eletrificados com maior número de emplacamentos em 2024
BYD foi a marca de eletrificados com maior número de emplacamentos em 2024 Foto: Reprodução

Em setembro, 1.830 carros elétricos foram vendidos no Brasil, de acordo com a Associação Brasileira do Veículo Elétrico (ABVE). O número parece tímido se tomarmos os veículos a combustão como referência, mas, pensando somente no mercado dos eletrificados, é bastante significativo: além de ser 56,8% maior que o volume de agosto, quando 1.167 EVs foram vendidos, representa o recorde de comercializações da categoria para um único mês. E qual foi a marca por trás disso? A chinesa BYD?

Sim, no ranking dos 10 carros elétricos mais vendidos de setembro, BYD Dolphin ficou em primeiro lugar, somando 1.036 emplacamentos – mais que a soma dos emplacamentos de todos os outros modelos da lista. Isso confirma, claramente, o protagonismo da montadora chinesa, em relação às demais que apareceram no ranking, na conquista do recorde de setembro.

Logo abaixo do Dolphin, ficou outro modelo da BYD: o SUV Yuan Plus, com 145 vendas. Outro veículo da marca chinesa que também entrou para o Top 10 foi o Seal, que ficou em 4° lugar, registrando 68 emplacamentos.

Confira o ranking completo dos carros elétricos mais vendidos de setembro:

ModeloVendas
1º) BYD Dolphin1.036
2º) BYD Yuan Plus145
3º) Volvo XC4075
4º) BYD Seal68
5º) Volvo C4065
6º) JAC E-JS157
7º) Renault Kwid E-Tech54
8º) Nissan Leaf49
9º) BMW iX130
10º) Audi Q8 e-tron26
Fonte: ABVE

O sucesso do Dolphin foi tão evidente que ele se destacou, inclusive, no ranking geral dos veículos mais vendidos no mês passado, tendo ocupado a 43ª posição, de acordo com dados da Fenabrave.

Além disso, vale lembrar que o destaque da BYD, certamente, tem relação com o Electric Day, ação realizada pela marca em 23 de setembro. No dia, a chinesa bateu um recorde, vendendo 603 carros elétricos e híbridos no total – o maior volume diário de vendas de EVs já registrado no país.

Demanda por carros elétricos chineses tem crescido no Brasil

De certa forma, os carros elétricos ainda enfrentavam uma certa resistência no mercado brasileiro em função de seus preços assombrosamente maiores que os dos veículos a combustão.

No entanto, montadoras chineses, como GWM e a BYD, têm ressignificado esse cenário: com seus recentes lançamentos, elas têm "sacudido" o mercado dos EVs, oferecendo novas opções mais acessíveis. Este é o caso justamente do líder BYD Dolphin, que chegou em junho por R$ 149.800. No caso da GWM, a marca também lançou recentemente o Ora 03, um elétrico com preço inicial de R$ 150 mil.

Outras marcas chinesas que também oferecem carros elétricos mais em conta no Brasil são a Jac Motors e a Caoa Chery. A primeira, inclusive, vende o carro elétrico mais barato do país: o iCar por R$ 119.990. A Jac, o segundo mais barato: o E-JS1 por R$ 139.900.

  • Confira os vídeos do VRUM nos canais do YouTube e Dailymotion: lançamentos, testes e dicas