Bravo aparece

Fiat mostra, pela primeira vez, o substituto do Stilo. Novo hatch vai ser lançado na primeira metade do ano que vem

Desenho do Bravo sofreu forte influência do Grande Punto

A Fiat divulgou, oficialmente, as primeiras fotos do Bravo, modelo que chega para substituir o Stilo na Europa. Ele vai ser apresentado oficialmente em Roma, na Itália, no dia 29 de janeiro de 2007, e começa a ser vendido ainda no primeiro trimestre do ano que vem.

Desenvolvido pelo centro de design da Fiat, o Bravo segue as mesmas linhas do Grande Punto, porém mais “musculosas”. Seu desenho é esportivo e marcante. Ele mede 4,34 m de comprimento, 1,79 m de largura, 1,49 m de altura e tem 2,60 m de distância entre-eixos. Em relação ao Stilo vendido no Brasil, o novo hatch é 9 cm mais longo, 4 cm mais alto e 5 cm mais alto. O entre-eixos ficou o mesmo. Já o porta-malas cresceu 20 l, totalizando 400 l. Outra novidade em torno do Bravo é a estréia do novo logotipo da Fiat. Ele terá o nome da marca escrito sobre um escudo avermelhado, envolvido por um círculo branco.

Traseira tem estilo mais “limpo” e ousado em relação ao Stilo. Já as linhas do hatch são esportivas. O Bravo será o primeiro modelo da marca a ter o novo logotipo da Fiat

De acordo com a montadora italiana, cinco motores estarão disponíveis para o modelo, sendo três a gasolina e dois a diesel. O primeiro deles é o 1.4 a gasolina, que desenvolve 90 cv de potência. Esta mesma motorização também poderá ser encontrada na versão T-JET turboalimentada com duas potências diferentes: 120 cv e 150 cv. Os dois a diesel tem a mesma cilindrada: 1.9 Multijet, de 120 cv e 150 cv.

Bravo no Brasil

Em 2001, o Bravo quase passou a ser vendido no Brasil. Porém, dois motivos principais o impediram de desembarcar por aqui. O primeiro foi a cotação do dólar em relação ao real, que, na época, tornaria o carro caro demais para o segmento. O outro foi o fato do veículo ter apenas duas portas. Os motoristas brasileiros têm preferência por modelos quatro portas.

Em relação ao novo Bravo, a chance para ele ser vendido no mercado nacional nos próximos anos existe, mas nada foi confirmado oficialmente pela fábrica. A Fiat está focada no no lançamento do Grande Punto, primeiramente na versão hatch. O sedã chega não muito tempo depois. Caso o modelo seja um sucesso de vendas no Brasil, não será surpresa se o Bravo comece a ser vendido por aqui. O Stilo nacional deve ser comercializado no Brasil por, no mínimo, mais dois anos.