UAI
Mini a combustão

Novo Mini Cooper será a combustão, mas não traz diferença no visual

Novo Mini Cooper é anunciado com motor a gasolina após ser apresentado em Salão de Munique em versão elétrica

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Novo Mini Cooper terá motor a combustão
Novo Mini Cooper terá motor a combustão Fotos: Mini/Diulgação

A nova geração do Mini Cooper já havia sido revelada meses atrás durante o Salão de Munique, na Alemanha, mas apenas em versões elétricas. Agora, o compacto foi apresentado com opções a gasolina, mostrando que o grupo BMW ainda não deixou de lado os motores a combustão.

O carro será vendido nas configurações padrão Cooper e Cooper S. A maior novidade é realmente o motor a combustão, já as mudanças no design não foram significativas. Má notícia para os puristas é o fim da oferta do câmbio manual.

Componentes mecânicos do novo Mini Cooper

Mini Cooper azul visto pela traseira em fundo branco esfumaçado.
Novo Mini Cooper terá diferenças na motorização em alguns mercados Foto: Mini/Divulgação

Nos Estados Unidos, ambas as versões serão equipadas com motores 2.0 de quatro cilindros. O novo Cooper S terá 201cv de potência e 30,5kgfm de torque fazendo com que o carro vá de 0 a 96km/h e, 6,3 segundos. Já as especificações do Cooper básico ainda não foram divulgadas.

Em mercados como Austrália e Europa, o novo Cooper básico vem equipado com motor de três cilindros com 156cv e 23,5kgfm de torque. Outras informações dos componentes mecânicos também foram anunciadas como o sistema de suspensão e amortecimento projetados para agilizar o manuseio.

De acordo com a Mini, o novo Cooper também terá “freios potentes”, mas as especificações não foram faladas. A marca confirmou que as versões a combustão serão oferecidas apenas com câmbio automático.

Especificações do novo Mini Cooper

A parte de design não há novidades. Mudanças foram feitas nas grades dianteiras, que ficaram maiores. Os faróis são os mesmos da versão elétrica: possuem luzes diurnas circulares de LED, enquanto, na parte traseira, o modelo recebe as já conhecidas lanternas de matriz triangular.

Interior do Mini Cooper com tela OLED ligada ao centro e fundo branco visto pelo para-brisa.
Novo Mini Cooper não apresenta diferenças em seu visual Foto: Mini/Divulgação

No interior, o novo Mini Cooper recebeu um novo volante e a tela OLED redonda com diâmetro de 240mm. Há também faixa de interruptores de alternância, que já é típico da marca, além do painel com superfície têxtil de duas cores.

O porta-malas, com o rebatimento do banco traseiro, pode passar de 210 litros para até 725 litros de volume.

As funções de direção mais importantes, como o seletor de marchas, tecla start/stop, controle de volume, freio de estacionamento e alternância de modo de experiência, são diretamente acessíveis por meio da faixa de botões.

Com a mudança, o seletor de marchas abre espaço no console central que recebe a nova bandeja de carregamento sem fio 2.0. Local onde os smartphones podem ser armazenados e carregados sem fio.

  • Acompanhe o Vrum também no Youtube e DailyMotion para informações, dicas e novidades do mercado automotivo