UAI
FUTURO PRÓXIMO

Honda apresenta seus planos para o segmento de motos elétricas

A fabricante japonesa aumenta a aposta nos modelos elétricos e confirma o lançamento de 30 modelos de todos os segmentos até 2030 e a construção de fábricas dedicadas

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
 O Honda EM 1 é um dos modelos elétricos desenvolvido pela marca japonesa
O Honda EM 1 é um dos modelos elétricos desenvolvido pela marca japonesa Fotos: Honda/Divulgação

A Honda anunciou em sua sede de Tóquio, Japão, que vai acelerar o programa de popularização de motos elétricas. A meta global de vendas de motocicletas elétricas para o ano de 2030 é de 4 milhões de unidades.

Subiu 12,5% ou 500 mil unidades em relação à previsão anterior, revelada no ano passado. Para tanto, a Honda pretende lançar 30 modelos elétricos até 2030 e otimizar a produção, reduzindo em 50% o custo de cada unidade em comparação aos custos das motos elétricas atuais.

Honda sce scooter elétrico branco de lateral estático no estúdio
Honda revelou que vai lançar 30 modelos elétricos até 2030 Foto: Honda/Divulgação

O maior fabricante mundial, com cerca de 30 mil concessionárias espalhadas em todos os continentes, investirá 500 bilhões de ienes, cerca de US$ 3,4 bilhões, até 2030. A jornada elétrica já começou com o lançamento de três modelos EB (espécie de bicicleta elétrica na especificação chinesa), um modelo Cub e scooters elétricos no Japão. Em 2024, lançará um modelo global baseado no conceito exibido durante o Japan Mobility Show 2023, em novembro. Um scooter elétrico com assoalho plano e duas baterias destacáveis sob o banco.

Em seguida, a partir de 2025, virão modelos equivalentes a alta “cilindrada”, do tipo plugin, superesportivos, nakeds, motos fora de estrada (uma motocross já disputa o campeonato japonês), bicicletas infantis e ATVs. Além das baterias de íon-lítio, a Honda desenvolve baterias de lítio fosfato de ferro para adoção em 2025. Inicialmente, a montadora utilizará as fábricas que já produzem motocicletas a combustão para também produzir as elétricas. A partir de 2027, a marca construirá novas fábricas totalmente dedicadas à produção de motos elétricas.

Confira os vídeos do VRUM nos canais do YouTube e Dailymotion: lançamentos, testes e dicas