O bebê do bebê

Mini-Renegade, lançamento da Jeep para 2023, é flagrado em testes de rua

Por enquanto, modelo será elétrico e voltado para o mercado europeu. No entanto, tem grande potencial para ser vendido também no Brasil

Mini-Renegade, futuro compacto elétrico da Jeep, foi flagrado em testes de rua devidamente camuflado
Mini-Renegade, futuro compacto elétrico da Jeep, foi flagrado em testes de rua Automedia Reprodução

O Automedia publicou fotos do mini-Renegade em testes de rua. Mesmo muito bem camuflado, o veículo flagrado tem as linhas muito próximas das imagens oficiais divulgadas pela Jeep de um lançamento próximo. Trata-se de um SUV ainda menor que o Renegade, cuja estreia está marcada para o primeiro semestre de 2023.

Esse modelo inédito, apelidado de mini-Renegade, será 100% elétrico (curiosamente, o primeiro da Jeep). Bom, por enquanto é isso que se tem de oficial. A plataforma deve ser a CMP (espólio Peugeot/Citroën), que seria usada por todos os compactos da Stellantis e que estaria preparada para a eletrificação. Como todo modelo da Jeep, esse veículo deve ter atributos para o fora de estrada.

Segundo a mídia especializada europeia, o mini-Renegade terá distância entre-eixos de 2,54 metros, como a do Peugeot 208. Trata-se, então, de um compacto aventureiro. Especula-se que o motor elétrico terá 136cv de potência e a bateria seja de 50 kWh. Ainda é possível que exista uma versão híbrida do SUV compacto.

Não seria um mini-Compass?

O apelido de mini-Renegade é valido devido ao porte do novo modelo da Jeep. Já os detalhes nem “conversam” tanto com o SUV compacto da marca. O conjunto óptico dianteiro é formado por dois elementos separados, nada a ver com os faróis circulares do Renegade.

A grade de sete fendas, fechada por ser elétrico, também está mais para Compass. As laterais, também, estão mais para o utilitário-esportivo médio, assim como a traseira. De Renegade, a traseira do novo aventureiro da Jeep tem só as lanternas, quadradas e com o X luminoso. O apelido desse carrinho deveria ser mesmo mini-Compass.

Mini-Renegade virá para o Brasil?

Todo SUV é interessante para o mercado brasileiro. Nossa região já “trabalha” com a plataforma CMP, disponível no Peugeot 208, argentino, e o novo Citroën C3 (que será lançado em breve), brasileiro. Isso nos faz sonhar com a chegada do mini-Renegade mais à frente, mas, com algumas particularidades em relação à Europa.

Teste: Jeep Renegade T270 Série S 4×4 tem bom desempenho, mas o consumo, nem tanto

Para o nossa realidade, um SUV elétrico tão compacto dificilmente teria um preço atraente. Então, seria mais viável aplicar no mini-Renegade apenas motores a combustão interna. No mínimo um motor 1.3 Firefly, de até 107cv de potência, mas o modelo da Jeep deveria trazer mesmo o 1.0 turbo de 130cv do Fiat Pulse.