AUTO AMIGO

Inflação do Carro tem alta de 0,28%: gasolina cai, seguro sobe

A redução nos preços dos combustíveis não foi suficiente para impedir o aumento da Inflação do Carro, elevada também pelo alto custo do seguro

Posto combustível preços gasolina etanol faixa belo horizonte
Os preços dos combustíveis tiveram uma pequena redução para o consumidor, mas não o suficiente para mudar o cenário da Inflação do Carro Juarez Rodrigues/EM/D.A Press

Apesar do impacto positivo da redução dos preços dos combustíveis nos gastos do motorista, a Inflação do Carro da Agência AutoInforme registrou um aumento de 0,28% em junho. É o terceiro mês seguido de alta.

Embora não tenha sido muito significativa, a redução dos preços dos combustíveis na bomba veio logo nos dias seguintes ao anúncio, pelos governos estaduais, da redução do ICMS. O preço do litro da gasolina caiu de R$ 7,07 para R$ 6,87, e do etanol de R$ 5,18 para R$ 4,89.

O impacto da redução dos preços dos combustíveis foi decisivo para que a Inflação do Carro registrasse uma evolução baixa no mês, uma vez que esse item representa a maior parte dos gastos para andar de carro e fazer a manutenção preventiva: os combustíveis são 38% do total de despesas do motorista.

O que manteve a inflação em alta foi o expressivo aumento do preço do seguro. Na média, o seguro e a franquia tiveram alta de 6,30% no mês. O roubo de veículos cresceu 10% em maio em relação a abril, daí a razão da majoração do seguro. As seguradoras aumentam imediatamente o valor do prêmio quando cresce o risco, como ocorrências de roubo, furto, acidentes e até falta de peças de reposição.

A cesta de serviços automobilísticos – que representa 16,6% dos gastos totais –, também teve alta em junho: + 4,86%. Nesse item estão serviços como alinhamento, balanceamento, revisão etc.

A cesta de peças de reposição ficou 0,85% mais barata. Aqui estão todas as peças de desgaste usadas no automóvel, desde itens como óleo, filtros, limpador de para-brisa, até pneus, sistema de freio e jogo de amortecedores.

O levantamento mostrou que a despesa do motorista em junho foi de R$ 2.070,75 (em maio a despesa foi de R$ 2.065,05) para rodar com o carro e fazer a manutenção preventiva. O parâmetro é um modelo compacto seminovo.

Inflação do Carro – Junho/2022

CestaVariação %Participação %
Combustível-3,6738,0
Peças de reposição-0,8514,8
Serviços+4,8616,6
Impostos0,0012,5
Seguros+6,3018,1
Total+0,28100
Agência Autoinforme

Confira as dicas do Boris Feldman no canal do VRUM no YouTube