Mais fôlego

Renault Oroch 2023: 5 motivos para comprar e 5 para esquecer

Testamos a picape na versão Outsider, única equipada com motor 1.3 turbo e câmbio automático. Modelo ganhou reestilização e um novo posicionamento de mercado

Publicidade
NOTA DO VRUM:
7 Nota VRUM

Testamos a picape Oroch 2023 equipada com o novo motor 1.3 turbo da Renault. O modelo acaba de passar por uma reestilização, que foi bastante discreta. A unidade testada era da versão de topo Outsider, com pegada aventureira e a única equipada com o novo propulsor.

Os demais pacotes, Pro e Intense, continuam a usar o motor 1.6 aspirado e câmbio manual. A versão de topo da Renault Oroch 2023 foi pensada para concorrer com a Fiat Toro, enquanto as versões de entrada devem brigar com a compacta Fiat Strada.

O que mudou da Renault Oroch 2023?

Como falamos, pouca coisa mudou. A Renault Oroch 2023 manteve o visual robusto herdado do Duster. Inclusive, essa denominação que foi retirada do modelo, que agora se chama apenas Oroch. Enfim, quem não conhece a picape de perto nem vai notar as mudanças: uma nova grade e para-choque dianteiro.

A caçamba mede 1,17 metro de largura por 1,35m de profundidade, com volume de 683 litros. A capacidade de carga total do veículo é de 680 quilos. A tampa do compartimento de carga é pesada e pode ser trancada com chave. A proteção de caçamba é de série desde a versão de entrada, mas nem o pacote de topo conta com iluminação. A capota marítima é de série na versão, mas o estiloso santantônio atrapalha sua abertura total.

O que tem na versão Outsider?

A Renault Oroch Outsider ganha um pacote estético com alargadores de para-lamas, faróis de milha auxiliares (alocados em um nicho pronunciado), frisos laterais, santantônio, grade no vidro traseiro, capota marítima e rodas de 16 polegadas biton. Todas as versões “calçam” pneus de uso misto.

Interior da Renault Oroch mudou bastante

Por dentro, o painel da Renault Oroch 2023 é todo novo. A orientação horizontal dos elementos deu sensação que o interior é maior. A tela de 8 polegadas do sistema multimídia é flutuante, deixando tudo mais “limpo”. O quadro de instrumentos, o volante e os painéis de portas foram renovados.

Uma grande mancada da Renault foi não ter melhorado o console central, que continua muito tímido. Assim, a Oroch 2023 continua sem bons porta-trecos para o motorista acomodar seus pertences. O apoio de braço também é do tipo que se apoia no banco do motorista. Com essas características, a picape só concorre com compactos.

Apesar do visual do painel ter melhorado, o acabamento interno abusa do uso de plástico duro. Os bancos são em couro, mesmo material empregado em apliques dos painéis de porta. As colunas, para-sóis e teto têm revestimento em preto. A versão Outsider tem detalhes em laranja no painel e nas costuras dos bancos.

O banco traseiro tem espaço bastante restrito para as pernas, mesmo se os passageiros da frente não abusarem, e só acomoda com relativo conforto duas pessoas. O encosto do banco traseiro também é pouco inclinado, o que também compromete o conforto.

O sistema multimídia da Renault Oroch 2023 se destaca pelo espelhamento do smartphone sem o uso de cabo na tela tátil de 8 polegadas. A versão Outsider oferece carregamento sem fio do celular como opcional. Porém, em todo o veículo existe apenas uma tomada USB, muito pouco.

Ao volante da Renault Oroch 2023

O desempenho do motor 1.3 turbo torna a experiência ao volante da Renault Oroch 2023 muito prazerosa. Existe bom torque em baixa rotação, e a picape vence ladeiras sem precisar subir o “giro”. Na estrada, existe muito fôlego para ultrapassagens e retomadas de velocidade.

Testamos a Fiat Toro 1.3 turbo AT6: desempenho melhorou, mas consumo é alto

O câmbio automático tipo CVT simula oito marchas, com gestão eficiente. Se o motorista quiser, pode trocar marcha manualmente na alavanca de câmbio. O consumo de combustível da Renault Oroch não chega a ser baixo, mas é bem menos beberrona que a Fiat Toro equipada com o motor 1.3 turbo. Se quiser melhorar esse quesito, existe um modo Eco que limita um pouco o desempenho do veículo. O modelo também traz sistema start-stop.

Mesmo tendo uma suspensão multilink na traseira, a Renault Oroch repassa um pouco além do desejado as irregularidades do piso. A direção ainda tem assistência eletro-hidráulica, que até tem pesos adequados, mas destoa da atual linha Renault, todos com direção elétrica.

Equipamentos e concorrentes

A Renault Oroch ganhou importantes equipamentos na linha 2023, como controle de estabilidade e tração, sistema anticapotamento e assistente de partida em rampas desde a versão de entrada. O único porém é que, mesmo nessa versão de topo testada, a picape da Renault só oferece airbags frontais, o que é uma grande falha.

Confira outros testes como esse no canal do VRUM no Youtube

Como falamos no início, essa versão de topo da Renault Oroch foi posicionada para competir com a Fiat Toro. A picape intermediária da Renault é vendida por R$ 140.900. Com esse preço, ela se equipara com a versão de entrada da picape intermediária da Fiat, que custa R$ 138.490 no pacote Endurance Turbo 270 AT6. Lembrando que a Toro também usa um motor 1.3 turbo.

Do ponto de vista dos equipamentos, a Oroch Outsider se destaca pelos sensores de chuva e crepuscular, bancos em couro, ar-condicionado digital (o da picape da Fiat é analógico), rodas em liga leve de 16 polegadas (a Toro de entrada traz rodas em aço), além dos faróis de neblina e de milha. Já a Toro traz 6 airbags, volante com regulagem em altura e distância (a picape da Renault fica devendo em distância), iluminação da caçamba e quadro de instrumentos com tela de 7 polegadas.

Ficha técnica – Renault Oroch 1.3 CVT Outsider

MOTORDianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 1.332cm³ de cilindrada, com turbo e injeção direta de combustível, flex, que desenvolve potências máximas de 162cv (gasolina) e 170cv (etanol) entre 5.500rpm e 6.000rpm, e torque máximo de 27,5kgfm (g/e) entre 1.600rpm e 3.750rpm
TRANSMISSÃOTração dianteira, e câmbio automático tipo CVT que simula oito marchas
SUSPENSÃO/RODAS/PNEUSDianteira, independente, tipo McPherson; traseira, independente, McPherson com Multilink, e barra estabilizadora /16 polegadas (liga leve) / 215/66 R16 (pneus de uso misto)
DIREÇÃODo tipo pinhão e cremalheira, com assistência eletro-hidráulica
FREIOSA discos ventilados na frente e tambores na traseira, com ABS e EBD
CAPACIDADESTanque, 45 litros; capacidade de carga (passageiro e carga), 650 quilos
DIMENSÕESComprimento, 4,70m; largura, 1,82m; altura, 1,63m; distância entre-eixos, 2,82m; e altura em relação ao solo, 21,2cm
VOLUME DA CAÇAMBA683 litros
ÂNGULOSDe ataque, 27,5 graus; de saída, 22,4 graus
PESO1.432 quilos
PERFORMANCEVelocidade máxima de 189 km/h (e)
Aceleração até 100km/h em 9,8 segundos (g/e)
CONSUMO (*)Cidade: 10,5 km/l (g) e 7,4 km/l (e)
Estrada: 11 km/l (g) e 7,8 km/l (e)

Dados do fabricante
(*) Dados do Imnetro
(g) gasolina
(e) etanol

Equipamentos

DE SÉRIEAirbags frontais; controle de tração e estabilidade; assistente de partida em rampa; faróis de neblina; sensor de estacionamento traseiro; sensor de chuva e crepuscular; luzes de circulação diurna; ar-condicionado automático; vidros elétricos com função one-touch; retrovisores com regulagem elétrica; desembaçador do vidro traseiro; banco do motorista com regulagem de altura; volante com regulagem de altura; multimídia com tela e 8 polegadas; computador de bordo; limitador e controlador de velocidade; retrovisores em preto brilhante; barras de teto; adesivo de porta Outsider; protetor de caçamba; bancos revestidos em couro; aplique de painel e costuras dos bancos em laranja.
OPCIONALPintura na cor exclusiva cinza Lune (R$ 2 mil); carregador de celular wi-fi (R$ 678,12).

Quanto custa?

A Renault Oroch Outsider, versão de topo da picape intermediária, custa R$ 140.900. Com os opcionais descritos, a unidade testada custa R$ 143.578,12.