Peugeot 3008 aposta em mimos como os bancos com massagem para convencer

Modelo foi reestilizado, ganhando visual mais agressivo, mas chega a custar R$ 270 mil. Pacote completo de equipamentos e estilo original são seus trunfos

Peugeot 3008 aposta em mimos como os bancos com massagem para convencer Modelo foi reestilizado, ganhando visual mais agressivo, mas chega a custar R$ 270 mil. Pacote completo de equipamentos e estilo original são seus trunfos
Avaliação:

 

O segmento dos SUVs médios cresceu com a entrada de players importantes como o Volkswagen Taos e o Toyota Corolla Cross, que se juntam ao Jeep Compass, o líder que todos querem derrubar. E o viés é de nacionalização, mesmo com o Taos sendo fabricado na Argentina, que, no frigir dos ovos, é a mesma coisa. Nesse contexto, o Peugeot 3008 acabou de chegar reestilizado, porém, na contramão dessa tendência, importado da França, o que acaba tirando a sua competitividade.

Testamos a versão de topo GT Pack, vendida por R$ 269.990. O SUV médio supera a barreira de preço dos concorrentes nacionais, que custa em média entre R$ 145 mil e R$ 180 mil, mas fica abaixo dos SUVs de entrada das marcas premium (BMW X1, Audi Q3, Volvo XC40…), se encaixando em um nicho intermediário de utilitários-esportivos. Mas, será que vale pagar tanto pelo Peugeot 3008?

Grande parte do apelo desse SUV está no seu design, bastante original. A reestilização fez bem ao Peugeot 3008, que, de forma geral, ganhou aparência mais agressiva com as luzes de rodagem diurna em forma de dentes de sabre e os faróis de LED mais afilados integrados à grade, que perdeu a moldura. A versão de topo GT tem alguns elementos exclusivos, como a grade dark crome, o spoiler na cor da carroceria, a grade inferior cromada e alguns elementos em preto brilhante.

No mais, as linhas seguem a mesma pegada desta segunda geração do SUV médio. As laterais com linha de cintura elevada, rodas de 19 polegadas, caixas de roda com molduras, o teto e os retrovisores em preto. Na traseira, as lanternas em LED são novas, mas seguem o mesmo padrão anterior com essas garras felinas em 3D. Com vidro traseiro e vigias estreitos, a visibilidade traseira é ruim. Sorte que o SUV conta com sensores dianteiros e traseiros de estacionamento, além de câmeras que formam visão aérea do veículo.

INTERIOR A reestilização não mudou o interior do Peugeot 3008, que mantém o estilo cockpit desde a primeira geração, de 2008. Os botões estilo aviação, a alavanca de câmbio tipo joystick e o volante com dois extremos achatados reforçam a esportividade. A versão GT tem bancos revestidos em Alcantara, tecido sintético que imita camurça, e retrovisor sem moldura. O painel e as portas também receberam apliques em Alcantara, com material emborrachado em quase todo o interior, além da iluminação ambiente. A tela de 10 polegadas é exclusiva da versão GT.

O banco traseiro acomoda bem até dois passageiros, mesmo com o assoalho plano, já que o espaço do meio é tomado pelo prolongamento do console central. O assento traseiro também é baixo em relação ao assoalho, provocando desconforto em trajetos longos. O compartimento de bagagem é bem espaçoso, com 520 litros. Para rebater o encosto do banco taseiro, ele conta com alavancas que facilitam o trabalho.

MIMOS
Até aqui tudo bem, temos um veículo bastante completo, mas o 3008 vai além para convencer o comprador a assinar o cheque. O melhor da festa é a massagem nos bancos dianteiros, item exclusivo da versão de topo, que também podem ser aquecidos em dias frios. O porta-malas tem abertura e fechamento elétrico, inclusive por meio daquele chutinho, pensado para quando o usuário está com as mãos ocupadas. O teto solar panorâmico muda o astral dentro do veículo e é de série desde a versão de entrada.

RODANDO O motor continua o 1.6 THP, com turbo, injeção direta de gasolina e comandos de válvulas variáveis. É um bom motor, com 165cv de potência e 24,5kgfm de torque, mas já sente uma limitação dos 1.587 quilos desta versão. Na cidade, o modelo está sempre pronto a responder. Já na estrada, ele dá boa agilidade ao SUV, mas não chega a ser um carro “nervoso”.

Em compensação, o consumo de combustível é baixo, levando em conta o peso e a performance do veículo. O câmbio automático de seis marchas, com opção de trocas manuais por aletas, tem uma gestão muito eficiente. É possível ajustar o “humor” do veículo por meio dos perfis do Drive Select: Normal, Esportivo ou Econômico

CONTEÚDO Uma coisa interessante no Peugeot 3008 é que o conteúdo de maior tecnologia está disponível desde a versão mais acessível Griffe, que custa R$ 244,990. É o caso de funções semiautônomas como o sensor de ponto cego, assistente de farol alto, controle de cruzeiro adaptativo com função Stop&Go, assistente de estacionamento, frenagem automática de emergência com alerta de colisão, leitura e reconhecimento de placas, correção e alerta de permanência na faixa de rodagem.

CONCORRENTES
O concorrente que tem características e preço semelhantes ao 3008 é o Ford Bronco Sport, fabricado no México, vendido por R$ 264.690. Seu design é original, o interior tem personalidade e ainda leva vantagem na motorização 2.0 turbo de 240cv. Seu conteúdo também traz itens semiautônomos.

Outra opção é o Volkswagen Tiguan Allspace R-Line, vendido por R$ 236.090, com motor 2.0 turbo de 220cv, câmbio DSG de sete marchas e tração integral. Apesar do design mais comum, o diferencial deste modelo são os sete lugares. Também na faixa de preço do Peugeot 3008, o comprador pode optar pelo glamour das marcas premium, mas em SUVs compactos de entrada como o Volvo XC40 híbrido (R$ 256.950) ou a BMW X1 (R$ 269.950).


FICHA TÉCNICA

MOTOR
Dianteiro, quatro cilindros em linha, 1.598cm³ de cilindrada, 16V, turbo, gasolina, com injeção direta de combustível, que desenvolve potência máxima de 165cv a 6.000rpm e torque máximo de 24,5kgfm a 1.400rpm

TRANSMISSÃO
Tração dianteira e câmbio automático sequencial de seis velocidades

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS

Dianteira, independente, McPherson, com barra estabilizadora; e traseira semi-independente, com barra de dois braços deformável e barra estabilizadora / 8 x 19 polegadas (alumínio) / 235/50 R19

DIREÇÃO
Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica progressiva

FREIOS
A discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com sistema ABS e distribuição da força de frenagem (EBD)

CAPACIDADES
Do porta-malas, 520 litros; do tanque de combustível, 53 litros; capacidade de carga (passageiro e carga), 453kg

DIMENSÕES (*)
Comprimento, 4,43m; largura, 1,90m; altura, 1,62m; distância entre-eixos, 2,67m; altura livre do solo, 20,6cm

ÂNGULOS (*)
De entrada, 20 graus; de saída, 29 graus

PESO (*)
1.587 quilos

DESEMPENHO (*)
Velocidade máxima de 206 km/h
Aceleração até 100km/h em 8,9 segundos

CONSUMO (**)
Cidade: 9,8 km/l
Estrada: 12,1 km/l

(*) Dados dos fabricantes
(**) Medição do Inmetro

EQUIPAMENTOS

DE SÉRIE
Airbags frontais, laterais e de cortina; controle de estabilidade; lanterna de neblina; Isofix; auxílio de partida em aclive; sensor de ponto cego; câmera de ré traseira; sensores de estacionamento traseiros e dianteiros; detecção de pressão dos pneus; assistente de farol alto; controle de cruzeiro adaptativo com função Stop&Go; assistente de estacionamento; frenagem automática de emergência com alerta de colisão; leitura e reconhecimento de placas; correção e alerta de permanência na faixa de rodagem; alerta de fadiga; luzes de rodagem diurna em LED; barras de teto em preto; acabamento em Alcantara; compartimento refrigerado no console central; luz ambiente; tapetes em carpete; retrovisor interno eletrocrômico; acionamento automático do limpador de para-brisas e faróis; chave presencial; faróis full-LED com regulagem automática de altura; GPS; freio de estacionamento eletrônico; ar-condicionado digital bi-zone com saídas para o banco traseiro; teto solar panorâmico; bancos dianteiros revestido em Alcantara e couro sintético, com ajustes elétricos e massageador; carregamento do celular por indução; quadro de instrumentos digital de 12,3 polegadas; retrovisores com comandos elétricos e rebatimento automático; volante com regulagem de altura e distância; porta-malas elétrico; porta-luvas refrigerado.

OPCIONAL
Pintura vermelho Ultimate (R$ 2.790).

QUANTO CUSTA?
O Peugeot 3008 GT Pack é vendido por R$ 269.990. Com o opcional listado, o preço da unidade testada é de R$ 272.780.