UAI
Esportivo ou adesivado?

Fastback Abarth é esportivo de verdade ou é só adesivo?

O carro tem nome, design e divisão esportiva, porém tem atributos que deixam a desejar nessa categoria

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
Fastback Abarth já está disponível para compra nas concessionárias Abarth
Fastback Abarth já está disponível para compra nas concessionárias Abarth Fotos: Fastback Abarth já está disponível para compra nas concessionárias Abarth

O novo Fastback Abarth foi lançado em outubro de 2023. De lá pra cá, muita gente torceu o nariz para o carro afirmando que o SUV não é um esportivo raiz.
Segundo os críticos, o Jetta GLI e o Polo GTS tem mais atributos que definem um carro esportivo, como motor, câmbio e dirigibilidade.
Muitos até mesmo tratam o irmão caçula, Pulse Abarth como esportivo, já que traz o motor T270 como diferencial na gama.

Pois bem, o Fastback Abarth traz no nome, no design e no DNA da divisão, o tom esportivo que projeta, porém deixa a desejar em alguns atributos.

Com produção 100% nacional, o Fiat Fastback Abarth é o segundo carro da linha Abarth desenvolvido fora da Itália. O SUV ganhou novas calibrações, principalmente em suspensão, mas mantém o mesmo motor que equipa a versão Limited, o T270, de 185 cv de potência e 27,5 kgfm de torque. Acoplado ao motor, um câmbio automático de seis marchas com boas relações, mas um delay que incomoda em trocas por aletas, que não faz juz ao título de esportivo.

 

Motor do Pulse Abarth
O Pulse Abarth é equipado com motor 1.3L, T270, que desenvolve 185 cv e 27,5 kgfm de torque Foto: O Pulse Abarth é equipado com motor 1.3L, T270, que desenvolve 185 cv e 27,5 kgfm de torque

O que pesa a favor

Podemos elencar o que torna o Fastback Abarth esportivo citando as boas características do SUV, a começar pelo visual.

Por fora

Desde seu lançamento, o design do fastback é um charme à parte. Na versão Abarth os aspectos visuais e o vermelho aparente na carroceria fazem diferença no SUV. As molduras do carro que, nessa versão são na cor da carroceria, trazem mais robustez ao veículo.

34255b04 fastback abarth amb 061
Fastback Abarth será vendido em quatro cores Foto: Fastback Abarth será vendido em quatro cores

Além disso, material remetendo à fibra de carbono e black piano também contribuem para a esportividade.

Na traseira o diferencial fica por conta do aerofólio e para-choques com defletores de ar funcionais, diminuindo o arrasto aerodinâmico em cerca de 1,4%, o que é um fator positivo para um esportivo.

As rodas de liga leve de 18 polegadas receberam pintura em preto brilhante e o símbolo do escorpião na calota central. São mais largas, com tala 7,5 polegadas e calçadas com pneus 215/45 R18 que proporcionam mais grip ao acelerar o fastback Abarth.

 

Rodas de 18 polegadascom design exclusivo
Rodas de 18 polegadascom design exclusivo Foto: Fiat/Divulgação

Por Dentro

Para manter o tom esportivo, teto preto e bancos de couro ecológico com regulagem de altura para o motorista, e estampa do escorpião estão presentes.

Painel com grafia remetendo à fibra de carbono e placa identificadora com o símbolo do escorpião também são destaque no Fastback Abarth.

fiat pulse abarth 2024 interior bancos e painel no estudio
O Fiat Pulse Abarth traz o interior escurecido com detalhes em vermelho, além de bancos revestidos em couro Foto: O Fiat Pulse Abarth traz o interior escurecido com detalhes em vermelho, além de bancos revestidos em couro

O Fastback Abarth ainda conta com um painel de instrumentos de sete polegadas totalmente digital, com pressão do turbo e força G, ou a força que a gravidade exerce no nosso corpo.

O volante multifuncional traz comandos do som, multimídia, além dos paddle shift para mudanças de marchas. Uma tecla vermelha com o nome Poison (veneno), equipa o volante e ao ser apertada, altera a calibragem de alguns sistemas do carro, como curva de aceleração e freios, deixando-o mais esportivo.

Pulse Abarth T270 modelo 2023 cinza interior volante com comandos e Poison no estúdio
A tecla Poison deixa o carro com desempenho ainda mais esportivo (Abarth/Divulgação) Foto: A tecla Poison deixa o carro com desempenho ainda mais esportivo (Abarth/Divulgação)

Performance

O Fastback Abarth é equipado com motor 4 cilindros em linha de 1.3L, T270, que desenvolve 180 cv com gasolina e 185 cv quando abastecido com etanol e 27,5 kgfm de torque.

No Fastback Abarth o motor é eficiente, pois a relação peso / potência é boa já que o SUV pesa 1.299 kg e cada cavalo carrega cerca de 7,2 kg. Isso faz com que o SUV acelere de 0-100km/h em 7,6 segundos e tenha velocidade máxima de 220 km/h.

Pulse Abarth T270 modelo 2023 cinza motor T270 flex no estúdio
O motor 1.3 turbo flex gera 185cv e 27,5kgfm de torque (Abarth/Divulgação) Foto: O motor 1.3 turbo flex gera 185cv e 27,5kgfm de torque (Abarth/Divulgação)

Com a tecla poison (veneno) acionada, a eletrônica age calibrando o sistema mecânico para se tornar mais eficiente. O Fastback Abarth prioriza as acelerações, esticando mais as marchas e usa de maneira mais agressiva a potência do turbo. O SUV, com a tecla acionada, sempre priorizará o bom desenvolvimento do carro, trabalhando com o motor sempre em giros mais altos.

As suspensões foram bem calibradas e mantém o carro bem firme na mão do condutor. Nas curvas, o Abarth é bem seguro, e o controle de estabilidade e tração ativos, ajudam o esportivo ficar colado no chão. A rolagem de carroceria diminuiu em cerca de 7% com a nova calibração, comparando-o com a versão Limited.

A direção progressiva, leve em velocidades baixas e ficando mais firme quando vamos acelerando e a boa posição de dirigir, também é um diferencial positivo para o SUV.

Tecnologia

O Fastback Abarth possui recursos de segurança, como os ADAS (sistemas avançados de assistência à direção) que incluem alerta de colisão frontal, frenagem autônoma de emergência, alerta de saída de faixa com correção ativa e comutação automática do farol alto.

93c520f7 fastback abarth 054
93c520f7 fastback abarth 054 Foto: 93c520f7 fastback abarth 054

O SUV conta com o ESP (Electronic Stability Program), sensor de chuva e luminosidade, que ajusta automaticamente os faróis e os limpadores de para-brisa de acordo com as condições climáticas. O ABS com EBD (Antilock Braking System com Electronic Brakeforce Distribution) é outro recurso que contribui para a segurança no veículo.

Bola Fora

Dito os pontos positivos, precisamos elencar agora o que faz o fastback abarth não ser um carro esportivo como a divisão sugere.

Consumo

Se por um lado, o motor T270 traz tranquilidade para o condutor ao fazer uma ultrapassagem ou uma retomada de urgência, principalmente com a tecla “poison” acionada, por outro o proprietário vai perder os cabelos com o consumo do SUV.

No nosso circuito de testes, em Belo Horizonte, entre tráfego urbano e rodoviário, o SUV teve consumo médio de 6 km/h, abastecido com etanol. Número nada agradável para o bolso do motorista, já que o tanque de combustível, de 47 litros, acaba em um piscar de olhos. E vale lembrar que se a tecla poison estiver acionada, o consumo aumentará mais ainda.

Motor

Como já dissemos anteriormente, o motor T270 equipa a gama do Fastback na versão Limited, também desenvolvida pela divisão Abarth. Apesar de não levar o nome de esportivo, essa versão tem atributos parecidos com a versão esportiva, porém com preço mais em conta, cerca de R$ 5 mil mais barato.

 

Motor t270 com 185cv e 27,5 kgfmjá equipa a gama do Fastback
Motor t270 com 185cv e 27,5 kgfmjá equipa a gama do Fastback Foto: Fiat/Divulgação

Além disso, o motor tem um turbo lag nas retomadas quando estamos dirigindo no modo normal que incomoda o condutor. Sem contar com o atraso nas trocas de marchas pela alavanca ou pelas aletas no volante, em modo manual. Em algumas situações as trocas demoram quase dois segundos para se efetivarem, o que deixa a tocada menos esportiva.

Freios

O Fastback Abarth possui um bom sistema de freios, com discos na frente, porém, tambores na traseira. Para um carro esportivo, isso é um fator determinante.

Segundo a engenharia e diretoria da marca, o sistema de freio foi bem dimensionado e o SUV para com tranquilidade, e pudemos confirmar isso em nosso teste. Ainda segundo os executivos, a escolha por tambores na traseira foi para deixar o projeto mais barato.


Amenities

O Fastback Abarth também fica devendo em coisas simples, como ajustes do banco elétricos e porta-objetos que caibam alguma coisa. Em nosso teste, nenhuma garrafinha de água coube nos porta-copos, nem nos centrais, nem nos de porta e uma lata de refrigerante de 350ml amassou para se ajustar ao espaço.

c915f559 fastback abarth 050
c915f559 fastback abarth 050 Foto: c915f559 fastback abarth 050

Outro ponto negativo, comum à carroceria, é o espaço no banco traseiro, que para uma pessoa alta se acomodar já se torna difícil, pois a cabeça encosta no teto.

Em suma, podemos definir que o Fastback Abarth é um excelente carro, com predicados favoráveis ao possível comprador, porém peca ao se colocar como o topo de linha esportivo da divisão esportiva da Fiat.

Quanto Custa

  • O preço sugerido da versão Abarth é de R$160.990

 

Confira a ficha técnica do Fiat Fastback Abarth

 

MOTOR Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 1.332cm³ de cilindrada, flex, turbo, injeção direta de combustível, que desenvolve 180cv (gasolina)/185cv (etanol) a 5.750 rpm, e 27,5kgfm a 1.750rpm
TRANSMISSÃO Tração dianteira, com câmbio automático de seis marchas
FREIOS A discos ventilados na dianteira e tambores na traseira, com ABS e EBD
SUSPENSÕES/RODAS/PNEUS Dianteira, independente, tipo Mc Pherson, com braços oscilantes inferiores transversais e barra estabilizadora; traseira,Eixo de torção com rodas semi independentes/7,5” x 18”, de liga leve/215/45 R18
DIREÇÃO Elétrica de série com pinhão e cremalheira
PESO Em ordem de marcha: 1.299kg
CAPACIDADES Do tanque de combustível, 47 litros; do porta-malas, 516 litros; de carga (passageiros e bagagem), 400kg
DIMENSÕES Comprimento, 4,42m; largura, 1,78m; altura, 1,54m; distância entre-eixos, 2,53m; altura mínima do solo, 18,7cm
ÂNGULOS De entrada, 20 graus; De saída, 23 graus
DESEMPENHO Velocidade máxima: 220km/h (e)/219km/h (g)
Aceleração até 100km/h: 7,6 s (e)/8 s (g)
CONSUMO Na cidade: 10,3m/l (g)/7,2km/l (e)Na estrada: 13,1km/l (g)/9,3km/l (e)

Dados do fabricante