UAI
Avaliações

Renault Megane E-Tech: crossover bem recheado, mas com preço salgado

Testamos o modelo elétrico da Renault que tem o visual como atrativo, além de bom desempenho e ampla lista de equipamentos, mas não está entre os mais baratos do mercado

Publicidade
SIGA NO google-news-logo
O crossover elétrico tem no design um de seus destaques, com conjunto óptico em LED
O crossover elétrico tem no design um de seus destaques, com conjunto óptico em LED Fotos: Lara Moreno/EM/D.A Press
NOTA DO VRUM:
8 Nota VRUM

A Renault ampliou a sua linha de modelos elétricos no Brasil com o Megane E-Tech, um crossover com jeito de hatch que tem no visual um dos seus pontos fortes, além do bom desempenho e tecnologia aplicada. Mas pelo preço que está sendo vendido, R$ 279.900, o Renault Megane E-Tech comete alguns deslizes, como não ter ajustes elétricos nos bancos dianteiros.

Produzido na França sobre a inédita plataforma CMF-EV, destinada aos modelos elétricos da marca, o Megane E-Tech chegou para ampliar o portfólio da Renault no Brasil. A fabricante francesa já vende por aqui o Kwid E-Tech (R$ 123.490) e o Kangoo E-Tech (R$ 259.990). Mas a proposta do Megane elétrico é proporcionar uma experiência elétrica com um nível de acabamento e conteúdo mais elevado.

Estilo é destaque no Renault Megane E-Tech

Uma das coisas que chamam a atenção no Renault Megane E-Tech de imediato é o estilo. Com a carroceria que mescla características de crossover e hatch, o modelo francês tem estilo imponente e moderno, com linhas fluidas que favorecem a aerodinâmica. Na frente, destaque para a grade fechada em preto brilhante com a nova logo da Renault. Os faróis full LED trazem luzes diurnas também em LED que parecem escorrer nas extremidades do para-choque.

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul de lateral estático no asfalto.jpg
Modelo tem 4,20m de comprimento e 2,68m de distância entre-eixos Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press

As laterais são volumosas, marcadas por vincos e amplas caixas de rodas, que abrigam aros de 18 polegadas em liga leve diamantada. As maçanetas das portas ficam embutidas, sendo que as dianteiras se movimentam para fora eletricamente quando o motorista se aproxima com a chave no bolso, O teto tem uma discreta descaída na traseira, que traz lanternas unidas por faixa luminosa, sendo todo o conjunto em LED.

O Renault Megane E-Tech é um carro com dimensões e proporções equilibradas, com o teto mais baixo, mas com boa altura em relação ao solo. Se comparado com o BYD Dolphin, ele é mais baixo e tem a distância entre-eixos 2cm menor. E por trazer bateria pesada (394 quilos), o Megane E-Tech tem peso em ordem de marcha que se aproxima dos 1.700 quilos.

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul de traseira estático no asfalto.jpg
As lanternas traseiras são unidas por elemento luminoso, sendo o conjunto todo em LED Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press

Como anda o crossover elétrico no trânsito?

Com todo esse peso, a primeira dúvida que surge é quanto ao desempenho do Renault Megane E-Tech. Mas pode ter a certeza que o motor elétrico de 220cv e 30,6kgfm de torque dá conta do recado com desenvoltura. Como todo carro elétrico, o torque chega de imediato ao primeiro comando no acelerador, proporcionando uma condução ágil e empolgante. Não chega a ser uma performance esportiva, mas para a proposta do carro, ele anda bem demais, garantindo agilidade no trânsito urbano e retomadas seguras na estrada.

O problema é que quanto mais fundo se pisa no acelerador, mais rápido a carga da bateria é consumida. É preciso dosar a aceleração e usar as aletas atrás do volante para otimizar o sistema de regeneração de energia com a desaceleração. São três posições que deixam o carro mais solto ou com o freio motor mais atuante, recuperando mais energia para a bateria.

Além disso, o motorista tem o botão multi-sense no volante com modos de condução Eco, Sport, Comfort e Perso (personalizável), nos quais pode-se favorecer o desempenho ou a economia da carga da bateria. Por ter o centro de gravidade mais baixo, o Renault Megane E-Tech é um carro prazeroso de dirigir, com a direção elétrica bem calibrada e suspensões independentes que garantem total segurança em curvas. Mas são um pouco duras, transferindo as irregularidades do piso para dentro da cabine.

Os freios, além de trazerem o sistema regenerativo de energia, atuam de forma precisa e segura. Um detalhe que incomoda no Renault Megane E-Tech é a alavanca do câmbio muito próxima à manete do limpador de para-brisa. Em um dia de chuva no trânsito o motorista pode se confundir e acionar a alavanca errada, causando problema.

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul cofre do motor elétrico estático no asfalto.jpg
Motor elétrico dianteiro gera 220cv de potência e 30,6kgfm de torque Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press

Ficha técnica do Renault Megane E-Tech

MOTOR Dianteiro, elétrico, que gera potência máxima de 220cv e torque máximo de 30,6kgfm
BATERIA De íon-lítio com capacidade de 60kWh e autonomia de 337 quilômetros (PBEV)
TEMPO DE RECARGA De 15% a 80% (DC 130kW), em 36 minutos
Em WallBox (AC 22kW), de 15% a 80%, em 1h50
TRANSMISSÃO Tração dianteira e câmbio automático de uma marcha
SUSPENSÕES/RODAS/PNEUS Dianteira, independente, McPherson; traseira, independente, Multlink/de liga leve de 18 polegadas/195/60 R18
FREIOS Discos ventilados na dianteira e sólidos na traseira, com ABS, EBD e sistema regenerativo
DIREÇÃO Pinhão e cremalheira, com assistência elétrica variável
CAPACIDADES Porta-malas, 440; de carga (passageiros e bagagem), 450 quilos
DIMENSÕES Comprimento, 4,20m; largura, 1,76m; altura, 1,51m; distância entre-eixos, 2,68m; altura em relação ao solo, 15,4cm
PESO 1.680 QUILOS
DESEMPENHO Velocidade máxima de 160km/h
Aceleração até 100km/h em 7,4 segundos

Prós e contras no interior do Megane E-Tech

Visto por dentro, o crossover da Renault chama a atenção pela qualidade dos materiais que revestem os bancos e painéis das portas, além da montagem bem feita dos elementos. O painel de instrumentos é digital e tem tela configurável de 12,3 polegadas, enquanto no sistema multimídia a tela tátil é de nove polegadas. Nesse conjunto de telas o motorista consegue fácil conectividade com smartphone, com acesso a aplicativo de navegação, e ainda acompanha a evolução do consumo e regeneração de energia na bateria.

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul interior painel e bancos dianteiros estático no asfalto.jpg
Acabamento interno é feito com materiais de boa qualidade e painel digital forma conjunto único com multimídia Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press

Mas se por um lado o Renault Megane E-Tech tem um sistema de câmera traseira que projeta a imagem no retrovisor interno, por outro os bancos dianteiros não contam com ajustes elétricos. Uma economia que não se justifica em um carro de R$ 280 mil. Para compensar, o modelo traz um amplo pacote de equipamentos de série que inclui sistemas de auxílio à condução, com sensor de ponto cego, manutenção de faixa, alerta de trafego cruzado traseiro com frenagem automática e controle de velocidade adaptativo (ACC), entre outros.

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul interior bancos dianteiros estático no asfalto.jpg
Bancos dianteiros têm formato anatômico, mas não contam com ajustes elétricos Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press

O problema é que o Renault Megane E-Tech chegou no mercado brasileiro no momento em que alguns modelos elétricos compactos começam a cair de preço, como é o caso do Peugeot e-2008, que está sendo vendido por R$ 159.990. Além dele, a Renault ainda enfrenta a forte concorrência das marchas chinesas, como a BYD e GWM, que oferecem produtos de qualidade com muita tecnologia e preços competitivos no segmento de elétricos.

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul interior banco traseiro estático no asfalto.jpg
Espaço no banco traseiro é generoso para os passageiros, que se acomodam com relativo conforto Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press


Lista de equipamentos do crossover elétrico

DE SÉRIE - Sensores de chuva e crepuscular; console central com apoio de braços móvel; sensor de temperatura externa; aviso sonoro para pedestres (VSP); carregador por indução; ar-condicionado automático e digital dual-zone; volante com regulagem de altura e distância; ambient lighting; duas portas USB frontais + duas portas para passageiros traseiros; tipos de carregamento DC130kW + AC22kW+ AC7,4kW; volante com aquecimento elétrico; carregador modo 3 (tipo 2); retrovisores com ajuste elétrico, com memoria de posição e rebatíveis automaticamente; OpenR de 9 polegadas; espelhamento de smartphone sem fio Android Auto e Apple CarPlay; kit de reparo dos pneus; farol alto inteligente com função neblina; retrovisor interno com câmera; sistema de monitoramento da pressão dos pneus; controle de velocidade adaptativo (ACC) com Stop&Go; ABS; frenagem automática de emergência (AEBS) pedestres e ciclistas; Assistente de Frenagem de Urgência (AFU); alerta e intervenção de ponto cego; sensor de fadiga; controle de estabilidade (ESC) com assistente de partida em rampa (HSA); airbags frontais, laterais, de cortina e Far Side; alerta de distância segura; ISOFIX; sensores de estacionamento frontais, laterais e traseiros; manutenção de faixa de emergência (frontal e lateral); alerta de trafego cruzado traseiro com frenagem automática; aviso de saída dos ocupantes (OSE); reconhecimento das placas de velocidade; frenagem regenerativa com quatro modos de regeneração via paddle shift; multi-sense com modos de condução Eco, Sport, Comfort e Perso (personalizável); modo de condução ECO; luzes de cortesia LED que projeta o "logo" da Renault; antena tipo barbatana de tubarão; bancos com revestimento misto em tecido ecológico; luzes de condução diurna em LED (DRL); faróis LED dinâmicos e adaptativos; painel de instrumentos digital com tela de 12,3 polegadas; interior revestido com tecido 100% reciclável.

OPCIONAIS – Não tem

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul porta-malas estático no asfalto.jpg
Com 440 litros de capacidade, porta-malas acomoda fácil a bagagem da família Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press

Quanto custa

O Renault Megane E-Tech é vendido em versão única por R$ 279.900.

Renault Megane E-Tech elétrico modelo 2023 2024 azul roda de liga de 18 polegadas estático no asfalto.jpg
As rodas de liga leve são diamantadas de 18 polegadas, com desenho mais fechado Foto: Lara Moreno/EM/D.A Press

Confira os vídeos do VRUM nos canais do YouTube e Dailymotion: lançamentos, testes e dicas