"Tá difícil pra todo mundo"

Pensando em trocar o carro pela moto? Confira 5 vantagens e 5 desvantagens

Com a gasolina flertando com os R$ 8 e os carros caríssimos, quem nunca pensou em entrar de sola para o mundo das duas rodas?

Moto na via entre vários carros, imagem em preto e branco
De forma geral, os custos de uma moto são mais baixos do que os do carro, que ganha em conforto e segurança Pixnio Reprodução

Com o aumento assustador do custo de vida, poucos ainda não consideraram trocar o carro pela moto para os deslocamentos diários. E sobram motivos para essa reflexão: gasolina quase a R$ 8; carro zero a partir dos R$ 60 mil; peças e serviços dispendiosos. Para te ajudar a tomar essa decisão, fizemos uma lista de pontos a serem considerados. Quem ajudou nessa reportagem foi o Téo Mascarenhas, nosso especialista em motocicletas.

Vantagens do carro

  • Conforto

Nos dias quentes, o carro pode ser climatizado pelo ar-condicionado. Já nos dias de chuva, os ocupantes do carro ficam bem mais resguardados. Tudo bem, em uma moto é possível se proteger com uma capa de chuva, mas não é a mesma coisa.

  • Porta-malas

Para quem está acostumado a ter o compartimento de bagagem para viagens e compras grandes, com uma moto a história é outra. Você até pode equipar o veículo com baú e malas laterais, que até dão um bom volume, mas não se compara com um automóvel.

  • Leva 5 pessoas

Enquanto um automóvel pode transportar em média cinco passageiros, a moto só pode levar duas pessoas. Assim, a moto não atende, por si só, a uma família.

  • Entretenimento

Talvez devido ao tempo que o motorista de um carro fica no trânsito, os sistemas de informação e entretenimento estão cada vez mais avançados, com direito até a acesso à internet. As motos mais sofisticadas também já contam com centrais multimídia, porém ainda é bem menos democrático que os carros.

  • Segurança

Por menos seguro que seja um carro, a moto deixa o piloto muito exposto. Alguns até brincam que o para-choque da moto é o seu joelho. Por esse motivo, nosso especialista em motocicletas destaca que, quem for fazer essa transição, precisa fazer um treinamento. Algumas situações não dependem do condutor, como óleo ou areia na pista, que comprometem a aderência. Ficar no ponto cego dos demais veículos também é um problema, e o motociclista precisa se antecipar a isso.

Confira o teste de vários modelos no canal do VRUM no Youtube

Vantagens da moto

  • Poupa tempo

Como as motos podem pegar os corredores entre os carros, esses veículos “fogem” das filas e poupam o seu tempo. Só não vale usar a agilidade do veículo para pegar atalho nas calçadas e fazer conversões proibidas.

  • Baixo consumo

Com o preço do combustível nas alturas, a moto também se apresenta como uma solução bem mais econômica que o carro. Esse pode ser o principal estímulo para trocar o carro pela moto, já que o cenário atual – com guerra e dólar caro – não deve mudar tão cedo.

  • Custo de aquisição

Enquanto um carro novo custa a partir de R$ 60 mil, uma moto popular como a Honda CG está na casa dos R$ 12 mil. É a quinta parte do valor. Mesmo para quem tem um carro velhinho, não é preciso botar a mão no bolso para fazer essa troca.

  • Manutenção

Por serem bem mais simples que um carro, as motos têm manutenção e peças surpreendentemente mais em conta.

  • Estacionamento

Por serem pequenas, é mais fácil encontrar uma vaga de estacionamento para as motos. Mas, é preciso ter atenção para as áreas permitidas, já que em várias cidades só os carros podem estacionar em estacionamentos rotativos. Em compensação, existem vagas exclusivas para as motos.