Prejuízo

Rolls-Royce, Ferrari, McLaren e outros supercarros são destruídos em enchente

Pelo menos 10 veículos de alto luxo foram danificados a´[os água invadir garagem

Supercarros das marcas Rolls Royce e Ferrari são atingidos por alagamento na Flórida
Supercarros das marcas Rolls Royce e Ferrari são atingidos por alagamento na Flórida

Sabe as fortes chuvas que vêm atingindo a Flórida, nos Estados Unidos, desde o início do mês? Pois elas causaram um prejuízo milionário em uma garagem lotada de supercarros. Entre os veículos atingidos, há diferentes modelos da marca Ferrari, além de Rolls Royce Cullinan, McLaren SLR, Mercedes-AMG GT, Plymouth Prowler e Chevrolet Corvette.

Um vídeo mostra o local após uma inundação. O nível da água já está mais baixo, devido a um trabalho de bombeamento. Não é possível determinar ao certo qual é a extensão dos danos nos veículos; porém, todos eles estão estão bastante sujos de lama, o que indica que a enchente provavelmente os encobriu.

Alguns deles podem até ter sido movimentados pela correnteza: é o caso do Mercedes-AMG GT e de um dos exemplares do Rolls Royce Cullinan, pois ambos estão fora das vagas. O perfil Florida_Corvette_Owners, que postou o vídeo no Instagram, não revela informações sobre a localização da garagem, tampouco sobre o proprietário dos supercarros.

Vale a pena consertar um carro atingido por enchente?

Tecnicamente, consertar um carro atingido por alagamento é até possível. Entretanto, trata-se de um procedimento bastante caro. Os custos começam com a desmontagem do veículo, para drenar resquícios de sujeira e umidade. O interior costuma ser o local mais atingido: revestimentos internos, como carpetes e estofamentos, além de componentes eletrônicos, sofrem com a ação da água.

Sob o capô, o prejuízo pode ser menor, desde que ninguém tenha ligado o motor após o alagamento. Porém, se tiver ocorrido aspiração de água para as câmaras de combustão dos cilindros, não há outra solução senão uma retífica. E vale lembrar ainda que os veículos modernos têm vários módulos e chips eletrônicos na parta mecânica, que provavelmente precisarão de substituição.

Rolls Royce e Ferrari têm conserto mais caro

No caso de supercarros, naturalmente, o prejuízo é ainda maior. Afinal, modelos como Rolls Royce e Ferrari têm interiores luxuosos, dotados de materiais nobres. Ademais, também exibem mecânica mais sofisticada. Por isso, do ponto de vista financeiro, talvez nem valha a pena consertá-los. Tomara que o proprietário tenha providenciado um bom seguro para todos eles…