RECORDES DE TEMPERATURA

Ondas de calor: o perigo das altas temperaturas dentro do carro

Temperatura pode chegar a 70 graus dentro de um carro estacionado ao sol

Carro em rodovia em contraste com o céu amarelo, clareado pelo sol
Termômetros marcaram mais de 40ºC na Europa © Julian Stratenschulte/dpa/Symbolbild

A Europa e algumas partes dos Estados Unidos estão registrando sucessivos recordes de temperatura nos últimos dias. Essa onda de calor que chegou ao hemisfério Norte liga um alerta também ao Brasil, que, apesar de estar no inverno, também sofre com altas temperaturas em algumas regiões. O calor pode ser fatal para crianças, animais de estimação e até mesmo adultos, especialmente dentro dos carros, onde a temperatura aumenta exponencialmente.

Carros são como estufas e rapidamente absorvem os raios solares. De acordo com uma pesquisa da Universidade de Saint Louis, em Missouri (EUA), a temperatura dentro de um carro parado ao sol pode alcançar os 70 graus. Esse cálculo considera locais onde a temperatura ambiente chega aos 40 graus, situação comum em muitas cidades do Brasil.

De acordo com o Ministério da Saúde, uma pessoa pode sofrer insolação se a temperatura corporal ultrapassar os 40 graus, e a insolação prolongada pode causar danos permanentes aos órgãos e até morte. Crianças e idosos acima de 65 anos são ainda mais suscetíveis aos riscos da exposição ao sol. Não há dados no Brasil sobre esse tipo de morte, mas só no ano passado, nos EUA, 53 crianças morreram após serem deixadas dentro do carro.

Homem passa toalha no rosto em meio ao calor. Ele está dentro de um carro que está com as portas abertas.
Temperaturas médias mundiais aumentaram um pouco mais de 1°C além dos níveis pré-industrialização, no século 19 (Imagem: JANEK SKARZYNSKI/AFP)

Algumas dicas para evitar a insolação e o calor extremo

  1. Em primeiro lugar, nunca deixe alguma pessoa ou pet no seu carro sem ar-condicionado ligado ou sem as janelas abertas. Em poucos minutos, o interior do carro pode atingir temperaturas extremamente elevadas e prejudiciais à saúde.
  2. Você pode comprar tapa sol para os vidros das janelas, pois eles absorvem e refletem a energia luminosa do sol, diminuindo a temperatura interna do veículo. Instalar película nos vidros também é uma ótima opção, dentro dos limites de transparência previstos em lei (75% no para-brisa, 70% nos laterais dianteiros e 28% nos demais).
  3. Tenha certeza também de que o ar-condicionado está funcionando. O sistema de refrigeração do ar em carros mais antigos pode falhar, mas o custo de repará-los vale cada centavo. Isso porque as temperaturas podem ficar perigosamente altas mesmo durante a condução. Nas ondas de calor que boa parte do mundo está enfrentando, as janelas abaixadas podem ser insuficientes para garantir a saúde das crianças e das pessoas mais velhas.
  4. Atente-se à parte mecânica. A elevação da temperatura no ambiente aumenta o risco de danos no sistema de refrigeração, por exemplo. Cheque o nível de óleo, verifique se as mangueiras estão rachadas e se o nível do reservatório de água está no limite.

Insolação não é brincadeira e as altas temperaturas da Europa eventualmente vão ser sentidas também aqui no Brasil. Portanto, fique seguro e não exponha seus passageiros a uma condição perigosa.

Assista o vídeo do VRUM sobre a película que ameniza o calor: