ELÉTRICO

Novo Chevrolet Bolt tem estreia confirmada para agosto no Brasil

Hatch elétrico teve pré-venda interrompida em agosto do ano passado devido a problemas na bateria

Publicidade
Chevrolet Bolt numa rodovia
Bolt é o primeiro de uma série de elétricos que vão chegar nos próximos anos Fotos: Chevrolet/Divulgação

Após ser interrompida no ano passado devido a problemas na bateria, a Chevrolet enfim anunciou uma data para o reinício do esquema de pré-venda do novo Bolt. Agora, a estreia do novo carro elétrico no Brasil foi confirmada para o próximo mês. Também foi confirmada a chegada de sua variante SUV – nomeada Bolt EUV – que será vendida no país a partir de 2023.

O hatch faz parte dos planos de eletrificação da marca no Brasil. Ele será o primeiro de muitos que virão: para os próximos anos, são aguardados, além do Bolt EUV, também o Equinox EV e o Blazer EV. O plano da Chevrolet para a América do Sul é fazer com que a região acompanhe os lançamentos globais, bem como a meta de chegar a 2035 oferecendo apenas veículos elétricos.

Novo Chevrolet Bolt

Quando entrou em pré-venda pela primeira vez, o Chevrolet Bolt era cotado por R$317 mil. A dúvida que fica é se o valor será mantido quando o carro for reapresentado no próximo mês, já que houve inflação e variação cambial durante esse período.

Na nova geração, o Bolt ganhou linhas fluidas, principalmente nos faróis e nas laterais, seguindo a identidade visual padrão dos próximos carros elétricos da Chevrolet. A marca abandonou o estilo com “grade” dupla e agora usa uma imitação que vai até o para-choque.

Apesar das mudanças no visual, o motor elétrico de 203 cv de potência e 36 kgfm de torque permanece o mesmo. Já a bateria de íons de lítio de 65 kWh da marca LG, que inicialmente apresentou risco de incêndio, passou por aperfeiçoamentos, mas manteve as características técnicas. Portanto, a autonomia também não mudou: são 416 km no ciclo EPA. Segundo a fabricante, o tempo para uma carga completa da bateria é de 6,5 horas.

Interior do veículo, há volante achatado na parte inferior, câmbio é em botão, há dois espaços porta-copos, um display de 10,2"
Cabine traz tecnologias de conectividade

No painel, o sistema multimídia é de 10,2″ e o volante têm base achatada. Além disso, o quadro de instrumentos é digital, e o acionamento do motor é por botão. Por fim, a alavanca de câmbio foi trocada por botões no console central.