Linha 2019

Modelos F 750 GS e F 850 GS da BMW, montados em Manaus, chegam cheios de novidades

Compartilhando o motor de dois cilindros em linha, aventureira F 850 GS tem muita eletrônica, enquanto a urbana F 750 GS traz rodas de liga leve e banco baixo

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 20/11/2018 15:08 Téo Mascarenhas /Estado de Minas

A F 750 GS tem potência de 77cv e características mais urbanas - BMW/Divulgação A F 750 GS tem potência de 77cv e características mais urbanas
 

De Cabreúva (SP) - Dez anos após ser apresentada, a alemã BMW F 800 GS passa por completa e total reforma, incluindo o motor, que ganhou mais 55cm³ de cilindrada, atingindo agora 853cm³ de capacidade volumétrica. Também renovado, o modelo 2019 de sua irmã F 750 GS compartilha o mesmo propulsor, porém, com potência eletronicamente reduzida. Os dois modelos também dividem o novo quadro, em tubos de aço, que tem o motor como parte integrante. A diferença fica nas rodas, no pacote eletrônico, nas suspensões, no painel e até na altura do banco da F750 GS, que pode ser mais baixo.


As novas F 750 e F 850 GS são produzidas em Manaus, com a mesma arquitetura de dois cilindros em linha que ganhou um novo arranjo na movimentação dos pistãos, com intervalo de ignição de 270 graus, conhecido como “crossplane”. Este desenho proporciona uma pegada extremamente vigorosa, mas provoca um efeito colateral, “desafinando” o som do escape, que ultrapassou (por pouco) o limite de emissão de ruídos imposto pela norma ambiental brasileira. A solução foi remapear o motor, reduzindo a potência e melhorando o torque, com curva mais plana.

Com preço a partir de R$ 40.950, a BMW F 750 GS tem suspensão dianteira convencional - BMW/Divulgação Com preço a partir de R$ 40.950, a BMW F 750 GS tem suspensão dianteira convencional

Faróis assimétricos e para-brisa são comuns aos dois modelos - BMW/Divulgação Faróis assimétricos e para-brisa são comuns aos dois modelos

CURIOSIDADE O modelo F 850 GS “alemão” desenvolve potência de 95cv a 8.250rpm e torque de 9,4kgfm a 6.250rpm, enquanto o modelo nacional fornece 80cv a 6.250rpm (chegando bem mais cedo) e torque de 9,2kgfm a 6.250rpm (curiosamente, a mesma faixa de giros). Porém, a sensação ao pilotar é que as retomadas permanecem extremamente musculosas, facilitando a tocada. No modelo F 750 GS, com características mais urbanas, a potência passa para 77cv a 6.250rpm e o torque para 8,8kgfm também a 6.250rpm.

O painel da F 750 é digital com conta-giros analólico - BMW/Divulgação O painel da F 750 é digital com conta-giros analólico

As rodas da F 750 são de liga leve com aro de 19 polegadas na dianteira - BMW/Divulgação As rodas da F 750 são de liga leve com aro de 19 polegadas na dianteira

A reforma também inverteu a posição da corrente de transmissão, que foi para a esquerda, enquanto o escape de saída alta foi para o lado direito. O tanque de combustível, que ficava embaixo do banco, foi para a posição convencional, mas perdeu um litro de capacidade, ficando com 15 litros. Com características mais aventureiras, a F 850 GS tem suspensão dianteira invertida com 204mm de curso e 43mm de diâmetro. A suspensão traseira do tipo mono, em nova balança de alumínio, tem ajuste manual de compressão e retorno e 219mm de curso.
A aventureira F 850 GS tem suspensões eletrônicas reguláveis conforme o tipo de piso - BMW/Divulgação A aventureira F 850 GS tem suspensões eletrônicas reguláveis conforme o tipo de piso

A F 850 conta com sistema que seleciona cinco modos de pilotagem - BMW/Divulgação A F 850 conta com sistema que seleciona cinco modos de pilotagem

VERSÕES A F 850 GS parte de R$ 43.950 na versão Sport e chega a R$ 50.950 na Premium TFT, ambas com opção de kit de banco baixo. O pacote eletrônico da Premium TFT inclui os modos de pilotagem Rain, Road, Dynamic, Enduro e Enduro Pró, que exige a ligação de um plugue. Também tem acelerador eletrônico, ABS com as funções Road e Off Road, controle de estabilidade e controle de tração nas funções pista seca, pista molhada e fora de estrada. As suspensões eletrônicas são reguláveis conforme peso e tipo de piso.

Uma das diferenças entre os dois modelos é que o para-brisa da 850 é um pouco maior - BMW/Divulgação Uma das diferenças entre os dois modelos é que o para-brisa da 850 é um pouco maior

As rodas da F 850 são raiadas, sendo a dianteira com aro de 21 polegadas - BMW/Divulgação As rodas da F 850 são raiadas, sendo a dianteira com aro de 21 polegadas

Fácil de pilotar com a ajuda da eletrônica, o modelo tem ainda um painel com tela TFT, iluminação em LED e rodas raiadas com aro de 21 polegadas na dianteira. A F 750 GS tem apenas dois modos de pilotagem: Rain e Road. A suspensão dianteira é convencional, com 151mm de curso e 41mm de diâmetro. As rodas são de liga leve com aro de 19 polegadas na dianteira. O painel tem tela digital com o conta-giros analógico. Com comportamento mais dócil, parte de R$ 40.950 na versão Sport, R$ 44.950 na Premium, e chega a R$ 43.950 na Premium com banco baixo, com 770mm.

O painel com tela TFT colorida pode mudar de formato e configuração - BMW/Divulgação O painel com tela TFT colorida pode mudar de formato e configuração


* Viajou a convite da BMW

Tags: rodas duas mascarenhas téo bike motos gs 850 gs 750 f bmw 2019 linha

Encontre seu veículo

Veículos

Ultimas Notícias

ver todas