Publicidade

Estado de Minas TESTE

Fiat Argo Trekking 1.8 automático tem mais estilo do que conteúdo

Ponto forte do hatchback são os elementos aventureiros e esportivos que adornam a carroceria. Por quase R$ 70 mil, pacote de equipamentos poderia ser mais generoso


postado em 18/08/2020 09:00 / atualizado em 18/08/2020 09:24

(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Com a boa aceitação do Argo Trekking no mercado, a Fiat resolveu aumentar as opções de conjuntos mecânicos para o aventureiro. Assim, além do motor 1.3 Firefly com câmbio manual, desde o fim de 2019 a versão também passou a oferecer como opção o velho 1.8 E.torQ e transmissão automática de seis marchas. A versão Trekking corresponde a quase 30% das vendas do Argo, sendo que 13% são desta nova configuração, agora testada pelo Vrum.

Ponteira de escapamento e spoiler no teto são toques esportivos(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Ponteira de escapamento e spoiler no teto são toques esportivos (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
A roupagem aventureira também reúne elementos esportivos: molduras nas caixas de roda, suspensão elevada, pneus de uso misto, rack de teto, aerofólio e ponteira de escape em preto, rodas escurecidas de 15 polegadas, adesivos, aplique no capô em preto fosco, assim como os logotipos. O interior traz uma desorientadora temática dark, com revestimentos das colunas e do teto em preto, que se juntam com os bancos e o painel também na mesma cor. O resultado estético pode ser legal, mas vá tentar encontrar alguma coisa nos escassos porta-trecos à noite... nem as luzes internas vão te ajudar.

Quase todos os mimos do interior são opcionais(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Quase todos os mimos do interior são opcionais (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Mesmo custando R$ 70 mil, muitos itens de conforto que equipavam a unidade testada eram opcionais que elevaram ainda mais seu preço em quase R$ 8 mil, como a chave presencial, o ar-condicionado digital, o quadro de instrumentos com tela de sete polegadas, bancos revestidos em couro e até a câmera de ré. O espaço interno é bom para um compacto, com conforto para até dois passageiros no banco traseiro. O porta-malas também tem espaço adequado para um hatch desse porte, e ainda guarda o estepe.

Altura em relação ao solo de 21 centímetros é 5cm mais elevada que as versões 'normais'(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Altura em relação ao solo de 21 centímetros é 5cm mais elevada que as versões 'normais' (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
RODANDO O motor 1.8 tem desempenho apenas Ok. No trânsito urbano, onde não é possível imprimir velocidade, não falta motor, com bom torque em baixas rotações. Mas na rodovia, o câmbio automático precisa suar, jogar o “giro” lá no alto para fazer ultrapassagens e retomadas de velocidade. Mesmo com a gestão do câmbio automático buscando a todo momento manter as rotações mais baixas, o consumo de combustível é bastante elevado. A unidade testada trazia como opcional as aletas para trocas manuais de marchas, que incentivam a intervenção do motorista para tomar o controle de tudo.

Porta-malas tem volume de 300 litros, espaço adequado para um compacto(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Porta-malas tem volume de 300 litros, espaço adequado para um compacto (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Os cinco centímetros a mais de altura em relação ao solo dessa versão aventureira parecem não influenciar muito, seja em conforto ou estabilidade, o comportamento da suspensão. Por incrível que pareça, essa característica é mais prática para os obstáculos da cidade, como quebra-molas e calçadas altas. Já os pneus de uso misto são ruidosos. A direção tem assistência elétrica, leve nas manobras e firme em alta velocidade.


Banco traseiro acomoda até dois passageiros com conforto(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
Banco traseiro acomoda até dois passageiros com conforto (foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
CONCORRENTES O Fiat Argo Trekking 1.8 não é generoso quanto aos itens de série. O pacote de segurança se limita ao exigido por lei, faltando mais bolsas infláveis, controles de tração e estabilidade. O destaque dessa versão aventureira é mesmo o pacote visual. Seu principal concorrente é o Ford Ka Freestyle 1.5 AT (R$ 68.490), que custa R$ 1.500 a menos e leva vantagem com itens como airbags laterais, controles de tração e estabilidade, assistente de partida em rampa, câmera de ré, bancos mesclando couro e tecido. Outro aventureiro do mercado é o Renault Stepway Iconic 1.6 CVT, que é bem equipado, mas custa R$ 80.790.



CONECTIVIDADE
A central multimídia Uconnect é equipamento de série no Fiat Argo Trekking 1.8 AT6. Com tela tátil de sete polegadas, o sistema traz as funções básicas necessárias. O destaque é o espelhamento do smartphone por meio do Android Auto ou Apple Car Play (ambos por cabo USB), possibilitando o uso de aplicativos como o de navegação. As mídias oferecidas são rádio, Bluetooth, duas tomadas USB e uma auxiliar. Outra função disponível é telefonia por viva-voz. Além dos botões no volante, vários comandos podem ser feitos por voz.



FICHA TÉCNICA
(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)

MOTOR
Dianteiro, transversal, quatro cilindros em linha, 16 válvulas, 1.747cm³ de cilindrada, flex, que desenvolve potências máximas de 135cv (gasolina) e 139cv (etanol) a 5.750rpm, e torques máximos de 18,8kgfm (g) e 19,3kgfm (e) a 3.750rpm

TRANSMISSÃO

Tração dianteira, com câmbio automático de seis velocidades

SUSPENSÃO/RODAS/PNEUS
Dianteira, independente, McPherson, com braços oscilantes inferiores transversais e barra estabilizadora; e traseira, tipo eixo de torção/de liga leve de 6x 15 polegadas/205/60 R15 de uso misto

DIREÇÃO

Do tipo pinhão e cremalheira, com assistência elétrica

FREIOS
A discos na dianteira e tambores na traseira, com ABS/EBD

CAPACIDADES
Do tanque, 48 litros; porta-malas, 300 litros; e de carga útil (passageiros mais bagagem), 400 quilos

DIMENSÕES
Comprimento, 4m; largura, 1,74m; altura, 1,56m; e distância entre-eixos, 2,52m; altura em relação ao solo, 21cm

PESO
1.235 quilos

DESEMPENHO
Velocidade máxima: 178km/h (g)/179km/h (e)
0 a 100km/h: 11,1s (g)/10,4s (e)

CONSUMO (*)
Cidade: 9,4km/l (g); 6,6km/l (e)
Estrada: 11,9km/l (g); 8,6km/l (e)

Dados dos fabricantes
(*) Dados do Inmetro
(g) gasolina (e) etanol



EQUIPAMENTOS

(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)

DE SÉRIE
Airbags frontais; freios ABS com EBD; Isofix; sinalização de frenagem de emergência; aerofólio traseiro; barras longitudinais no teto; adesivo no capô; faixas laterais; maior altura em relação ao solo; moldura nas caixas de roda; ponteira de escapamento; pintura bicolor; acabamento interno preto e detalhes internos exclusivos; painel e moldura do console central com acabamento escurecido; ar-condicionado; banco do motorista com regulagem de altura; banco traseiro rebatível; volante com regulagem de altura; desembaçador do vidro traseiro; sistema multimídia; chave canivete; alarme antifurto; computador de bordo; espelho nos para-sóis; faróis de neblina; iluminação do porta-malas; limpador e lavador dos vidros dianteiro e traseiro; quadro de instrumentos multifuncional de 3,5 polegadas; retrovisores elétricos com sistema Tilt Down e setas de direção integradas; sensor de estacionamento traseiro; monitoramento de pressão dos pneus; travas e vidros elétricos.

OPCIONAIS

Kit Tech (R$ 3.660), com chave presencial, retrovisores com rebatimento elétrico, ar-condicionado digital, quadro de instrumentos de sete polegadas, sensor de chuva, sensor crepuscular e retrovisor interno eletrocrômico; câmera de ré (R$ 1.200); Kit Stile (R$ 2.990), com apoio de braço, volante revestido em couro; piloto automático, aletas para trocas de marcha, bancos revestidos em couro, banco traseiro bipartido e pintura metálica (R$ 1.800).



Quanto custa?

(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)

O Fiat Argo Trekking 1.8 AT6 tem preço sugerido de R$ 69.990. Com os opcionais listados, a unidade testada chega a R$ 79.640.



NOTAS (0 a 10)

Desempenho 7
Espaço interno 8
Porta-malas 8
Suspensão/direção 8
Conforto/ergonomia 8
Itens de série/opcionais 7
Segurança 6
Estilo 9
Consumo 6
Tecnologia 7
Acabamento 8
Custo/benefício 7



FIAT ARGO x CONCORRENTES
(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)
(foto: Jorge Lopes/EM/D.A Press)


FORD KA FREESTYLE 1.5 AT –
O aventureiro compacto da Ford é equipado com motor 1.5 flex, que desenvolve potências de 128cv (g) e 136cv (e), e torques de 15,6kgfm (g) e 16,1kgfm (e). O Ka tem 3,95m de comprimento, 1,69m de largura, 1,56m de altura e 2,49m de distância entre-eixos. O porta-malas tem volume de 257 litros. Com 1.135 quilos de peso, o hatchback tem capacidade de carga de 405 quilos. A Ford não divulga os valores de velocidade máxima e aceleração. O consumo na cidade é de 10,7km/l (g) e 7,5km/l (e). Na estrada, o consumo é de 13,5km/l e 9,4km/l (e). A versão tem preço sugerido de R$ 68.490.


RENAULT STEPWAY ICONIC 1.6 CVT –
O hatch da Renault é equipado com motor 1.6 flex, que desenvolve potências de 115cv (g) e 118cv (e), e torque de 16kgfm (g/e). O Stepway tem 4,07m de comprimento, 1,73m de largura, 1,63m de altura e 2,59m de distância entre-eixos. O porta-malas tem volume de 320 litros. Com 1.151 quilos de peso, o aventureiro tem capacidade de carga de 458 quilos. A velocidade máxima é de 177km/h e a aceleração até 100km/h é feita em 11,2 segundos (valores usando etanol). Não há dados de consumo para o modelo. A versão tem preço sugerido de R$ 80.790.

Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação

Publicidade