Polícia Civil de Minas indicia 59 pessoas por fraude em carteira de motorista em Alfenas

Entre os envolvidos no esquema estaria um policial civil, 10 funcionários de autoescolas e 48 candidatos que compraram o documento de forma fraudulenta

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 15/05/2012 19:52 / atualizado em 15/05/2012 20:34 Maíra Cabral /Estado de Minas
Reprodução/TV Alterosa
A Polícia Civil indiciou 59 pessoas suspeitas de envolvimento em uma fraude de carteiras de motoristas em Alfenas, no Sul de Minas Gerais. Entre os envolvidos no esquema que facilitava a obtenção da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) estaria um policial civil, 10 funcionários de autoescolas e 48 candidatos que compraram o documento de forma fraudulenta. De acordo com o delegado Carlos Camargo, o funcionamento de sete autoescolas está provisoriamente suspenso. O delegado afirma que o policial civil é suspeito de conceder a carteira por valores que variam entre R$ 500 e R$ 2,5 mil. Alguns inabilitados nem chegavam a fazer o exame de direção e o policial lançava no sistema do Detran como aprovado. Ainda de acordo com o delegado, o esquema vem sendo investigado desde outubro de 2011, quando uma auditoria interna revelou irregularidades no sistema de digitação. O inquérito foi encerrado nesta terça-feira e encaminhado para a a Justiça Criminal da Comarca de Alfenas. Os candidatos e funcionários das autoescolas devem responder por corrupção ativa e passiva e formação de quadrilha. O policial civil está afastado da função desde o início das investigações, mas continua trabalhando no setor administrativo até que o caso seja analisado pela Corregedoria da Polícia Civil. Ele vai responder por favorecimento pessoal, corrupção e formação de quadrilha.

Tags:

Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
 
valdir
valdir - 16 de Maio às 08:01
Estarei aguardando e curioso para saber o que ocorrerá ,em se tratando de punição, e qual será o tamanho dela para o "POLICIAL'!!!!!!
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
30 de agosto de 2015
29 de agosto de 2015
28 de agosto de 2015