Golf GT 2.0 Flex - Para botar banca

Golf GT marca presença e é gostoso de dirigir, com câmbio e direção bem ajustados. Mas faltam fôlego de esportivo e itens básicos de segurança no assento central traseiro

INFORMAÇÕES PESSOAIS:

RECOMENDAR PARA:

- AMIGO + AMIGOS
Preencha todos os campos.
postado em 13/09/2008 18:03 Eduardo Aquino /Estado de Minas
Faróis com máscara negra vieram do GTi - Fotos: Marlos Ney Vidal/EM/D. A Press - 20/8/08 Faróis com máscara negra vieram do GTi
Os fabricantes já perceberam que, para se dar bem no mercado brasileiro, o carro precisa ter dois ingredientes fundamentais: preço e visual. Ou seja, na maioria das vezes vale mais a pena investir numa embalagem bonita, mesmo que não corresponda exatamente ao que vai embrulhado. A mesma fórmula que funciona para as versões aventureiras (Palio Weekend Adventure, CrossFox, 206 SW Escapade, entre outros) vale também para os que vestem trajes esportivos (Stilo Sporting, Vectra GT etc.), e que acabam de ganhar um concorrente de peso: o Golf GT.



Visual
Com roupagem claramente inspirada na versão GTi, a GT tem muitos ingredientes para conquistar quem gosta de visual mais esportivo: faróis com máscara negra, rodas de liga de 16 polegadas, com superfície polida, parte interna pintada de cinza e desenho que deixa transparecer os discos e as pinças de freio; faróis de neblina embutidos no pára-choque; coluna B pintada de preto; defletor no teto na cor preta; soleira inferior pintada de preto; lanternas traseiras com lentes fumê; saída dupla e cromada do escapamento; e, claro, as inscrições GT na grade dianteira e na tampa traseira.

Veja mais fotos do Golf GT!
Na traseira, lanternas com lentes fumê e saídas de escape duplo - Na traseira, lanternas com lentes fumê e saídas de escape duplo

Por dentro
No habitáculo, o ambiente também respira esportividade. O revestimento dos bancos de formato esportivo mescla couro com tecido, ambos na tonalidade cinza. O painel mistura tons escuros com detalhes de metal, que também estão presentes na tampa do cinzeiro e nas travas das portas. O volante de três raios tem boa pega e, assim como o da versão GTi, tem a inscrição GT em metal em sua base. Completa o pacote a pedaleira em alumínio. Em termos de conforto, essa versão traz de série itens interessantes, como computador de bordo e ar-condicionado eletrônico (Climatronic). Como o Golf passou recentemente apenas por uma reestilização, o espaço interno continua o mesmo, ou seja, conforto apenas para quatro pessoas, pois quem senta no meio do banco traseiro é incomodado pelo túnel central, além - o que é mais grave - de não ter apoio de cabeça e nem cinto de três pontos. Capacidade do porta-malas é razoável.

Desempenho
O motor 2.0, que é quase todo produzido no México, passou por algumas mudanças (novos materiais nos pistãos, anéis, válvulas, assento e comando das válvulas, coletor de admissão e virabrequim) e foi adaptado para consumir também álcool, em qualquer proporção. Com isso, a taxa de compressão subiu de 10,3:1 para 11,5:1. Na prática, há diferença significativa de desempenho quando o carro está abastecido com álcool (120 cv de potência e 18,4 kgfm de torque), em relação à gasolina (116 cv e 17,7 kgfm). Mas nada que chegue a entusiasmar, ou que leve o motorista a pensar que está num verdadeiro esportivo.

Golf GT x Concorrentes


Prazer
Por outro lado, o casamento desse propulsor com um câmbio de relações de marchas bem acertadas e engates macios e precisos, aliado a um sistema de direção bem calibrado, proporciona uma dirigibilidade bem agradável. O motorista pode "curtir" o Golf. E sente que pode abusar nas curvas mais fechadas, pois o carro continua na mão, equilibrado. O encanto só é quebrado quando o veículo passa por pisos irregulares, pois a suspensão transfere bastante as imperfeições para o habitáculo, que se torna muito ruidoso. Detalhe interessante: o perfil dos pneus (205/55 R16) não é tão baixo, o que credencia o GT a encarar melhor as precárias condições de nossas estradas, com menos riscos para o conjunto pneu/roda.

Leia mais sobre o Golf GT 2.0 flex no Veja Também, no canto superior direito desta página.
Comentários Os comentários não representam a opinião do jornal e são de responsabilidade do autor. As mensagens estão sujeitas a moderação prévia antes da publicação
600
Encontre seu veículo
O ano inicial não pode ser maior que o ano final.
O preço inicial não pode ser maior que o preço final.

Refinar busca

Últimas notícias

ver todas
16 de agosto de 2015
02 de agosto de 2015
31 de julho de 2015
30 de julho de 2015
29 de julho de 2015