Manutenção » Cuidado para a bateria não te deixar na mão Vida útil do equipamento depende da qualidade, da manutenção do veículo e das condições da instalação elétrica

Redação Folha de Londrina - Folha de Londrina

Publicação: 26/04/2011 13:51 Atualização:

Você vai ligar o carro, vira a chave e nem sinal de partida. Escuta aquele barulho indigesto, como se o carro estivesse gemendo. Barulho que te indica que ali jaz uma bateria. Quem nunca passou por isso? Ou porque esqueceu a luz do carro acesa por muito tempo, ou porque deixou o carro sem funcionar por alguns dias ou mesmo porque a bateria pifou. Mas como saber a hora de trocar esta fonte de eletricidade do veículo?

Em primeiro lugar, a bateria não perde a vida útil de repente. Ela emite sinais de que seus dias estão contados aos poucos, preparando o motorista para a hora de substituí-la. Cabe a quem está do outro lado do volante ouvir esses sinais e providenciar a troca. ''Quando a bateria está para estragar, ela dá sinais. A partida vai ficando mais pesada, os faróis mais fracos'', explicou o encarregado de oficina da Cipasa, em Londrina, Daniel Braz de Carvalho.

Segundo ele, é difícil determninar o período de vida útil das baterias automotivas. Geralmente elas aguentam de dois a três anos. Isso depende da qualidade do produto, da manutenção que é feita no veículo e das condições de instalação elétrica do carro.

''O motorista tem sempre que optar por uma bateria que tenha a frequência compatível com o seu carro e com os acessórios instalados nele. Um som potente, um ar-condicionado, esses acessórios podem consumir uma corrente além da capacidade da bateria e ela não vai aguentar. Dependendo do acessório, é preciso colocar também um alternador mais potente'', orientou Carvalho.

Apesar de as novas baterias serem totalmente seladas e não exigirem a recarga de água, ainda existem no mercado equipamentos que necessitam de manutenção. Nesse caso, o motorista precisa ficar atento ao marcador e repor a água quando o nível estiver baixo.

Checar regularmente a instalação elétrica do veículo também ajuda a prolongar a vida útil da bateria. Uma instalação mal feita, um fio escapado, algo que possa provocar um curto circuito pode descarregar a carga da bateria.

Se ficar na mão na rua, não é aconselhável o tranco. Caso não haja outra alternativa, essa partida forçada deve ter o cuidado redobrado e, após a ligação do motor, o próprio alternador se encarrega de dar carga à bateria.

Porém, a opção mais correta é fazer a famosa ''chupeta'' - quando você liga a bateria descarregada à uma outra nova. Neste caso, o motorista deve ficar atento à corrente elétrica correta. ''Tem que ligar positivo com positivo e negativo com negativo. A inversão dos pólos dobra a tensão e pode danificar algum componente elétrico do carro, além de estragar a bateria'', alertou o encarregado de oficina.

Na hora de escolher a bateria nova, a dica é não economizar. Os últimos lançamentos do mercado já vem totalmente seladas e com placas de cobre no lugar das de chumbo. ''Uma bateria mais barata, inferior, pode ter a vida útil menor também'', disse Carvalho.

Descarte

É preciso ter cuidado também na hora de descartar a bateria velha. Jogada em qualquer lugar, ela pode contaminar o meio ambiente. ''As baterias velhas têm que ser descartadas nas empresas especializadas, que fazem a reciclagem do material'', alertou Carvalho.




Esta matéria tem: (12) comentários

Autor: André Amorim
Já li em revistas especializadas. Não quer dizer que vai dar problema, mas tem uma tendência maior de diminuir a vida útil da bateria. Entende a diferença? Geralmente são engenheiros mecânicos falam isso. Eu não sou engenheiro mecânico. Você é? | Denuncie |

Autor: Jorge Tocafundo
'... fio escapado,inversão dos pólos dobra a tensão...''' e outros..se você inverter os polos você fecha curto nas baterias,SÓ se ligar em série é que dobra a tensão.quando se conecta a bateria descarregada a uma carregada,a carregada carrega a descarregada ou a desacarregada descarrega a carregada? | Denuncie |

Autor: Jorge Tocafundo
A.Amorim, a matéria acima tem no MÍNIMO, umas 15 lorotas, só quem conhece as reconhece, por exemplo: '...bateria que tenha a frequência compatível...'Bateria NÃO tem frequencia,tem tensão e corrente de fornecimento e NÃO é 12 volts,nunca foi! o espaço para comentários é insuficiente pra mostrar tudo! | Denuncie |

Autor: Jorge Tocafundo
eu também falei da vida útil da bateria. alguns aparelhos de som é que criam uma pausa na partida mas não desligam.QUEM comprovou que dá problemas dar apartida cmo ar cond. ligado? prudencia e segurança sim mas baseado em quais parametros e quem disse sobre isso e comprova tecnicamente?sair do carro? | Denuncie |

Autor: André Amorim
De qualquer forma, não é mais prudente ligar os equipamentos após ligar o carro? Até por questão de segurança é interessante fazer isso. É importante entrar e sair do carro o mais rapidamente possível. | Denuncie |

Autor: André Amorim
...e sobre o ar-condicionado, é comprovado que pode forçar algo. Não lembro se a bateria, motor de arranque ou o próprio sistema de ar, mas força alguma coisa sim. | Denuncie |

Autor: André Amorim
Sobre o som muitas vezes não faz diferença, mas estou falando da VIDA ÚTIL da bateria e não sobre ela DESCARREGAR. Alguns carros até desligam automaticamente o som ao dar partida quando o som está ligado. Muitas vezes isso ocorre porque a bateria dos carros já vem no limite dos equipamentos... | Denuncie |

Autor: Jorge Tocafundo
...então não tenha medo de usar os acessórios elétricos moderadamente com o carro desligado(som, vidros elétricos,faroletes,etc). quando você ligar o carro mesmo na marcha lenta, a bateria começa a ser carregada até o limite e com isto a vida útil dela aumentará. | Denuncie |

Autor: Jorge Tocafundo
macete: a vida útil de TODA bateri recarregavel, etá no carregar e descarregar. repare que toda bateria de celular que cria o famoso efeito 'memória', é porque o usuário a mantem o tempo todo carregada ou não a deixa descarregar, isto diminui a vida útil da bateria. | Denuncie |

Autor: Jorge Tocafundo
pense bem: se seu som consome 3 Amperes/Hora e a bateria do carro for 60 Amperes, quanto tempo precisa pra bateria perder a capacidade de corrente pra conseguir dar a partida no carro? é simples aritmética, garanto que se usar o som no MÁXIMO volume por 10 horas, o carro ainda pega fácilmente. | Denuncie |

Autor: Jorge Tocafundo
que nada A.Amorim, a única parte do ar condicionado que está ligada é o ventilador, o compressor só liga após o carro funcionar, tanto que se você não der a partida..não refrigera,só ventila! o consumo do som mesmo com amplificador não é alto e antes de dar a partida a bateria ainda tem muita carga! | Denuncie |

Autor: André Amorim
Algumas manias diminuem a vida útil das baterias. Deixar ar-condicionado na posição de ligado ao dar partida, ligar o som primeiro e por aí vai. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »

Compartilhe

| Mais


ofertas em destaque