• (4) Comentários
  • Votação:
  • Compartilhe:

Lançamento »

Futuro Chevrolet Onix

Montadora prepara lançamento da versão hatch do modelo para outubro


Marlos Ney Vidal - Estado de Minas

Publicação: 28/06/2012 00:01 Atualização:

Linhas do hatch são bem diferentes da linha GM, exceto pela grade bipartida (Renato Aspromonte/Esp. EM)
Linhas do hatch são bem diferentes da linha GM, exceto pela grade bipartida
 

Olhe bem para as imagens desta página e vá se acostumando, pois, a partir de outubro, este hatch estará à disposição dos clientes nas revendas Chevrolet. Ainda não há confirmação oficial, mas nos bastidores o modelo já é chamado de Onix. O fabricante aposta alto e o hatch chegará com predicados para figurar na lista dos mais vendidos da marca no mercado nacional. A linha Onix será comercializada com preços próximos aos do Corsa hatch, em fim de linha, e do finado Corsa Sedan.

O Projeto Onix, que chegará com opções de carroceria hatch e sedã, foi desenvolvido a partir da plataforma Gamma II. No Brasil, o sedã Cobalt e a minivan Spin, que chega ao mercado nesta semana, já usam a arquitetura. O importado Sonic e o futuro SUV Enjoy (Trax) também usam. Essa plataforma é a mesma do Opel Corsa D. A linha Onix será fabricada na planta da Chevrolet em Gravataí (RS), onde atualmente são produzidos Celta e Prisma.

Apesar de usar a plataforma Gamma II, o Onix não terá entre-eixos avantajado. Terá um bom espaço interno, mas não muito maior do que o do Celta. Em compensação, será um hatch de teto alto, garantindo bom espaço para a cabeça dos ocupantes. Os bancos são mais próximos do assoalho, como os do Celta, Classic e Corsa. O porta-malas não será muito maior que o dos concorrentes.

Vidro traseiro é curvo e linha de cintura elevada confere robustez ao novo modelo (Renato Aspromonte/Esp. EM)
Vidro traseiro é curvo e linha de cintura elevada confere robustez ao novo modelo

Pelas projeções, pode-se observar que o Onix contará com um desenho bem esportivo e, assim como o Sonic, seguirá linhas bem diferentes dos últimos lançamentos da marca, apesar de manter a grade bipartida. A frente terá faróis espichados, como os do Honda City, e o capô é bem pequeno, assim como os para-lamas. A grade será filetada e não em colmeia, como a dos irmãos. Os faróis na versão LTZ contarão com um filete de luz azul, como na projeção, e essa luz se acenderá junto com o farolete.

Na traseira, o vidro curvo e os vincos da carroceria se encontram na tampa simulando um X. A tampa ainda terá aerofólio integrado. As lanternas invadem a lateral, com a parte de cima vermelha e a de baixo branca. As laterais são marcadas pelos vincos e as portas acompanham a caída do teto. As maçanetas são as mesmas do Cobalt. No interior, o painel de instrumentos seguirá a linha dos irmãos Cobalt, Spin e Sonic e a versão mais cara (LTZ) terá tela de multimídia sensível ao toque.

O Onix ainda marcará a estreia de um novo motor 1.4. Em uma das apresentações do modelo, um protótipo ostentava na cobertura do motor a sigla S4. Não há confirmação da cavalaria, mas deverá ser maior que o do atual 1.4 Econo.Flex. O 1.0 VHCE também será usado.

VERSÕES
O Onix seguirá as nomenclaturas LS, LT e LTZ para definir os padrões de acabamento. As rodas das versões de entrada serão em aro 14 polegadas, e as da LTZ, em aro 15 polegadas de liga leve. Airbag duplo e ABS devem ser de série para as versões LT e LTZ. Já para a LS devem ser oferecidos somente como opcionais, já que a lei exige que somente 30% da produção de modelos derivados de um novo projeto saiam com os equipamentos de segurança de série.

SEDÃ
Os dois compartilham quase tudo e até as portas traseiras são as mesmas. Só que o sedã tem a caída de teto que lembra o Hyundai Elantra. O sedã, apesar de ter o início da produção programado juntamente com a do hatch, deverá ser lançado somente em janeiro de 2013.

Esta matéria tem: (4) comentários

Autor: CARLOS MELO
Olhando de lado parece o gol. A GM está precisando contratar um designet a altura da HYUNDAI. PAROU NO TEMPO. | Denuncie |

Autor: Joao Nascimento
Gostei do desenho, está mais sóbrio e sem muita frescura, vamos esperar um acabamento descente tanto no interior como no exterior. Pq tá difícil engolir o acabamento dos carros nacionais. | Denuncie |

Autor: Wedson
Vamos ver se vem um NOVO motor mesmo, com 16V, comando variável e bloco de alumínio, porque TODOS os motores nacionais da GM são derivados do OHC do finado Monza: beberrões, queimam óleo, poluem muito e vibram em altos giros. Acorda consumidor!!! | Denuncie |

Autor: Paolo Valotto
Já mudou de novo. Esse desenho foi antecipado no SUV Traverse, que é mais bonito porque a grade não é dividida. Em breve as caras feias da Chevrolet mudarão, ara melhor. | Denuncie |

Comentar

Para comentar essa notícia entre com seu e-mail e senha

Caso você não tenha cadastro, Clique aqui e faça seu cadastro gratuito.
Esqueci minha senha »


ofertas em destaque